Research on the level of academic satisfaction in the CAMEAM-UERN administration course

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11472

Keywords:

Education quality; Managment course; Satisfaction; Teaching.

Abstract

The aim of this paper was to investigate the academic satisfaction levels of the CAMEAM-UERN Administration course. The construction of a satisfaction survey is important for the development of quality education, along with the conception of the students who are part of the course and of the study institution, as they are essential for potentialing of growth and quality of education. This research is qualitative and quantitative, exploratory and descriptive in nature. To this end, was used a questionnaire with 35 (thirty five) questions about student satisfaction regarding various aspects related to academic life, where they assigned values on a scale of 1 (one) to 5 (five) to state between nothing and fully satisfied, respectively, and was applied to the universe of 103 (one hundred and three) students from the 4th (fourth) to the 10th (tenth) period of the CAMEAM-UERN Administration course. After data collection, charts and tables were used to demonstrate the results obtained through statistical analysis, outlined in six (6) dimensions, related to personal satisfaction, with the course, teachers, colleagues and the physical environment of the institution, obtaining a positive result towards students satisfaction about most of the aspects addressed, and a possible attention to improvements in the data collected with the neutral results. The analysis of this study may be useful to the institution for actions to be taken to potentialing of satisfaction level of the students of the CAMEAM-UERN Administration course.

References

Andrade. R. O. B., & Amboni, N. (2004). Gestão de cursos de Administração: metodologias e diretrizes curriculares. Prentice Hall.

Alves, H., Mainardes, E. W., & Raposo, M. (2010). O marketing no ensino superior: comparativo Brasil-Portugual. R. Adm. FACES Journal. Belo Horizonte. 9(4), 35-64. https://doi.org/10.21714/1984-6975FACES2010V9N4ART190 .

Alyrio, R. D. (2009). Métodos e técnicas de pesquisa em administração. Rio de Janeiro: Fundação CECIERJ.

Bertero, C. O. (2006). Ensino e Pesquisa em Administração. Thomson Learning.

Conselho Federal De Administração. História da Administração. Conselho Federal de Administração. https://cfa.org.br/administracao-administracao/administracao-historia-da-profissao/

Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projeto de pesquisa. (4a ed.), Atlas.

Gusmão, J. B. B. (2010). Qualidade da educação no Brasil: consenso e diversidade de significados. Dissertação de Mestrado. Universidade de São Paulo. São Paulo,180 p.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP). (2017). Dados do censo da educação superior as universidades brasileiras representam 8% da rede, mas concentram 53% das matrículas. <http://portal.inep.gov.br/artigo/-/asset_publisher/B4AQV9zFY7Bv/content/dados-do-censo-da-educacao-superior-as-universidades-brasileiras-representam-8-da-rede-mas-concentram-53-das-matriculas/21206

Masetto, M. T. (1998). Professor Universitário: Um Profissional Da Educação Na Atividade Docente. In: Masetto, M. T.(Org). (1998). Docência na Universidade. Campinas: Papirus, 1998.

Neves, C. E., & Martins, C. B. (2014). Ensino superior no Brasil: uma visão abrangente. Repositório IPEA. http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/9061/1/Ensino%20superior%20no%20Brasil.pdf

Neves, A. B., & Ramos, C. F. (2001). A Imagem Das Instituições De Ensino Superior E Qualidade Do ensino de graduação: a percepção dos acadêmicos do curso de administração. Encontro nacional dos cursos de graduação em administração, 12, São Paulo.

Nicollini, A. (2003). Qual será o futuro das fábricas de administradores? Revista de administração de Empresas. São Paulo. 43(2), 44-54.

Nogueira, M. A. (2004). Universidade, Conhecimento E Opinião. https://www.acessa.com/gramsci/?id=38&page=visualizar

Pennington, D. C., Zvonkovic, A. M., Wilson, S. L. (1989). Changes in college satisfaction across an academic term. Journal of College Student Development, Baltimore. 30(6), 528-535.

Pinto, V. R. R., & Motter Junior, M. D. (2012). Uma abordagem histórica sobre o ensino da administração no brasil. Revista do Pensamento Contemporâneo em Administração. Rio de Janeiro. 6(4), 1-28.

Prodanov, C. C., & Ernani C. F. (2013). Metodologia do trabalho cientifico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. (2a ed.), Feevale.

Richardson, R. (2007). Pesquisa social: métodos e técnicas. (3a ed.) Atlas.

Schleich, A. L. R. (2006). Integração na educação superior e satisfação acadêmica de estudantes ingressantes e concluintes. (Dissertação de mestrado). Universidade Estadual de Campinas. São Paulo: Campinas, 182 p.

Schreiner, L. A. (2009). Linking Student Satisfaction And Retention. In. Noel-Levitz.

Silva, A. C. da. (2001). Alguns problemas do nosso ensino superior. Estudos Avançados. São Paulo. 15(42), 269-293.

Soares, A. P. C., Vasconcelos, R. M., & Almeida, L. S. (2002). Adaptação E Satisfação Na Universidade: Apresentação e validação do Questionário de Satisfação Acadêmica. Contextos e dinâmica da vida acadêmica, Guimarães: Universidade do Minho, 153-156.

Souza, S. A., & Reinert, J. N. (2010). Avaliação de um curso de ensino superior através da satisfação/insatisfação discente. Revista da Avaliação da Educação Superior. Campinas. 15(1), 159-176.

Stallivieri, L. O sistema de ensino superior do Brasil: características, tendências e perspectivas. Universidade de Caxias do Sul. Rio Grande do Sul: 2006. https://www.ucs.br/site/midia/arquivos/sistema_ensino_superior.pdf .

Published

02/01/2021

How to Cite

MEDEIROS, M. J. V. .; MACRI, L. M. S. R. . Research on the level of academic satisfaction in the CAMEAM-UERN administration course. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e4310111472, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11472. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11472. Acesso em: 27 jan. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences