Political scenario and media contributions in the process of devaluation of Science in Brazil

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7138

Keywords:

Science; Political scenario; Media; Manipulation.

Abstract

This article aims to contribute to the process of reflection on the situation of science today, the role that the media has been playing and the capacity for critical thinking that society must develop. For this, a brief contextualization of the history of science is made. The article was developed by events and news published in 2019 about science in Brazil, with the theoretical contribution of a study that verified the development of science. The bibliographical research cut dealt with the history of science, the Kuhnian and Popperian conception and also the contributions of the media and the internet in the process of manipulation and dissemination of information. The result shows that a conservative political discourse, enhanced by digital and television media, which ignores existing crises and causes apathy among the population for scientific knowledge. It is concluded, therefore, that society must reflect on the contributions of scientific knowledge and combat the messages that harm Brazilian science.

References

Bianezzi, Matheus. (2018). Terra plena: por que a teoria da Terra plana não faz nenhum sentido. Recuperado de https://super.abril.com.br/mundo-estranho/terra-plena-por-que-a-teoria-da-terra-plana-nao-faz-nenhum-sentido/.

Bynum, W. (2014). Uma breve história da ciência; tradução Iuri Abreu. Porto Alegre: L&PM.

Chibeni, S. S. (n.d.). Síntese de A Estrutura das Revoluções Científicas, de Thomas Kuhn. Departamento de Filosofia, Unicamp. Recuperado de http://www.unicamp.br/ chibeni/textosdidaticos/structure-sintese.htm.

Chomsky, N. (2013). Mídia: propaganda política e manipulação. Editora WMF Martins Fontes.

CMS – Hoje em Dia. (07 mai., 2019). Pesquisa por remédio para leishmaniose é interrompida por falta de verba. Recuperado de https://panoramafarmaceutico.com.br/2019/05/07/pesquisa-por-remedio-para-leishmaniose-e-interrompida-por-falta-de-verba-em-universidade-publica/.

Decreto nº 9.943, de 30 de julho de 2019 (2019). Altera o Decreto n o 9.711, de 15 de fevereiro de 2019, que dispõe sobre a programação orçamentária e financeira e estabelece o cronograma mensal de desembolso do Poder Executivo federal para o exercício de 2019, e o Decreto nº 9.702, de 8 de fevereiro de 2019, que delega a competência ao Ministro de Estado da Economia para a prática dos atos que especifica. Recuperado de http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2019-2022/2019/decreto/D9943.htm.

DOU. (2019). Diário Oficial da União. Recuperado de https://www.in.gov.br/consulta.

Dulci, L. (2019). Governo federal contra o progresso da ciência no Brasil. Recuperado de https://teoriaedebate.org.br/colunas/governo-federal-contra-o-progresso-da-ciencia-no-brasil/.

G1. (2019). Fala de Bolsonaro sobre queimada na Amazônia é 'irresponsável' e 'leviana', dizem ambientalistas. https://g1.globo.com/politica/noticia/2019/08/21/fala-de-bolsonaro-sobre-queimada-na-amazonia-e-irresponsavel-e-leviana-dizem-ambientalistas.ghtml.

Kakutani, M. (2018). A morte da verdade. Rio de Janeiro: Intrínseca.

Kuhn, T. S. (2013). A estrutura das revoluções científicas; tradução Beatriz Vianna Boeira e Nelson Boeira. — (12a ed.), São Paulo: Perspectiva.

Observatório do Conhecimento. (2019). 10 mitos sobre a universidade pública no Brasil. Recuperado de https://observatoriodoconhecimento.org.br/10-mitos/.

Popper, K. R. (1980). Conjecturas e Refutações (O Progresso do Conhecimento Científico). Brasília: Editora da UnB.

Rosa, C. A. de. (2012a). História da ciência: da antiguidade ao renascimento científico. (2a ed.) Brasília: FUNAG.

Rosa, C. A. de. (2012b). História da ciência: a ciência moderna. (2a ed.), Brasília: FUNAG.

Rosa, C. A. de. (2012c). História da ciência: o pensamento científico e a ciência no século XIX. (2a ed.), Brasília: FUNAG.

Rosa, C. A. de. (2012d). História da ciência: a ciência e o triunfo do pensamento científico no mundo contemporâneo. (2a ed.), Brasília: FUNAG.

Wellcome Global Monitor, (2018). How does the world feel about science and health? Recuperado de https://wellcome.ac.uk/reports/wellcome-global-monitor/2018.

Published

22/08/2020

How to Cite

Aragão, D. S. de S., Souza, A. M. da C., Silva, S. A. da, & Jucá, S. C. S. (2020). Political scenario and media contributions in the process of devaluation of Science in Brazil. Research, Society and Development, 9(9), e371997138. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7138

Issue

Section

Education Sciences