The challenges faced by teachers with remote teaching in pandemic times: a case study in the state public network in the city of Parnaiba-PI/Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30509

Keywords:

Desafios docentes; Ensino à distância; Pandemia; Ensino-aprendizagem.

Abstract

The COVID-19 pandemic has generated significant impacts in all areas, such as health, economy, and education, the latter culminating in the suspension of face-to-face classes. Also, it has reduced the time dedicated to classes and generated numerous problems for teachers, as this has hampered both the transfer of content and the development of the entire teaching-learning process. It is noted that the platforms are used to publish fixed activities, texts, and others, aimed at classes that require more time but which, in short, do not have more excellent aggregate knowledge. This research aimed to analyze the challenges faced by high school teachers, from the state public network of the city of Parnaíba-PI, in the teaching-learning process, at a distance. It used the scientific-technological method to seek answers to the following guiding questions: a) how does distance learning happen in-state public schools in that municipality, b) analyze the strategies and tools used by schools for the operationalization of distance learning, c) identify the methods used, and d) the main difficulties faced by teachers in their distance classes. It is a case study, exploratory-descriptive research, with a qualitative approach. The results showed significant obstacles due to the pandemic's changes, constituting barriers to the learning process being carried out successfully. There are several challenges to overcome in this form of teaching, from the capacity of technical resources to the emotional problems triggered. The analysis showed that the most significant difficulties encountered by teachers during teaching during the Covid-19 pandemic were: 1) lack of quality internet access; 2) lack of motivation; 3) lack of adequate access to technological issues; 4) overwork; 5) lack of interaction with students; 6) socio-emotional issues: uncertainties, anxiety, insecurity.

Author Biographies

Alcemir Horácio Rosa, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas

PhD student in Technological Education (IFAM), Master in Professional and Technological Education (IFCE) and degree in Pedagogy (ISEPRO). Federal Institute of Education, Science and Technology of Amazonas, Brazil. Doctoral Course in Technological Education. ORCID: https://orcid.org/0000-0002-2359-5903 / CONTACT: (86) 99483-9792 – alcemir.horacio@ifpi.edu.br

Daniel Nascimento-e-Silva, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amazonas

Post-doctorate in Administration (UFSC), Doctor in Production Engineering (UFSC), Master in Administration (UFSC) and Graduate in Administration (UFPA). Doctoral Course in Technological Education. IFAM - Federal Institute of Education, Science and Technology of Amazonas. Avenida 7 de Setembro, 1975, Centro, 69020-120 Manaus, Amazonas, Brazil. ORCID: https://orcid.org/ 0000-0001-9770-575X / E-mail:danielnss@gmail.com

Francisco Willan Costa dos Santos, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí

Graduated in Physics (IFPI). IFPI – Federal Institute of Piauí, Brazil. ORCID: http://orcid.org/0000-0002-2086-002X. Email: willianphb50@gmail.com

References

Andrade, M. A. (2019). O uso das TICS na educação a distância. Unpublished Specialization monography. Instituto Federal Goiano, Brazil.

Andrade, D. M. de., Schmidt, E. B., Montiel, F. C. & Zitzke, V. A. (2020). Atividades remotas em tempos de pandemia da COVID-19: possíveis legados à Educação. Educitec - Revista de Estudos e Pesquisas sobre Ensino Tecnológico. 6, (dez. 2020), e150120. https://doi.org/10.31417/educitec.v6.1501.

Arruda, E. P. (2020). Educação Remota Emergencial: elementos para políticas públicas na educação brasileira em tempos de covid-19. Em Rede Revista de Educação a Distância, 7(1), 257-275.

Backes, L. (2012). As manifestações da autoria na formação do educador em espaços digitais virtual. Educação, Ciência e Cultura, 17(2), 71-85.

Bardin, L. (2006). Análise de conteúdo (L. de A. Rego & A. Pinheiro, Trads.). Edições 70.

Brasil. (2017). Base nacional comum curricular: BNCC. Brasília: Senado Federal.

Brasil. (2018). Resolução nº7, de 18 de dezembro de 2018. Estabelece as Diretrizes para a Extensão na Educação Superior Brasileira e regimenta o disposto na Meta 12.7 da Lei nº 13.005/2014. Brasília: Senado Federal.

Brasil. (2019). Ministério da Saúde. Coronavírus. https://coronavirus.saude.gov.br/.

Brasil. (2020). Portaria Nº 343, de 17 de março de 2020. Dispõe sobre a substituição das aulas presenciais por aulas em meios digitais enquanto durar a situação de pandemia do Novo Coronavírus - Covid-19. D.O.U 18/03/2020. https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-343-de-17-de- marco-de-2020-248564376.

Carneiro, D. V. (2008). Um relato sobre a transição do professor do ensino presencial para a educação a distância na elaboração de materiais instrucionais - ótica do designer instrucional. In Congresso Inrternacional de Educação à Distância 2008, Santos, Brazil.

Charnei, M. (2019). Dificuldade de aprendizagem do cálculo de área de figuras planas retangulares: uma possibilidade através do GeoGebra. In: Anais dos Workshops do VIII Congresso Brasileiro de Informática na Educação (Cbie 2019), 1(1), 623-632. https://br-ie.org/pub/index.php/wcbie/article/view/9008/6554

Costa, F.A. (2013). O potencial transformador das TIC e a formação de professores e educadores. In: ALMEIDA, M.E., DIAS, P., SILVA, B. O potencial transformador das TIC e a formação de professores e educadores. Loyola, pp. 47-72.

Cordeiro, J. & Garcia, H. O uso de tecnologias na escola. Appris, 2019.

Cordeiro, K. M. A. (2020). O impacto da pandemia na educação: a utilização da tecnologia como ferramenta de ensino, 1-15. http://repositorio.idaam.edu.br/jspui/handle/prefix/1157.

Dorneles, D. M. (2012). A formação do professor para o uso das TICS em sala de aula: uma discussão a partir do projeto piloto uca no acre. Texto livre, linguagem e tecnologia, 5(2), 71-87.

Dorneles, B. V. (2004). Laboratórios de aprendizagem – funções, limitese possibilidades. In: MOLL, Jacqueline et al. (org.). Ciclos na escola, tempos na vida: criando possibilidades. Artmed, p. 209-218.

Feitosa, M. C., Moura, P. S, Ramos, M. D. S. F., & Lavor, O. P. (2020). Ensino remoto: o que pensam os alunos e professores? In Anais do V Congresso sobre Tecnologias na Educação (pp. 60-68). SBC.

Garcia, J. C. H. (2019). O uso de Tecnologias na Escola. Appris.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. (5a ed.), Atlas.

Habowski, A. C., & Conte, E. (2020). Interações crítico-dialéticas com as tecnologias na educação. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, 15(1), 266-288.

Hodges, C., Moore, S., Lockee, B., Trust, T., & Bond, A. (2020). A diferença entre o ensino remoto de emergência e o aprendizado online. Educause Rev., 27(1), 1–9.

José, B., Soares, G., & Carmo, G. (2020). Dificuldades e consequências da aprendizagem do ensino remoto emergencial. Consciência, p. 1-6.

Joye, C. R., Moreira, M. M., & Rocha, S. S. D. (2020). Educação a distância ou atividade educacional remota emergencial: em busca do elo perdido da educação escolar em tempos de COVID-19. Research, Society and Development, 9(7), e521974299.

Lakatos, E. M, & Marconi, M. A. (1992). Metodologia do trabalho científico. São Paulo: Atlas.

Leal, P. C. S. (2020). A educação diante de um novo paradigma: ensino a distância (EaD) veio para ficar! Gestão & Tecnologia, 1(30), 41-43.

Lima, L. C. (2011). Administração escolar: estudos. Porto Editora.

Magalhães, J. E. P., Affonso, C. R. A., & Nepomuceno, V. L. C. (Orgs.). (2018). Trabalho docente sob fogo cruzado. Gramma.

Minayo, M. C. S. (2001). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. (18a ed.), Vozes.

Mohmmed, A. O. et al. (2020). Emergency remote teaching during Coronavírus pandemic: the current trend and future directive at Middle East College Oman. Innovative Infrastructure Solutions, 5(3), 1-11. https://doi.org/10.1007/s41062-020-00326-7.

Moreira, J. A., Henriques, S., & Barros, D. M. V. (2020). Transitando de um ensino remoto emergencial para uma educação digital em rede, em tempos de pandemia. Dialogia, 34, 351-364. https://doi.org/10.5585/Dialogia.N34.17123.

Moreira, A., & Monteiro, A. (Orgs.). (2012). Ensinar e aprender online com tecnologias digitais. Porto Editora.

Motin, M. F., Moraes, G. C., Bastos, I. P., Busato, R., Ales, V. T. (2020). O ensino remoto de disciplinas do eixo da matemática em tempos de pandemia. In: PALÚ, J., SCHÜTZ, J. A., MAYER, L. (Orgs.). Desafios da educação em tempos de pandemia. Cruz Alta: Ilustração, p.247-260.

Nascimento, C. P. (2010). A organização do ensino e a formação do pensamento estético-artístico na teoria histórico-cultural. Unpublished master thesis. Universidade de São Paulo, Brazil.

Nascimento-e-Silva, D. (2019). Manual do método científico-tecnológico. DNS Editor.

Oliveira, R. M., Corrêa, Y., & Morés A. (2020). Ensino remoto emergencial em tempos de covid-19: formação docente e tecnologias digitais. Revista Internacional de Formação de Professores, 5, e020028.

Pimentel, L., & Nicolau, M. (2018). Os Jogos de Tabuleiro e a Construção do Pensamento Computacional em Sala de Aula. In Anais do III Congresso sobre Tecnologias na Educação (Ctrl+E 2018), Fortaleza, Brazil.

Pierri, L. D, e, Lima, S. P. (2016). Desenvolvimento de um Experimento Remoto Baseado em Sistema de Geração Alternativa Híbrido. 2016. 127 f. TCC (Graduação) - Curso de Bacharelado em Tecnologias da Informação e Comunicação, Universidade Federal de Santa Catarina, Araranguá. <https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/165169>.

Rodrigues, M. A. (2020). Física na quarentena: resultados preliminares de um curso de extensão on-line. I Simpósio Sul-Americano de Pesquisa em Ensino de Ciências, 1, 1-5.

Rodrigues, E. S., & Freire, M. L. F. (2011). Eletrização do canudo e uma analogia com o circuito RC. s. n.

Rosa, A. H., & Nascimento-e-Silva, D. (2022a). Fundamentos conceituais da tecnologia e do ensino tecnológico: conceitos, concepções e atuação docente. Research, Society and Development, 11(6), e44211629482. https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.29482.

Rosa, A. H., & Nascimento-e-Silva, D. (2022b). The reflection of the practice as a strategy in the continuing education of teachers: necessary actions. Brazilian Applied Science Review, 6(3), 1014-1031. https://doi.org/10.34115/basrv6n3-018.

Santos F. M. F., Alves, A. L., & Porto, C. M. (2018). Educação e tecnologias: Potencialidades e implicações contemporâneas na aprendizagem. Revista Científica da Fasete, 12(18), 44-61.

Santos, G. L. (2011). Ensinar e aprender no meio virtual: rompendo paradigmas. Revista Educação e Pesquisa, 37(2), 307-320.

Santos, V. L., & Santinello, J. (2020). A educação híbrida como proposta na formação docente: análise referencial. EDUCA-Revista Multidisciplinar em Educação, 7(17), 801-815.

Scorsatto, M. et al. (2015). Associação entre homocisteína e polimorfismos em MTHFR em mulheres obesas brasileiras. Int J Cardiovasc Sei, 28(1), 16-24.

Silva, S. L. R., Andrade, A. V. C., & Brinatti, A. M. (2020). Ensino remoto emergencial. Ponta Grossa: Edição dos Autores.

Silveira, S. R. et al. (2020). O Papel dos licenciados em computação no apoio ao ensino remoto em tempos de isolamento social devido à pandemia da COVID-19. In: Poisson Editora (Org.). Série educar:-prática docente. Belo Horizonte: Poisson.

Soares, M. I. D. (2021). As dificuldades encontradas para se ministrar aulas remotas de Física para alunos de escola pública devido a pandemia do Covid-19. Unpublished undergraduation monography. Universidade Federal do Ceará, Brazil.

Stinghen, R. S. (2016). Tecnologias na educação: dificuldades encontradas para utilizá-la no ambiente escolar. Unpublished specialization monography, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, Brazil.

Vygotsky, L. S. (2003). Psicologiapedagógica. Artmed.

Downloads

Published

05/06/2022

How to Cite

ROSA, A. H.; NASCIMENTO-E-SILVA, D.; SANTOS, F. W. C. dos . The challenges faced by teachers with remote teaching in pandemic times: a case study in the state public network in the city of Parnaiba-PI/Brazil. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e58011730509, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30509. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30509. Acesso em: 16 aug. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences