Social structures and institutions: a possible dialogue between neoinstitutionalism and contemporary social theory

Authors

  • Kleber Garcia Teixeira Universidade Federal do ABC
  • Claudio Luis de Camargo Penteado Universidade Federal do ABC

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v1i1.4

Keywords:

neoinstitutional theory; dispositional theory; institutions; Bourdieu; North.

Abstract

This paper proposal realizes a (possible) dialogue between the features (or concept) of institutions that exist in framework of public policy neoinstitutionalist analysis and social structure, core concept to contemporary social theory of Bourdieu and Jessé de Souza. By theorical discussion about this features, the article argues the meeting points of both approaches and their contribution to development of public policy field by Bourdieu's theory.

References

BAQUERO, Marcello. Cultura política participativa e desconsolidação democrática: reflexões sobre o Brasil contemporâneo. São Paulo em perspectiva, 2001, 15.4: 98-104.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas simbólicas: introdução, organização e seleção de Sérgio Miceli. São Paulo: Ed. Perspectiva, 5º ed., 2003

BOURDIEU, Pierre. Razões práticas: sobre a teoria da ação. 11ª ed. – Campinas, SP: Papirus, 2011.

BOURDIEU, Pierre. A sociologia de Pierre Bourdieu. (org.) Renato Ortiz. – São Paulo: Olho d’água, 2013.

BOURDIEU, Pierre. O senso prático. (Coleção Sociologia) 3º ed. Petrópolis-RJ: Vozes, 2013.

HALL, Peter A. and TAYLOR, Rosemary C. R. Political Science and the Three New Institutionalisms. Political Studies, XLIV, 936-957, 1996.

MARCH, James G., OLSEN, Johan P. The new institucionalism: organizational factors in political life. The American Political Science Review, Vol. 78, no. 3, 734-749, set., 1984.

MENICUCCI, Telma M. G. “Os argumentos analíticos: a perspectiva histórica e institucional” (Capítulo 1). In: Público e Privado na Política de Assistência à Saúde no Brasil: Atores, Processos e Trajetória. Rio de Janeiro: FIOCRUZ, 2007.

NASCIMENTO, Emerson Oliveira do. “Os novos institucionalismos na ciência política contemporânea e o problema da integração teórica”. Revista Brasileira de Ciência Política, nº 1. Brasília, pp. 95-121, janeiro-junho, 2009

NORTH, Douglass C. Economic Performance Through Time. The American Economic Review, vol. 84, n.o 3, pp. 359-368, 1994

NORTH, Douglas. The new institutinal economics and development. Acesso em <http://www2.econ.iastate.edu/tesfatsi/NewInstE.North.pdf, s/d

PETERS, Gabriel. Habitus, reflexividade e neo-objetivismo na teoria da prática de Pierre Bourdieu. Rev. bras. Ci. Soc., São Paulo, v. 28, n. 83, p. 47-71, Out., 2013.

SANTOS, Maria Helena de Castro. Governabilidade, governança e democracia: criação de capacidade governativa e relações executivo-legislativo no Brasil pós-constituinte. Dados, 1997, 40.3.

SETTON, Maria da Graça Jacintho. A teoria do habitus em Pierre Bourdieu: uma leitura contemporânea. Rev. Bras. Educ., Rio de Janeiro , n. 20, p. 60-70, Ago. 2002.

SOUZA, Jessé. A construção social da subcidadania: para uma sociologia política da modernidade periférica. 2º ed. – Belo Horizonte: Editora UFMG, 2012.

THIRY-CHERQUES, Hermano Roberto. Pierre Bourdieu: a teoria na prática. Rev. Adm. Pública [online]. vol. 40, n.1, pp. 27-53, 2006.

Published

05/07/2016

How to Cite

TEIXEIRA, K. G.; PENTEADO, C. L. de C. Social structures and institutions: a possible dialogue between neoinstitutionalism and contemporary social theory. Research, Society and Development, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 43-62, 2016. DOI: 10.17648/rsd-v1i1.4. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/4. Acesso em: 9 may. 2021.

Issue

Section

Articles