The use of thematic analysis in a continuing education course for teachers about Microbiology

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i4.14109

Keywords:

Methodology; Education; Thematization; Graduation course; Qualitative research.

Abstract

The literature provides a variety of methodological tools for analyzing data collected in a qualitative research with an educational bias. Among the existing proposals we find the method called thematization or thematic analysis, which aims to organize the data collected from the research in a way that allows the best treatment of the findings found in the research, it is worth mentioning that these data are collected through interviews, written materials and oral testimonies. In this way, thematization is a tool that can help systematize the collected material and enable the reader to have a rich and articulate reading. In view of this, this article aims to present a case study, in which thematic analysis was used in the data collected during the delivery of a training course for science teachers in the final years of elementary school, in the cities of Três Rios and Paraíba do Sul (municipalities in the interior of the State of Rio de Janeiro), whose theme was “Workshop of recreational activities for the teaching of Microbiology in Elementary Education”. In this perspective, the work showed that, given the complexity of information collected during the training course, thematization was an instrument that enabled greater reflection and articulation with the theory.

References

Azevedo, T., & Sodré, L. (2014). Bacteriologia na Educação Básica: como este tema é abordado nos livros didáticos?. Acta Scientiae, 16(3).

Barbosa, F. G., & de Oliveira, N. C. (2015). Estratégias para o Ensino de Microbiologia: uma Experiência com Alunos do Ensino Fundamental em uma Escola de Anápolis-GO. Revista de Ensino, Educação e Ciências Humanas, 16(1), 5-13.

Bogdan, R.; Biklen, S. Investigação qualitativa em educação: uma introdução à teoria e aos métodos. Porto, Portugal: Porto Editora, 1994.

Brasil. Parâmetros Curriculares Nacionais (1998). terceiro e quarto ciclos do Ensino Fundamental. Brasília: MEC-Secretaria de Educação Fundamental.

Caetano, G. L. O ensino dos domínios bactéria e archaea nos anos finais do ensino fundamental e a proposição de um jogo acerca desses domínios (2017). Dissertação (Mestrado em Educação, Gestão e Difusão em Biociências) – Universidade Federal do Rio de Janeiro.

Caetano, GL e Pereira, GR (2020). Proposição de um jogo didático acerca dos procariontes para os anos finais do Ensino Fundamental. Research, Society and Development , 9 (9), e348997373-e348997373.

Cândido, M. D. S. C., Santos, M. G., de Medeiros Azevedo, T., & Neto, L. S. (2015). Microbiologia no ensino médio: analisando a realidade e sugerindo alternativas de ensino numa escola estadual Paraibana. Ensino, Saúde e Ambiente, 8(1).

Cassanti, A. C., Cassanti, A. C., Araujo, E. D., & Ursi, S. (2008). Microbiologia democrática: estratégias de ensino-aprendizagem e formação de professores. Revista Conhecer, 9(1), 84-93.

Conceição, D. D. S. S., Braga, J. R. M., & dos Santos Protázio, A. (2020). Análise do conteúdo “animais peçonhentos” nos livros didáticos de Ciências Naturais. EDUCA-Revista Multidisciplinar em Educação, 7(17), 1357-1381.

Contreras, J. (2002). A autonomia de professores. Cortez.

Figueira, S. T. S, & da Fontoura, H. A. (2018). Ensinar e aprender ciências: o que dizem professores?. Revista Areté| Revista Amazônica de Ensino de Ciências, 11(23), 55-62.

Fontoura, H. D. (2011). Tematização como proposta de análise de dados na pesquisa qualitativa. Formação de professores e diversidades culturais: múltiplos olhares em pesquisa. Niterói: Intertexto, 1, 61-82.

Jacobucci, D. F. C., & Jacobucci, G. B. (2009). Abrindo o Tubo de Ensaio: o que sabemos sobre as pesquisas em Divulgação Científica e Ensino de Microbiologia no Brasil. JCOM, 8(2), 1-8.

Jacobucci, D. F. C. (2006). A formação continuada de professores em centros e museus de ciências no Brasil.

Ludke, M., & André, M. (2013). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. (EPU, Ed.), Pesquisa em educação: abordagens qualitativas (2nd ed.).

Martignago, D. C. (2017). Aplicação de um jogo como facilitador na aprendizagem de estudantes do ensino médio sobre evolução biológica.

Martins, G. D. A., & Theóphilo, C. R. (2009). Metodologia da investigação cientifica. São Paulo: Atlas, 143-164.

Medeiros, L. P. et al. Reconhecendo a Microbiologia no nosso dia a dia pelo método PBL por estudantes do ensino médio. Luminária, v. 19, n. 01, 2018.

Minayo, M. C. D. S. (2012). Análise qualitativa: teoria, passos e fidedignidade. Ciência & saúde coletiva, 17, 621-626.

Moresco, T. R., Carvalho, M. S., Klein, V., Lima, A. D. S., Barbosa, N. V., & Rocha, J. D. (2017). Ensino de microbiologia experimental para Educação Básica no contexto da formação continuada. Revista Electrónica de Enseñanza de las Ciencias, 16(3), 435-457.

Pereira, G.R. et al. Formação continuada de professores dos anos iniciais da educação básica: impacto do programa formativo de um museu de ciência a partir do viés crítico reflexivo (2017). Revista Ensaio. Pesquisa em Educação em Ciências. Belo Horizonte, 19(e2470), 1-22.

Rosa, M. D. A., & dos Santos, J. V. A. (2013). O uso do livro didático nas aulas de ciências: alguns apontamentos com base em textos da área. Encontro Regional de Ensino de Biologia, 5.

Silva, M., & Bastos, S. N. D. (2012). Formação continuada de professores: o ensino da microbiologia através de recursos pedagógicos alternativos. Encontro Nacional de Ensino de Ciências da Saúde e do Ambiente, 3.

Toledo, A. G., Poersch, K. M., do Nascimento, J. E., & de Lima, B. G. T. (2015). Estudo da microbiologia e sua relação no cotidiano do aluno a partir da temática saúde. Ensino, Saude e Ambiente, 8(2).

Tortora, G. J., Case, C. L., & Funke, B. R. (2016). Microbiologia-12ª Edição. Artmed Editora.

Veloso, C., & Sobrinho, J. A. D. C. M. (2017). Contribuições da formação continuada na ótica do professor de Ciências Naturais. Retratos da Escola, 11(20), 309-321.

Published

09/04/2021

How to Cite

CAETANO, G. L. .; CARLETTI, C.; ALVES , G. H. V. S. .; HENRIQUE JÚNIOR , S. de S. .; PEREIRA, G. R. The use of thematic analysis in a continuing education course for teachers about Microbiology. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 4, p. e24210414109, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i4.14109. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/14109. Acesso em: 16 may. 2021.

Issue

Section

Education Sciences