The training of Nursing graduates and their strangeness in the world of health work

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.11558

Keywords:

Nursing education; Students; Curriculum; Work.

Abstract

Objective: To analyze the impact of academic-pedagogical actions on the formation of Nursing students to act in the world of work. Method: This was a qualitative study, conducted at two federal universities in Rio de Janeiro. Forty-three graduates participated, and a semistructured interview script was applied to them from June to September 2016. For data processing, we opted for lexical/textual analysis, using the software IRAMUTEQ (Interface de R pour les Analyses Multidimensionnelles de Textes et de Questionnaires), allowing two types of interpretation of results: frequency and word network. Results: Two themes were captured: practical experiences and the protagonism of the residency course; and weaknesses of the formation. Conclusion: It was found that the theory-practice relationship needs to be strengthened, and must happen in an articulated manner, through successive approximations with the working reality, going through a growing experience that allows deepening the experiences of being a nurse.

Author Biographies

Shino Shoji, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Enfermeira do Hospital Universitário Clementino Fraga Filho, da Universidade do Federal do Rio de Janeiro.

Djynnana de Azevedo Avena, Petrobras Petróleo Brasileiro

Enfermeira. Mestre em Saúde Coletiva. Profissional de Nível Superior Sênior. Enfermeira da Petrobras Petróleo.

Eloá Carneiro Carvalho, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora adjunta do Departamento de Enfermagem em Saúde Pública da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Samira Silva Santos Soares, Universidade Federal do do Rio de Janeiro

Doutoranda em Enfermagem pela Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Professora (substituta) do Departamento de Enfermagem Fundamental da Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Thereza Christina Mó y Mó Loureiro Varella, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Doutora em Saúde Coletiva. Professora Associada do Departamento de Enfermagem em Saúde Pública da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. 

Sheila Nascimento Pereira de Farias , Universidade Federal do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora associada do Departamento de Enfermagem em Saúde Pública da Escola de Enfermagem Anna Nery da Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Karla Biancha Silva de Andrade, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Professora adjunta da Faculdade de Enfermagem da UERJ. Departamento médico cirúrgico. Enfermeira intensivista do INCA.

Sandra Regina Maciqueira Pereira, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Enfermeira. Professora adjunta da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

Norma Valéria Dantas de Oliveira Souza, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Enfermeira. Doutora em Enfermagem. Professora titular do Departamento de Enfermagem médico-cirurgico da Faculdade de Enfermagem da Universidade do Estado do Rio de Janeiro.

References

Alves, I. S. G., & Silva, J. M. O. (2019). Vivência de uma acadêmica de enfermagem durante o estágio supervisionado na maternidade de alto risco. GepNews, 2(2), 218-223. Recuperado de http://www.seer.ufal.br/index.php/gepnews/article/viewFile/7903/5741

Chrizostimo, M. M., & Brandão, A. A. P. (2015). A formação profissional do enfermeiro: 'estado da arte'. Enfermería Global, (40),430-445. Recuperado de http://revistas.um.es/eglobal/article/viewFile/208841/181721

Correa, G. C. (2015). Definição e desenvolvimento de competências: um paradigma no processo estratégico. Estudos do CEPE, 39(67),103-116. doi: http://dx.doi.org/10.17058/cepe.v0i41.6294

Costa, M. C. G., Francisco, A. M., & Hamamoto, C. G. (2019, junho). Metodologia ativa e currículo: uma avaliação dos egressos de um curso de Enfermagem. Atas do Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa - CIAIQ. Lisboa, Portugal, 8. Recuperado de https://proceedings.ciaiq.org/index.php/CIAIQ2019/article/view/2185

Dejours, C. (2007). Psicodinâmica do trabalho na pós-modernidade. In A. M. Mendes, S. C. C. Lima, & E. P. Facas (Orgs), Diálogos em psicodinâmica do trabalho (pp. 13-26). Brasília: Paralelo 15.

Fettermann, F. A., Nietsche, E. A., Terra, M.G., Salbego, C., Torres, O. M., & Ramos, T. K. (2018). VER-SUS project: Influences on the training and performance of nurses. Revista Brasileira de Enfermagem, 71(6):2922-2929. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2017-0868

Justo, A. M., & Camargo, B. V. (2014). Estudos qualitativos e o uso de softwares para análises lexicais. In C. Novikoff, S. R. M. Santos, & O. B. Mithidieri (Orgs.). Caderno de artigos: X SIAT & II Serpro. Rio de Janeiro: Unigranrio.

