Duval Raymond theory in teaching mathematical functions

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i3.13325

Keywords:

Raymond Duval; Theory of Semiotic Representation Records; Function; Teaching.

Abstract

The teaching of mathematics requires from the teacher methods that reach all students and make them an active subject in learning, it is up to the teacher to find ways to facilitate the process of acquiring knowledge. Based on this, the objective is to seek to disseminate the Theory of Semiotic Representation Records developed by the Frenchman Raymond Duval and present his contributions to the teaching of functions. This research is of a qualitative nature and is configured as a bibliographic survey where the studies of Raymond Duval were used. The two main research topics are: the theory of semiotic representation records, where Duval's career, his contribution to the Mathematics Teaching Research Institute - IREM and his theory are discussed. The second topic, teaching function according to Duval's theory, presents the use of his theory in teaching function and the types of approach to this content. Thus, the global interpretation of figurative properties approach is the most efficient and allows to increase the student's potential.

References

Brasil. Ministério da Educação (2018). Base Nacional Comum Curricular: educação é a base. Brasília.

Duval, R.(2011). Gráficos e equações: a articulação de dois registros. Graphiques et équations: L’articulation de deux registres (M. T. Moretti, Trad.). Revista Eletrônica de Educação Matemática, 6(2), 96-112. doi: 10.5007/1981-1322.2011v6n2p96

Duval, R. (2009). Semiósis e pensamento humano: registros semióticos e aprendizagens intelectuais (L.F. Levy & M.R.A. Silveira, Trad.). São Paulo: Livraria da Física.

Duval, R. (2018). Como analisar a questão crucial da compreensão em Matemática? (M. T. Moretti, Trad.). Revista Eletrônica de Educação Matemática, 13(2), 1-27. doi: 105007/1981-1322.2018v13n2p01

Duval, R. (2012a). Registros de representação semiótica e funcionamento cognitivo do pensamento. Registres de représentationsémiotique et fonctionnementcognitif de lapensée (M. T. Moretti, Trad.). Revista Eletrônica de Educação Matemática, 7(2), 266-297. doi: 10.5007/1981-1322.2012v7n2p266.

Duval, R. (2012b). Diferenças semânticas e coerência matemática: introdução aos problemas de congruência. Écartssémantiques et cohérencemathématique: introductionauxproblèmes de congruence (M. T. Moretti, Trad.). Revista Eletrônica de Educação Matemática, 7(1), 97-117. doi: 10.5007/1981-1322.2012v7n1p97

Ferreira, G. S. (2016). Função Quadrática: uma abordagem à luz da Teoria dos Registros de Representação Semiótica. In 20º Encontro Brasileiro de Estudantes de Pós-Graduação em Educação Matemática. Curitiba.

Freitas, J. L. M., & Rezende, V. (2013). Entrevista: Raymond Duval e a teoria dos registros de representação semiótica. Revista Paranaense de Educação Matemática, 2(3), 10-34. Obtido de: http://www.fecilcam.br/revista/index.php/rpem/article/view/963

Gil, A.C. (2019). Como elaborar projetos de pesquisa (6ª ed.). São Paulo: Atlas.

Henriques, A., & Almouloud, S. A. (2016). Teoria dos registros de representação semiótica em pesquisas na Educação Matemática no Ensino Superior: uma análise de superfícies e funções de duas variáveis com intervenção do software Maple. Ciência & Educação, 22(2), 465-487. doi:10.1590/1516-731320160020012

Kiefer, J. G., et al. (2020). Questões de Matemática em provas de ingresso ao Colégio Politécnico da Universidade Federal de Santa Maria (2015-2020): uma análise a partir dos registros de representação semiótica. Research, Society and Development, 9(11), 1-18. doi: 10.33448/rsd-v9i11.10177

Lourenço, E. H., & Oliveira, P. C. (2019). Articulação e coordenação das representações algébrica e gráfica da função quadrática. Revista Insignare Scientia-RIS, 2(4), 238-257. Obtido de: https://periodicos.uffs.edu.br/index.php/RIS/article/view/11068

Mattos, S.M.N. (2020). Conversando sobre a metodologia da pesquisa científica. Porto Alegre: Editora Fi.

Moretti, M. T. (2002). O papel dos registros de representação na aprendizagem de matemática. Revista Contrapontos, 2(3), 343-362. Obtido de: https://siaiap32.univali.br/seer/index.php/rc/article/view/180

Pelho, E.B.B. (2003). Introdução ao conceito de função: a importância da compreensão das variáveis. [Dissertação de mestrado, Introdução ao Conceito de Função: A importância da compreensão das variáveis]. Biblioteca Digital de Teses e Dissertações da PUC-SP.

Pereira, A. S. et al. (2018). Metodologia da Pesquisa Científica. Santa Maria: Ed. UAB/NTE/UFSM.

Prodanov, C. C., & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do trabalho científico: métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico (2ª ed.). Novo Hamburgo: Editora Feevale.

Thiel, A. A. (2013). Práticas matemáticas no plano cartesiano: um estudo da coordenação de registros de representação. [Tese de doutorado, Universidade Federal de Santa Catarina]. Repositório Institucional da UFSC. Obtido de: https://repositorio.ufsc.br/xmlui/handle/123456789/122890

Published

15/03/2021

How to Cite

RIBEIRO JUNIOR, O. A.; VIEIRA, B. M. .; COSTA, R. G. da . Duval Raymond theory in teaching mathematical functions . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 3, p. e27310313325, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i3.13325. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/13325. Acesso em: 17 apr. 2021.

Issue

Section

Exact and Earth Sciences