The design process in teacher development for the evaluation of digital educational material in school setting

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i8.1220

Keywords:

Evaluation of digital educational material; Teacher development in school setting; Digital technologies.

Abstract

This study aims to analyze the design process in continued teacher development to encourage the evaluation of digital educational material. The methodology used in the study was Design-Based Research (DBR) from three stages: diagnosis, intervention and analysis. The results of the combined stages point to design principles, which can contribute to establish a design for teacher development. Hence, they also suggest that the evaluation of digital educational material conducted by teachers can be a "core point" in the development process.

References

Almeida, M. E. B. (2000). O computador na escola: contextualizando a formação de professores. Praticar a teoria, refletir a prática. 265 f. Tese (Doutorado) – Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo.

São Paulo.

Almeida, M. E. B. (2004). Inclusão digital do professor: formação e prática pedagógica. São Paulo: Articulação.

Almeida, M. E. B. (2005). Educação, projetos, tecnologia e conhecimento. 2. ed. São Paulo: Proem.

Almeida, M. E. B., & Prado, M.E.B. (2007). Design educacional contextualizado na formação continuada de educadores com suporte em ambientes virtuais. In: Actas da V Conferência Internacional em Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação (V CHALLENGES). Braga, Portugal: Centro de Competência da Universidade do Minho, 178-190.

Almeida, M. E. B., & Valente, J. A. (2011). Tecnologias e currículo: trajetórias convergentes ou divergentes? São Paulo: Paulus.

Almeida, M. E. B., & Silva, K. A. G. (2014). Formação de professores a distância e as

perspectivas de articulação entre teoria e prática por meio de ambientes on-line. Educar em Revista, Curitiba, Brasil, Edição Especial n. 4, 129-148.

Campos, G. H. B. (1994). Metodologia para avaliação da qualidade de software educacional - Diretrizes para desenvolvedores e usuários. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro.

Cavallo, D. (2003). O Design emergente em ambientes de aprendizagem: descobrindo e construindo a partir do conhecimento indígena. Revista Teoria e Prática da Educação, v. 6, n. 14, 389-406. Disponível em: <http://www.virtual.ufc.br/cursouca/modulo_4_projetos/conteudo/unidade_2/O%20design%20emergente%20em%20ambientes%20de%20aprendizagem.pdf > Acesso em: 21 maio. 2019.

Costa, F. A. (1999). Contributos para um Modelo de Avaliação de Produtos Multimedia Centrado na Participação dos Professores. In: Anais eletrônicos do Simpósio Ibérico de Informática Educativa. Aveiro, Portugal: Universidade de Aveiro.

Fiscarelli, R. B. O. (2008). Material didático: discursos e saberes. Araraquara: Junqueira & Marin.

Gamez, L. (1998). TICESE: Técnica de inspeção de conformidade ergonômica de software educacional. Dissertação de Mestrado. Pós-Graduação em Engenharia Humana, Universidade do Minho, Braga.

Redig, J. Design é metodologia: procedimentos próprios do dia a dia do designer. In:

Coelho, L. A. (Org.). (2006). Design método. Ed. PUC-Rio; Teresópolis: Novas Idéias.

Prado, M. E. B. B. (2003). Educação a distância e formação do professor: redimensionando concepções de aprendizagem. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

Prado, M. E. B. B., & Almeida, M. E. B. Formação de educadores: fundamentos reflexivos para o contexto da educação a distância. In: Valente, J. A., & Bustamante, S. V. (Orgs.). (2009). EAD e reflexão sobre a prática: a formação do profissional reflexivo. São Paulo: Avercamp.

Ramos, J. L. (2010). Portal das escolas: recursos educativos digitais para Portugal. Estudo estratégico. Lisboa: GEPE-ME.

Ramos, J. L.; Teodoro, V. D.; Maio, V. M., Carvalho, J. M.; Ferreira, F. M. (2004). Sistema de avaliação, certificação e apoio à utilização de software para a educação e formação. Cadernos SACAUSEF, Lisboa, Portugal, n. 1, 21-44.

Ramos, J. L.; Teodoro, V. D.; Maio, V. M.; Carvalho, J. M.; Ferreira, F. M. (2011). Recursos educativos digitais: reflexões sobre a prática. Cadernos SACAUSEF. Lisboa, Portugal, n. 7, 11-35.

Reeves, T. C. (2000). Socially responsible educational technology research. Educational

Technology, v. 40, n. 6, 19-28, nov./dez.

Reeves, T. C., & Harmon, S. W. Systematic evaluation procedures for interactive multimedia for education and training. In: Reisman, S. (1996). Multimedia computing: preparing for the 21st Century. Hershey, PA: Idea Group Publishing, 472-582.

Schlüzen, K. As tecnologias de informação e comunicação na formação inicial do professor: um desafio a ser superado. In: Pinho, S. Z. (Org.). (2009). Formação de educadores: o papel do educador e sua formação. São Paulo: UNESP.

Shaughnessy, M. R. (2002). Educational Software Evaluation: A Contextual Approach. Ohio Thesis Doctorate of Philosophy. Department of Germanic Languages and Literatures, McMicken College of Arts and Sciences, University of Cincinnati, Ohio.

Silva, C. R. O. (2002). MAEP: Um método ergopedagógico interativo de avaliação para produtos educacionais informatizados. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis.

Silva, K. A. G. (2009). Validação participativa de instrumentos avaliativos de software educativo por professores do ensino fundamental e médio. 219 f. Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-Graduação em Design, Universidade Federal do Paraná, Curitiba.

Silva, K. A. G. (2013). Avaliação de material didático digital na formação continuada de professores do ensino fundamental: uma pesquisa baseada em design. Tese de Doutorado. Programa de Pós-Graduação em Educação: Currículo, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo.

Silva, K. A. G., & Costa, A. P. (2019). Processo de escolher/avaliar materiais didáticos digitais: concepções e implicações de professores. Revista EDaPECi, São Cristóvão (SE), v.19, n.1, 121-136, jan./abr.

Silva, K. A. G., & Paniago, M. C. L. (2018). Escolher/avaliar materiais didáticos digitais: concepções de professores e implicações em suas práticas docentes. Renote, v. 16, n 2, dezembro.

Schön, D. A. Formar professores como profissionais reflexivos. In: Nóvoa, A. (1995). Os

professores e a sua formação. Lisboa: Publicações D. Quixote.

Schön, D. A. (2000). Educando o profissional reflexivo: um novo design para o ensino e a

aprendizagem. Porto Alegre: Artes Médicas Sul.

Squires, D., & Preece, J. (1996). Usability and learning: evaluating the potential of educational software. Computer and Education, 1996, v. 27, n. 1, 15-22.

Squires, D., & Preece, J. (1999). Predicting quality in educational software: evaluating for learning, usability and synergy between them. Interacting with Computers, v. 11, n. 5, 467-483.

Valente, J. A. (1993). Computadores e Conhecimento: Repensando a Educação. Campinas: NIED/UNICAMP.

Valente, J. A. Análise dos diferentes tipos de software usados na educação. In: Valente, J. A. (org.). (1999). O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: NIED/UNICAMP, 90-101.

Published

06/06/2019

How to Cite

SILVA, K. A. de G. e; PRADO, M. E. B. B.; DIAS, F. A. da S. The design process in teacher development for the evaluation of digital educational material in school setting. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 8, p. e41881220, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i8.1220. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/1220. Acesso em: 26 sep. 2021.

Issue

Section

Education Sciences