O papel do professor tutor no Multiprofissional Residence Program: experience story

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i5.1015

Keywords:

tutor; health residency; rehabilitation; experience report.

Abstract

The purpose of this article is to present the role of the tutor in the Multiprofessional Residency Program in Physical Rehabilitation in a private institution of Brazilian education through an experience report. The tutor has the function of supporting resident students by teaching techniques and skills to provide interdisciplinary assistance to people with some physical impairment, be it temporary or permanent in the various rehabilitation care settings. It is concluded that the role of the tutor is fundamental in the teaching-learning process, since it contributes in an important way in the qualification of the professionals for interdisciplinary action assisting in the ethical, human and technical-scientific improvement, as well as for the integral health care of the people, families and communities.

References

Beauchesne, M.A, Howard, E.P. (1996). An investigation of the preceptor as potential mentor. The Nurse Practicioner, 21(3), 155-159.

Bellodi, P.L. (2003). O que é um tutor? Representações do papel em um grupo de professores de medicina durante o processo de seleção. Revista Brasileira de Educação Médica, Rio de Janeiro, 27 (3), 205- 212.

Bellodi, P.L., Martins, M.A. (2005). Tutoria: mentoring na formação médica. São Paulo: Casa do Psicólogo.

Botti, S.H. de O, Rego, S. (2008). Preceptor, supervisor, tutor e mentor: quais são seus papéis? Revista Brasileira de Educação Médica, 32(3), 363-373.

Brasil. Ministério da Saúde. Portaria nº 793, de 24 de abril de 2012. Institui a Rede de Cuidados à Pessoa com Deficiência no âmbito do Sistema Único de Saúde. Diário Oficial da União, Brasília (DF), 2012.

Brasil. Ministério da Saúde. (2004). Decreto nº 5.296, de 2 de dezembro de 2004. Regulamenta as Leis nºs 10.048, de 8 de novembro de 2000, que dá prioridade de atendimento às pessoas que especifica, e 10.098, de 19 de dezembro de 2000, que estabelece normas gerais e critérios básicos para a promoção da acessibilidade das pessoas portadoras de deficiência ou com mobilidade reduzida, e dá outras providências.

Brasil. Secretaria de Educação Superior. Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde. Resolução CNRMS Nº 2, de 13 de abril de 2012. Diário Oficial da União; Poder Executivo, Brasília, DF, 16 abr. 2012. Seção I, p.24-25.

Cottrell, D.J, McCrorie P, Perrin F. (1994). The personal tutor system: an evaluation. Med Educ, 28(6):544-9.

Dias, I.M.A.V. et al. (2016). A tutoria no processo de ensino-aprendizagem no contexto da formação interprofissional em saúde. Saúde em Debate, 40(111): 257-267.

Dolmans, D.H.J.M, Luijk, S.J.V, Wolfhagen, I.H.A.P, Scherpbier, A.J.J.A. (2006). The relationship between professional behaviour grades and tutor performance ratings in problem-based learning. Med Educ,40:180-186.

Falkenback, E.M.F. (1987). Diário de Campo: um instrumento de reflexão. Revista Contexto/Educação, 7.

Freeman, R. (2000). Faculty mentoring programmes. Medical Education, 34, 507-508.

Gidman J. (2001). The role of the personal tutor: a literature review. Nurse Educ Today, 21(5):359-365.

Houaiss, A, Villar, M.S. (2001). Dicionário Houaiss da Língua Portuguesa. Rio de Janeiro: Objetiva.

Jones A. (1998). Getting going with clinical supervision: an introductory seminar. J Adv Nurs, 27, 560-6.

Organização Mundial de Saúde (2011). Relatório Mundial sobre a deficiência- World Reporton Disability. Secretaria de Estado dos direitos da pessoa com deficiência. São Paulo.

Parente, J.R.F. (2008). Preceptoria e Tutoria na Residência Multiprofissional em Saúde da Família Sanare, 7(2), 47-53.

Pedreira, C.L. et al. (2013). Experiência da Residência Multiprofissional do Hospital universitário/UFBA nas Unidades de Saúde da Família. In: SILVA, G. T. R. (Org.). Residência multiprofissional em saúde: vivências e cenários da formação. São Paulo: Martinari, 109-154.

Soares, P.S; Franchi, E.F; Selau, C.M; Piber, V.D; Schmidt, M.H; Carlesso, J.P.P; Rahmeier,L. (2016). Programa de Residência Multiprofissional em Reabilitação Física: um relato de experiência. XX Simpósio de ensino, pesquisa e extensão.

Wetzel, M.S. (1996). Developing the role of the tutor/facilitator. Postgrad Med J, 72(850),474-477.

Published

06/03/2019

How to Cite

CARLESSO, J. P. P. O papel do professor tutor no Multiprofissional Residence Program: experience story. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 5, p. e31851015, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i5.1015. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/1015. Acesso em: 25 sep. 2021.

Issue

Section

Health Sciences