Experience report of medical students according to interprofessional parameters in regional hospital

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8003

Keywords:

Case report; Interprofessional education ; Clinical clerkship.

Abstract

Experience report of not mandatory probation, performed in a regional hospital in a city from Minas Gerais, from January to February, 2020. Objective: After a detailed examination of the following items, the aim of this article was to present the experiences and activities lived during the internship. Method: report of experience. The following data collection techniques were applied: diary stage, structured observation (participant researcher), consultation of medical records, analysis of clinical/managerial activities, verification of the physical structure of the hospital, consultation with public normative and regulatory agencies of health services. Results: It was possible to describe the presence of the multiprofessional team and the clinical profile of patient care, cite the various forms of approaches available and describe some relevant aspects in the new form of group action - interprofessionality. Final Considerations: the experience was significant, signaling that the scenario in question is crucial as a field of dispersion for the student of medicine who seeks to broaden his knowledge and also apply today's principles such as interprofessionalism in the professional and academic spheres.

References

Almeida, R. G. S., Teston, E. F. & Medeiros, A. A. (2019) A interface entre o PET-Saúde/Interprofissionalidade e a Política Nacional de Educação Permanente em Saúde. Saúde em Debate, 43(spe1), 97-105. Epub September 16, 2019.https://doi.org/10.1590/0103-11042019s108

Araújo, T. A. M., Vasconcelos, A. C. C. P., Pessoa, T. R. R. F. & Forte, F. D. S. (2017). Multiprofissionalidade e interprofissionalidade em uma residência hospitalar: o olhar de residentes e preceptores. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, 21(62), 601-613. Epub 23 de janeiro de 2017.https://doi.org/10.1590/1807-57622016.0295

Batista, N. A. (2012) Educação interprofissional em saúde: concepções e práticas. Cad FNEPAS, 2:25-8. Acesso em 14 de agosto de 2020.

Berbel, N. A. N. (2011). As metodologias ativas e a promoção da autonomia de estudantes. Semina: Ciências Sociais e Humanas, v. 32, n. 1, p. 25-40. http://dx.doi.org/10.5433/1679-0383.2011v32n1p25

Corrêa, A. K., Santos, R. A., Souza, M. C. B. M. & Clapis, M. J. (2011). Metodologia problematizadora e suas implicações para a atuação docente: relato de experiência. Educação em Revista, 27(3), 61-77. https://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982011000300004

Farias, E. S., Santos, J. O., Góis, R. M. O. (2018). Comunicação efetiva: elo na segurança do paciente no âmbito hospitalar. Ciências Biológicas e de Saúde Unit, Aracaju, v. 4, n. 3, p. 139-154.

Griggio, A. P., Silva, J. A. M., Rossit, R. A. S., Mieiro, D. B., Miranda, F. M. & Mininel, V. A. (2020). Analysis of an interprofessional education activity in the occupational health field. Revista Latino-Americana de Enfermagem, 28, e3247. Epub April 17, 2020.https://doi.org/10.1590/1518-8345.3228.3247

Macinko, J. & Mendonça, C. S. (2018). Estratégia Saúde da Família, um forte modelo de Atenção Primária à Saúde que traz resultados. Saúde em Debate, 42(spe1), 18-37. https://doi.org/10.1590/0103-11042018s102

Marini Z. M., Arrieira I., Jacotec C. (2017). Relato de experiência da equipe odontológica em atenção domiciliar em um hospital-escola na cidade de Pelotas, RS, Brasil. RFO UPF. 2017;22(2):158-61. doi: 10.5335/rfo.v22i2.6747. Acesso em 14 de agosto de 2020.

Ministério da Saúde. Portaria Interministerial Nº 421, De 3 De Março De 2010 - Institui O Programa De Educação Pelo Trabalho Para A Saúde (Pet Saúde) E Dá Outras Providências. Ministério da Saúde, Diário Oficial da União. Acesso em 06 de abril de 2020. https://bvsms.saude.gov.br/bvs/saudelegis/gm/2010/pri0421_03_03_2010.html

Mitre, S. M., Siqueira-Batista, R., Girardi-de-Mendonça, J. M., Morais-Pinto, N. M., Meirelles, C. A. B., Pinto-Porto, C., Moreira, T., & Hoffmann, L. M. A. (2008). Metodologias ativas de ensino-aprendizagem na formação profissional em saúde: debates atuais. Ciência & Saúde Coletiva, 13(Supl. 2), 2133-2144. https://doi.org/10.1590/S1413-81232008000900018

Pereira, M. F. (2018). Interprofissionalidade e saúde: conexões e fronteiras em transformação. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, 22(Supl. 2), 1753-1756. https://doi.org/10.1590/1807-57622018.0469

Reeves, S. (2016). Why we need interprofessional education to improve the delivery of safe and effective care. Interface - Comunicação, Saúde, Educação, 20(56), 185-197. https://doi.org/10.1590/1807-57622014.0092

Rossit, R. A. S., Maria, A. O. F, Sylvia, H. S. S. B., Nildo, A. B. (2018). Construção da identidade profissional na Educação Interprofissional em Saúde: percepção de egressos.. Interface - Comunicação, Saúde, Educação [online]. 2018, v. 22, suppl 1 [Acessado 27 Agosto 2020] , pp. 1399-1410. Epub 17 Maio 2018. ISSN 1807-5762. https://doi.org/10.1590/1807-57622017.0184.

Silva, J. S. S., & Ferreira, W. B. (2017). Sombreando a Pessoa com Deficiência: Aplicabilidade da Técnica de Sombreamento na Coleta de Dados em Pesquisa Qualitativa. Revista Brasileira de Educação Especial, 23(2), 185-200. https://doi.org/10.1590/s1413-65382317000200003

Published

08/09/2020

How to Cite

Marinho, G. de P., Marinho, I. de P. ., Graciano, C. S. M. ., Camargo, C. A. C. M. ., Ribeiro, M. I. L. C. ., Pereira , S. de S., & Rosa, W. de A. G. . (2020). Experience report of medical students according to interprofessional parameters in regional hospital. Research, Society and Development, 9(9), e817998003. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.8003

Issue

Section

Health Sciences