Analysis of the insertion of priority family farmers in public calls for school food

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14028

Keywords:

School Feeding ; Sustainable Agriculture; Human Right to Adequate Food; Food and nutrition security.

Abstract

Introduction: Law nº 11.947/2009 required the application of at least 30% of the funds transferred by the federal government, in the purchase of food from Family Agriculture (AF) for school meals, originating, preferably, from the local level, prioritizing the vulnerable communities, with organic and agroecological genera and groups of suppliers with formal participation. Objective: the present study carried out a historical series of Public Calls (PC), observing the occurrence of the acquisition of foodstuffs according to the prioritization criteria established in the PNAE legislation in the municipality of São Cristóvão/SE. Methodology: This is a case study, with documentary analysis. PC and sales contracts related to the acquisition of AF products in the period from 2010 to 2020 were analyzed. Results: Contrary to the Law, it was evident that throughout the decade of study, family farmers living in the municipality had less participation in the PC than the others outside the local territory. There was less participation of vulnerable communities in the program and the lack of access for producers of organic and agroecological products. In accordance with the legislation, there was a greater participation of formal groups of farmers in all PC processes. Conclusion: Intersectoral actions are necessary to facilitate access and ensure the participation of these groups in PCs, so that the program, as a public policy, guarantees food and nutrition security for schoolchildren and local communities.

References

Aguiar, J. A., & Calil, R. M. (2018). Análise da adequação normativa de chamadas Públicas para compra de alimentos dos agricultores familiares destinados ao Programa Nacional de Alimentação escolar (PNAE). Hig Aliment, 32, (278/279), 22-29.

Alexandre, V. P., Gomes, L. O. F., Silva, S. U, Almeida, G. M., Martins, K. A., Monego, E. T., Sousa, L. M., Campos, M. R. H. (2016). Do campo à escola: compra de alimentos da agricultura familiar pelo Programa Nacional de Alimentação Escolar em Territórios da Cidadania de Goiás. Segur Alim Nutric, 23, 1049-1064.

Amorin, A. L. B., Ribeiro-Junior, J. R. S., Bandoni, D. R. (2020). Programa Nacional de Alimentação Escolar: estratégias para enfrentar a insegurança alimentar durante e após a COVID-19. Revista De Administração Pública, 54(4):1134-1145.

Andrade, J. C., Araujo, M. A., Santos, P. V. S. (2019). Estudo sobre aquisição de alimentos da agricultura familiar para o programa nacional de alimentação escolar. Gestão e Socied., 13(36), 3062-3089.

Assis, T. R. P., França, A. G. M., Coelho, A. M. (2019). Agricultura familiar e alimentação escolar: desafios para o acesso aos mercados institucionais em três municípios mineiros. Rev de Econ Sociol Rural, 57(4), 577-593.

Baccarin, J. P., Triches, R. M., Teo, R. P. A., Silva, D. B. P. (2017). Indicadores de Avaliação das Compras da Agricultura Familiar para Alimentação Escolar no Paraná, Santa Catarina e São Paulo. Rev Econ Sociol Rural, 55(1), 103-122.

Brito, T. P., Pereira VG, Santos AP. (2018). Os limites, desafios e Potencialidades da agricultura Familiar no PNAE em municípios Atingidos pela mineração. Retratos de Assentados, 21(2), 192-224.

Castellani, A. L. A., Trentini, T., Nishida, W., Rossi, C. E., Costa, L. C. F., Vasconcelos, F. A. G. (2017). Purchase of family farm and organic foods by the Brazilian School Food Program in Santa Catarina state, Brazil. Rev Nutri, 30(5), 651-662.

Costa, S. L. (2016). Áreas protegidas e assentamentos rurais em sergipe: sob o enfoque do princípio constitucional do desenvolvimento sustentável (Tese de Doutorado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, Brasil.

Cunha, W. A. (2015). Efeitos dos programas governamentais de aquisição de alimentos para a agricultura familiar no contexto local. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Viçosa (UFV). Viçosa (MG), Brasil.

Cunha, W. A., Freitas, A. F., Salgado, R. J. S. F. (2017). Efeitos dos Programas Governamentais de Aquisição de Alimentos para a Agricultura Familiar em Espera Feliz, MG. Rev Econ Soc Rural, 55(3), 427-444.

Dorneles, F. M., Mainardi, C. F., Bettencourt, A. F., Pires, R. G., Simões, F. S. B., Nascimento, S. G. S. N. (2018). Panorama da aquisição de alimentos da Agricultura Familiar para o Programa Nacional de Alimentação Escolar em um município do Rio Grande do Sul. ECoDAF, 4(1), 86-101.

Flick, U. (2009). Introdução à pesquisa qualitativa. Artmed, 3, 402.

Gonçalves, H. V. B., Cunha, D. T., Stedefeldt, E., Rosso, V. V. (2015). Family farming products on menus in school feeding: a partnership for promoting healthy eating. Ciência Rural, 45(12), 2267-2273.

Gregolin, M. R. P, Santos, C. S., Felippini, M. L., Mateus, M. A. F., Christoffo, P. I. (2017). Potencialidades e Fragilidades do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE no Território Cantuquiriguaçu (PR). Conexao UEPG, 13(3), 548-567.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2018). Trabalho e rendimento. Rio de janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2003). Mapa de pobreza e desigualdade. Rio de janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2010). Censo demográfico. Rio de Janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2010). Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDHM). Rio de Janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2017). Censo Agropecuário de 2017. Rio de Janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2018). Produto Interno Bruto (PIB). Rio de Janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2019). Produção Agrícola Municipal. Rio de Janeiro: Autor.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. (2020). Estimativas da população residente com data de referência de julho de 2017. Rio de Janeiro: Autor.

Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária. (2017). Incra nos Estados: Informações gerais sobre os assentamentos da Reforma Agrária. Sergipe: Autor.

Instituto Nacional De Colonização E Reforma Agrária. (2017). Relação de Beneficiários do Programa Nacional de Reforma Agrária (PNRA). Sergipe: Autor.

Leal, S. C. T. O. (2013). Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e a Disputa territorial em torno da luta pela/na terra no pontal do Paranapanema – SP (Monografia). Faculdade De Ciências E Tecnologia, Presidente Prudente, Brasil.

Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009. (2009). Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar e do Programa Dinheiro Direto na Escola aos alunos da educação básica. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_Ato2007-2010/2009/Lei/L11947.htm

Lei nº 12.527, De 18 De Novembro De 2011. (2011). Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5º, no inciso II do § 3º do art. 37 e no § 2º do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei nº 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei nº 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei nº 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm#:~:text=Regula%20o%20acesso%20a%20informa%C3%A7%C3%B5es%20previsto%20no%20inciso%20XXXIII%20do%20art.&text=216%20da%20Constitui%C3%A7%C3%A3o%20Federal%3B%20altera,1991%3B%20e%20d%C3%A1%20outras%20provid%C3%AAncias.

Lei nº 13.987, de 7 de abril de 2020. (2020) Altera a Lei nº 11.947, de 16 de junho de 2009, para autorizar, em caráter excepcional, durante o período de suspensão das aulas em razão de situação de emergência ou calamidade pública, a distribuição de gêneros alimentícios adquiridos com recursos do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) aos pais ou responsáveis dos estudantes das escolas públicas de educação básica. Brasília, DF. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/lei-n-13.987-de-7-de-abril-de-2020-251562793?inheritRedirect=true&redirect=%2Fweb%2Fguest%2Fsearch%3FqSearch%3D13.987%252C%2520de%25207%2520de%2520abril%2520de%25202020. Acesso em 25 de dez. 2020.

Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993. (1993). Regulamenta o art. 37, inciso XXI, da Constituição Federal, institui normas para licitações e contratos da Administração Pública e dá outras providências. Brasília, DF. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l8666cons.htm. Acesso em 25 nov. 2019.

Marques, A. A., Fernandes, M. G. M., Leite, I. N., Viana, R. T., Gonçalves, M. C., Carvalho, A. T. (2014). Reflexões de agricultores familiares sobre a dinâmica de fornecimento de seus produtos para a alimentação escolar: o caso de Araripe, Ceará. Saude soc. [online], 23 (4), 1329-1341.

Messias, S. L. (2018). A chamada pública como alternativa à licitação: seu uso na quisição de produtos da agricultura familiar para a alimentação escolar (Dissertação de Mestrado). Faculdade de Ciências Humanas e Sociais, Franca, Brasil.

Ministério do Desenvolvimento Agrário. (2018). Agricultura familiar do Brasil é 8ª maior produtora de alimentos do mundo. Brasil: Autor. Disponível em: http://www.mda.gov.br/sitemda/noticias/agricultura-familiar-do-brasil-%C3%A9-8%C2%AA-maior-produtora-de-alimentos-do-mundo.

Mossmann, M. P., Teo, C. R. P. A., Busato, M. A., Triches, R. M. (2017). Interface between family farming and school feeding: barriers and coping mechanisms from the perspective of different social actors in Southern Brazil. Rev Econ Soc Rural, 55(2), 325-342.

Noronha, A. P. (2013). O acesso dos agricultores familiares prioritários ao Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE): o caso do município de Capão do Leão, RS (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Pelotas, Pelotas, Brasil.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Universidade Federal de Santa Maria. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia-Pesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Prodanov, C. C., & Freitas, E. C. (2013). Metodologia do Trabalho científico (recurso eletrônico): métodos e técnicas da pesquisa e do trabalho acadêmico. Novo Hamburgo, Feevale.

Resolução CD/FNDE/MEC nº 2, de 9 de abril de 2020. (2020). Dispõe sobre a execução do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE) durante o período de estado de calamidade pública, reconhecido pelo Decreto Legislativo nº 6, de 20 de março de 2020, e da emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do novo coronavírus (Covid-19). Brasília, DF.

Resolução do Conselho Deliberativo do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação n.º 4, de 3 de abril de 2015. (2015). Altera a redação dos artigos 25 a 32 da Resolução/CD/FNDE n.º 26, de 17 de junho de 2013, no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Brasília, DF. Disponível em: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/alimenatacao_escolar/resolucao042015_ceae.pdf.

Resolução nº 10, de 17 de outubro de 2018. Dispõe sobre soluções garantidoras de direitos humanos e medidas preventivas em situações de conflitos fundiários coletivos rurais e urbanos. Disponível em: https://www.in.gov.br/web/dou/-/resolucao-n-10-de-17-de-outubro-de-2018-46888055 Acesso em 11 dez. 2020.

Resolução nº 6, de 8 de maio de 2020. (2020). Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. Brasília, DF. Disponível em: https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/resolucao-n-6-de-8-de-maio-de-2020-256309972.

Resolução/CD/FNDE nº 26, de 17 de junho de 2013. (2013). Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no âmbito do Programa Nacional de Alimentação Escolar – PNAE. Brasília, DF. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/index.php/acesso-a-informacao/institucional/legislacao/item/4620-resolu%C3%A7%C3%A3o-cd-fnde-n%C2%BA-26,-de-17-de-junho-de-2013 Acesso em: 09 dez. 2019.

Resolução/CD/FNDE nº 38, de 16 de julho de 2009. (2009). Dispõe sobre o atendimento da alimentação escolar aos alunos da educação básica no Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). Diário Oficial da União, 2009. Disponível em: https://www.fnde.gov.br/index.php/acesso-a-informacao/institucional/legislacao/item/3341-resolu%C3%A7%C3%A3o-cd-fnde-n%C2%BA-38-de-16-de-julho-de-2009 Acesso em: 12 set. 2019.

Rockett, F. C., Corrêa, R. S., Pires, G. C., Machado, L. S., Hoerlle, F. S., Souza, C. O. M., Oliveira, A. B. A. (2019). Family farming and school meals in Rio Grande do Sul, Brazil. Ciência Rural, 49(2), 1-12.

Rodrigues, R., Siqueira, H. M., Biancardi, C. C. S., Andrade, M. A. N., Valente, M. V., Paula, L. B. (2017). A aquisição de alimentos da agricultura familiar pelo PNAE no município de Alegre-ES. Demetra, 12(1), 91-112.

Santos, A. C. (2018). Diagnóstico situacional e proposta para a implementação do sistema nacional de segurança alimentar e nutricional em São Cristóvão, Sergipe. (Dissertação de Mestrado). Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, Brasil.

Santos, C. O., & Souza, R. M. (2014). Territórios produtivos da agricultura orgânica em Sergipe. Revista de Geografia (UFPE). 31 (1), 58-72.

Santos, F., Fernandes, P. F., Rockett, F. C., Oliveira, A. B. A. (2014). Avaliação da inserção de alimentos orgânicos provenientes da agricultura familiar na alimentação escolar, em municípios dos territórios rurais do Rio Grande do Sul, Brasil. Ciênc. saúde coletiva 2014, 19(5), 1429-1436.

Saraiva, E. B., Silva A. P. F., Sousa, A. A., Cerqueira, G. F., Chagas, C. M. S., Toral, N. (2013). Panorama da compra de alimentos da agricultura familiar para o Programa Nacional de Alimentação Escolar. Ciênc Saúde Colet, 18(4), 927-935.

Silva, A. P. F., Souza, A. A. (2013). Alimentos orgânicos da agricultura familiar no Programa Nacional de alimentação Escolar do Estado de Santa Catarina, Brasil. Rev Nutr, 26(6), 701-714.

Silva, L. R. C., Damaceno, A. D., Martins, M. C. R., Sobral, K. M., Farias, I. M. S. (2009, outubro). Pesquisa Documental: Alternativa Investigativa na Formação Docente. Trabalho apresentado no IX Congresso Nacional de educação, Paraná.

Silva, S. SA., Alves J., A., Freitas, A. F., FREITAS, A. F. (2017). A interface entre alimentação escolar e agricultura familiar em Jampruca e Mathias Lobato, Minas Gerais (Brasil). Revista Espacios, 38 (46), 1-14.

Sodré, M. T., Salamoni, G. (2016). A coexistência do pensamento cartesiano e sistêmico: As limitações territoriais enfrentadas pelo PAA e PNAE em Pelotas/RS. Socied Nat., 28 (3), 457-471.

Souza, L. B. B. (2012). Organizações da agricultura familiar no Estado de São Paulo e sua experiência de fornecimento para o PNAE. In: Corá MAJ, Belik W, (org). Projeto Nutre SP - análise da inclusão da agricultura familiar na alimentação escolar no estado de São Paulo (p.29-45). São Paulo, SP: Instituto Via Pública.

Souza-Esquerdo, V. F., Bergamasco, S. M. P. P. (2014). Análise sobre o acesso aos programas de políticas públicas da agricultura familiar nos municípios do Circuito das Frutas (SP). Rev Econ Soc Rural, 52(1), 205-222.

Triches, R. M., Barbosa, L. P., Silvestri, F. (2016). Agricultura Familiar e Alimentação Escolar no Estado do Paraná: uma análise das chamadas públicas. Rev paranaense de desenvolvimento, 37(130), 29-43.

Triches, R. M., Schneider S. (2010). Alimentação escolar e agricultura familiar: reconectando o consumo à produção. Saúde Soc., 19 (4), 933-45.

Triches, R. M., Simonetti, M. G., Cessarino, J. P., Baccarin, J. G., Teo, C. R. P. A. (2019). Condicionantes e limitantes na aquisição de produtos da agricultura familiar pelo Programa de Alimentação Escolar no estado do Paraná. Redes, 24(1), 118-137.

Ventura, M. M. (2007). O Estudo de Caso como Modalidade de Pesquisa. Rev SOCERJ, 20(5), 383-386.

Vilela, K. F., Freitas, A. F., Barbosa, R. A., Salgado, R. J. S. F. (2019). Implementation of the national school nourishment program in the Brazilian Federal institution of Education of Bahia State. Cienc. Rural [online], 49 (9), 1-11.

Published

10/04/2021

How to Cite

OLIVEIRA, C. B. de; PRIORE , S. E. .; SIQUEIRA, R. L. de . Analysis of the insertion of priority family farmers in public calls for school food . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e26610414028, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.14028. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14028. Acesso em: 8 may. 2021.

Issue

Section

Health Sciences