Mapping the protection of softwares from the Federal Network of Professional, Scientific and Technological Education

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.6194

Keywords:

Innovation; Software; Intellectual property; Technological forecasting; Professional education.

Abstract

In the Digital Age, the discussion that permeates the legal mechanisms that guarantee the intellectual property protection for software has been gaining prominence in the academic and business community. In this sense, this work aims to analyze the situation of the protection for software of the institutions that compose the Federal Network of Professional, Scientific and Technological Education (RFEPCT) filed at the National Institute of Industrial Property (INPI). This is a forecasting study, which was conducted in the database from INPI to gauging the requests of protection for software by institutions of RFEPCT in the period from 2009 to 2015. The results and discussions presented, was found that the institutions of RFEPCT maintain a growth trend in the number of protection for software in the INPI observed in the analyzed years, a fact that follows the national trend of protection for software also shows growth over the years.

References

Andrade, E., Tigre, P. B., Silva, L. F., Silva, D. F., Moura, J. A. C. de, Oliveira, R. V. de, & Souza, A. (2009). Propriedade Intelectual em Software: o que podemos apreender da experiência internacional?. Revista Brasileira de Inovação, 6(1), 31-53. Recuperado em 30 de junho, 2020 de https://doi.org/10.20396/rbi.v6i1.8648940

Andrade, E. (2008). Registro de Programa de Computador. [Apresentação de slides]. Diretoria de Contratos e Outros Registros do INPI. Araraquara, SP.

Coelho, G. M. (2003). Prospecção Tecnológica: metodologias e experiências nacionais e internacionais. Projeto CTPETRO - Tendências Tecnológicas: Nota Técnica 14, Instituto Nacional de Tecnologia. Rio de Janeiro, RJ: INT.

Brasil. (1998a). Lei nº 9.609, de 19 de fevereiro de 1998. Dispõe sobre a proteção da propriedade intelectual de programa de computador, sua comercialização no País, e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União.

Brasil. (1998b). Lei nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Altera, atualiza e consolida a legislação sobre direitos autorais e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União.

Brasil. (2008). Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia e dá outras providências. Brasília, DF: Diário Oficial da União.

Dias, G. A., & Vidotti, S. A. B. G. (2012). Arquitetura da Informação no Ambiente Digital: Avaliando as relações com o Direito da Propriedade Intelectual. Informação & Sociedade: Estudos, 22(3), 115-132. Recuperado em 30 de junho, 2020 de http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/14131

FAPESP. Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo. (2009). Propriedade Intelectual para programas de computador, jan. 2009. Recuperado em 30 de junho, 2020 de http://www.fapesp.br/4512

INPI. Instituto Nacional da Propriedade Industrial. (2016a). Anuário Estatístico de Propriedade Industrial: 2000-2012. Recuperado em 22 de junho, 2016 de http://www.inpi.gov.br/estatisticas/anuario-estatistico-de-propriedade-industrial-2000-2012-pc1#pc

INPI. Instituto Nacional da Propriedade Industrial. (2016b). Estatísticas preliminares a partir de 2013. Recuperado em 30 de junho, 2020 de https://www.gov.br/inpi/pt-br/composicao/estatisticas/estatisticas-preliminares-2013-a-partir-de-2013

INPI. Instituto Nacional da Propriedade Industrial. (2016c). Guia básico de programa de computador. Recuperado em 30 de junho, 2020 de https://www.gov.br/inpi/pt-br/servicos/programas-de-computador/guia-basico

INPI. Instituto Nacional da Propriedade Industrial. (2017). Registro de Programa de Computador: manual do usuário transitório. Recuperado em 20 de junho, 2017 de http://www.inpi.gov.br/menu-servicos/arquivos-programa-de-computador/Manualdousurio7117.pdf

Jungmann, D. M., & Bonetti, E. A. (2010). Inovação e propriedade intelectual: guia para o docente. Brasília, DF: SENAI.

Kupfer, D., & Tigre, P. B. (2004). Capítulo 2: Prospecção Tecnológica. In: L. A. Caruso, & P. B. Tigre (Orgs.). Modelo SENAI de Prospecção: Documento Metodológico. (p. 17-35). Montevideo, Uruguay: CINTERFOR/OIT.

Meyer, M. (2018). Os melhores salários por linguagem de programação 2018, mar. 2018. Recuperado em 30 de junho, 2020 de https://www.oficinadanet.com.br/post/14518-qual-a-linguagem-de-programacao-e-mais-bem-remunerada

Moerbeck, R. (2014). Proteção ao Programa de Computador. Divisão de Registros de Programas de Computador e Topografia de CI do INPI. Aracaju, SE.

Quintella, C. M., Meira, M., Guimarães, A. K., Tanajura, A. S., & Silva, H. R. G. (2011). Prospecção Tecnológica como uma Ferramenta Aplicada em Ciência e Tecnologia para se Chegar à Inovação. Revista Virtual de Química, 3(5), 406-415. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1984-6835.20110044

Rodrigues, F. C. R., Berbert, J. O. B., & Teixeira, M. L. F. (2013). Proteção intelectual para programas de computador: considerações acerca da possibilidade de patenteamento do software. Revista de Direito Empresarial – RDEmp, ano 10, n. 1, jan./abr..

Speziali, M. G., Fernandes, I. C., Murase, M. S. W., Albrigo, B. V., Gonçalves, C. O., Almeida, G. M. D., & Silveira, R. P. (2016). Cartilha de Propriedade Intelectual 2016. Coordenadoria de Gestão da Inovação Tecnológica e Empreendedorismo da Universidade Federal de Ouro Preto. Recuperado em 30 de junho, 2020 de http://saci2.ufop.br/data/solicitacao/08749_cartilha_nite_versao_final.pdf

Teixeira, C., Teixeira, R., Brito, M., Lacerda, J., & Araújo, M. (2017). O desenvolvimento do conhecimento na Pesquisa e Desenvolvimento e o registro através de patentes no Brasil – uma experiência profissional. Research, Society and Development, 6(4), 370-381. doi: http://dx.doi.org/10.17648/rsd-v6i4.195

Zibetti, F. W., & Ziegler Filho, J. A. (2014). Os direitos de propriedade intelectual de programa de computador desenvolvido por servidor público do Estado de Santa Catarina. Revista da ESMESC, 21(27), 299-324. doi: http://dx.doi.org/10.14295/revistadaesmesc.v21i27.104

Published

01/08/2020

How to Cite

Prado, J. L. do, Oliveira Júnior, A. M. de, & Fernandez-Crehuet, J. M. (2020). Mapping the protection of softwares from the Federal Network of Professional, Scientific and Technological Education. Research, Society and Development, 9(8), e871986194. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i8.6194

Issue

Section

Human and Social Sciences