The Physical Education teacher and ethnocentrism: a study on bullying

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9628

Keywords:

Ethnocentrism; Bullying; Physical education (PE).

Abstract

The present study analyzes the perceptions and behaviors of three physical education teachers at the Federal Institute of Piauí - Campus Teresina Central, regarding manifestations of bullying and ethnocentric postures in the school environment. It is a qualitative research, through discourse analysis. The study is an excerpt of the doctoral research that has as its object bullying in the handball classes of the institution. The phenomenon was verified in the handball classes, the interest in investigating the existence of this syndrome in other modalities arose. The results proved the existence of this phenomenon and these postures in the school universe, generating situations of conflict, revolt and apathy. Teachers alleged weaknesses in their training to deal with this problem in an appropriate way. Consequently, they attested that their attitudes towards situations have been ineffective and inefficient. In this way, it is noticed a certain disregard of the institution in relation to the training of teachers to deal with situations like these.

References

Brasil. (2002). Lei nº 8.069/90. Estatuto da criança e do adolescente (ECA). Conselho nacional dos direitos da criança e do adolescente (Conanda) e Ministério da Justiça.

Cury, J. (2018). Bullying: Ameaça disfarçada. In: Revista Cidade Verde: o Piauí com todas as letras. (182a ed.), 49-55.

Darido, S. C. (2004, jan./mar). A educação física na escola e o processo de formação dos não praticantes de atividade física. Rev. Bras. Educ. Fís. Esp. 18, (1), 61-80.

Diniz, D. (2012). O que é deficiência. São Paulo: Brasiliense. (coleção Primeiros Passos).

Ferreira, S. R., & Moreira, H. (2002); A prática pedagógica da educação física: Seu impacto sobre as concepções de corpo em mulheres de diferentes gerações. Recuperado de http://www.motricidade.com/index.php?option=comcontente&view=category&id=48:doc ência&layout=blog&ltemid=90&layout=default,.

Furlani, J. (2005). Políticas identitárias na educação sexual. In: Grossi, M. P., et al. Movimentos sociais, educação e sexualidades. Rio de Janeiro: Garamondltda. 219-238.

Gaya, A. (1994). Mas afinal, o que é educação física? 1 (1). Revista Movimento. Ufrs/Porto Alegre.

Gil, A. C. (2010). Como elaborar projetos de pesquisa. (4a ed.). São Paulo: Atlas.

Goffman, E. (1988). Estigma: notas sobre a manipulação da identidade deteriorada. (4a ed.) Rio de Janeiro: Editora Guanabara.

Goldenberg, M. (2000). A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa em ciências sociais. (4a ed.). Rio de Janeiro: Record.

Nogueira, J. K., Felipe, D. A., & Teruya, T. K. (2008). Conceito de gênero, etnia e raça. Reflexões sobre a diversidade cultural na educação física escolar. (UEM) Educação escolar, formação de professores, diversidade cultural. ST 1 - A questão racial no Brasil e as relações de gênero. Fazendo gênero 8 – Corpo, violência e poder. Florianópolis.

Orlandi, E. P. (2003). Análise de discurso: princípios e procedimentos. (5a ed.) Campinas, SP: Pontes.

Pansini, F., & Nenevé, M. (2008, jan/jun). Educação multicultural e formação docente. Currículo sem fronteiras, 8 (1), 31-48.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R., (2018). Metodologia da pesquisa cientifica. [e-book]. Santa Maria: UAB/NTE/UFSM. Recuperado de https://w ww.ufsm.br/app/uploads/sites/358/2019/02/Metodologia-da-Pesquisa-Cientifica_final.pdf.

Rocha, E. (2006). O que é etnocentrismo. São Paulo: Brasiliense (coleção Primeiros Passos).

Santos, L. C. S. (2012). A educação física escolar no ensino médio em Teresina-PI. Dissertação (mestrado) – Universidade Católica de Brasília.

Silva, A. B. B. (2010). Bullying: Mentes perigosas nas escolas. Rio de janeiro: Objetiva.

Yin, R. K. (2016). Pesquisa qualitativa do inicio ao fim. Tradução de: Daniel Bueno. Porto alegre: Penso, 313.

Published

08/11/2020

How to Cite

Santos, L. C. S., Assumpção, . L. O. T. ., & Caetano Júnior, M. A. . (2020). The Physical Education teacher and ethnocentrism: a study on bullying. Research, Society and Development, 9(11), e1769119628. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9628

Issue

Section

Education Sciences