Kami, M. T. M., Larocca, L. M., Chaves, M. M. N., Lowen, I. M. V., Souza, V. M. P., & Goto, D. Y. N. (2016). Trabalho no consultório na rua: uso do software IRAMUTEQ no apoio à pesquisa qualitativa. Escola Anna Nery, 20(3),e20160069. doi: http://dx.doi.org/10.5935/1414-8145.20160069

Machado, V. B., Antonio, P. S., Andrade, J., Bolina, A. F., Santos, P. H. F., & Paranagua, T. T. B. (2019, junho). Percepção dos docentes acerca das competências desenvolvidas pelos egressos de enfermagem por meio do ensino simulado: um estudo qualitativo. Atas do Congresso Ibero-Americano em Investigação Qualitativa - CIAIQ. Lisboa, Portugal, 8. Recuperado de https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/35185/1/ARTIGO_PercepcaoDocentesAcercaCompetencias.pdf

Marques, M., Santos, D. F., Petersen, M. E. O., & Fidauza, M. G. (2018). A importância da educação continuada na socialização do novo profissional de enfermagem. Revista Inova Saúde, 8(2). doi: http://dx.doi.org/10.18616/inova.v8i2.2468

Mattia, B. J., Kleba, M. E., & Prado, M. L. (2018). Nursing training and professional practice: an integrative review of literature. Revista Brasileira de Enfermagem, 71(4),2039-2049. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0504

Püschel, V. A. A., Costa, D., Reis, P.P., Oliveira, L. B., & Carbogim, F.C. (2017). Nurses in the labor market: professional insertion, competencies and skills. Revista Brasileira de Enfermagem, 70(6),1220-1226. doi: http://dx.doi.org/10.1590/0034-7167-2016-0061

Silva, B. A., Peres, C. R. F. B., Pio, D. A. M., Marin, M. J. S., & Otani, M. A. P. (2019). Estudantes de enfermagem e medicina inseridos na prática profissional: percepção de equipes. Revista Psicologia, Diversidade e Saúde, 8(3),298-308. doi: http://dx.doi.org/10.17267/2317-3394rpds.v8i3.2395

Silva, L. M., Santana, T. C. P., Silva, L. R. F. G., Rocha, L. M., Canhoto, C. T.S., Dantas, K. L., Silva, A. C. F. A., Silva, E. V., Melo, M. I. B., Silva, R. M., Figueira, M. C. S., Siqueira, R. M., Martins, M. R. R., Silva, S. L., & Oliveira, C. R. (2019). Estágio curricular supervisionado: dificuldades e perspectivas vivenciadas por acadêmicos de enfermagem. Revista Eletrônica Acervo Saúde, (18),e662. doi: https://doi.org/10.25248/reas.e662.2019

Souza, M. A. R., Wall, M. L., Thuler, A. C. M. C., Lowen, I. M. V., & Peres, A. M. (2018). O uso do software IRAMUTEQ na análise de dados em pesquisas qualitativas. Revista da Escola de Enfermagem da USP, 52,e03353. doi: http://dx.doi.org/10.1590/S1980-220X2017015003353

Viana, M. A. S., Fortuna, C. M., Borges, F. A., Gatto, J. R., Jr., Matumoto, S., & Clapis, M. J. (2016). Analysis of attitudinal assessment in the education of mid-level nursing professionals. Revista Eletrônica de Enfermagem, 18,e1200. doi: http://dx.doi.org/10.5216/ree.v18.41632

Winters, J. R. F., Prado, M. L., & Heidemann, I. T. S. B. (2016). A formação em enfermagem orientada aos princípios do Sistema Único de Saúde: percepção dos formandos. Escola Anna Nery, 20(2),248-253. doi: https://doi.org/10.5935/1414-8145.20160033

Zhou, W., He, G., Wang, H., He, Y., Yuan, Q., & Liu, D. (2015). Job dissatisfaction and burnout of nurses in Hunan, China: A cross-sectional survey. Nursing & Health Sciences, 17(4),444-450. doi: https://doi.org/10.1111/nhs.12213

Published

07/01/2021

How to Cite

SHOJI, S.; AVENA, D. de A.; CARVALHO, E. C.; SOARES, S. S. S. .; VARELLA, T. C. M. y M. L.; FARIAS , S. N. P. de; ANDRADE, K. B. S. de .; PEREIRA, S. R. M.; SOUZA, N. V. D. de O. The training of Nursing graduates and their strangeness in the world of health work . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e18110111558, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.11558. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/11558. Acesso em: 19 jan. 2021.

Issue

Section

Health Sciences