The records of public instruction classes in the Cidade do Príncipe in the Provincial Reports from 1870 to 1889: an eye on the Seridó school education

Authors

  • Gillyane Dantas dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v5i4.143

Keywords:

Public Instruction; Prince City; Education.

Abstract

The aim of this paper is to present a sample about the public instruction in Cidade do Príncipe, based on the information made available in the Provincial Reports of the Rio Grande do Norte in the corresponding period from 1870 to 1889, the final years of the Empire. Methodologically we performed a bibliographical research, studying the writings of classics authors of history as Demerval Saviani and José Ricardo Pires de Almeida; authors that studied the Seridó region in its different aspects, including the educational, as Muirakytan K. de Macêdo, Olavo Medeiros Filho and Olívia Medeiros Neta/ theses and dissertations; other written sources as the Law and Provincial Reports. From this bibliographical and sources survey, the data were crossed and this allowed us a perception, although initial, of the school educational scenario in Seridó. In this survey it was possible understand that the trigger of the public instruction in the region was still something little encouraged in face of the found records in the Reports. Therefore, the first impressions realized highlight that the education in the region of Cidade do Príncipe in the studied period was still mainly based on teaching the precepts of moral and Christian doctrine.

References

ALMEIDA, José Ricardo Pires de. Instrução pública no Brasil (1500-1889). Trad. Antonio Chizzotti. 2 ed. São Paulo: EDUC, 2000.

BASTOS, M. H. C. “O ensino mútuo no Brasil (1008-1827)”. In: BASTOS, M. H. C. e FARIA FILHO, L. M. (orgs). A Escola elementar no século XIX: o método monitorial/mútuo. Passo FundoRS: Ediupf, 1999, p. 95-118.

BRASIL. Lei de 15 de outubro de 1827. Manda criar escolas de primeiras letras em todas as cidades, vilas e lugares mais populosos do Império. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/LIM/LIM-15-10-1827.htm>. Acesso em 19 mai. 2017.

BRASIL. Lei nº 16, de 12 de agosto de 1834 (Ato Adicional). Faz algumas alterações e adições à Constituição política do império, nos termos da Lei de 12 de outubro de 1832. In: Constituições brasileiras – 1824. Brasília: Senado Federal; Ministério da Ciência e Tecnologia; Escola de Administração Fazendária, 2001. (Organizador Octaciano Nogueira, v. 1).

BRASIL. Provincial Presidential Reports (1830-1930): Rio Grande do Norte. Disponível em: http://www-apps.crl.edu/brazil/provincial/rio_grande_do_norte. Acessado em 16 mai. 2017.

DEL PRIORE, Mary e VENANCIO, Renato. Uma breve História do Brasil. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2010.

IBGE, Fundação. Recenseamento geral do Império do Brasil, 1872 – vol. 6, 4ª pt, R.J. Biblioteca Nacional, Seção de Livros Raros.

LIBÂNEO, José Carlos. Pedagogia e pedagogos, para quê? 3. ed. São Paulo: Cortez, 2000.

LIMA, Nestor dos Santos. Um século de ensino primário. Typografia d’A República: Natal, 1927.

MACÊDO, Muirakytan Kennedy de. A penúltima versão do Seridó: uma História de Regionalismo Seridoense. Natal: Sebo Vermelho, 2005.

MACÊDO, Muirakytan Kennedy de. Estado das almas: população, família e educação escolar no Rio Grande do Norte colonial (século XVIII). Revista Educação em Questão, Natal, v. 41, n. 27, p. 244-268, jul./dez. 2011.

MACÊDO, Muirakytan Kennedy de. Rústicos Cabedais: patrimônio e cotidiano familiar nos sertões da pecuária (Seridó – Séc. XVIII). Natal, RN: Flor do Sal: EDUFRN, 2015.

MACEDO, Helder Alexandre Medeiros de. Ocidentalização, territórios e populações indígenas no sertão da Capitania do Rio Grande. 2007. 312p. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Natal-RN.

MEDEIROS FILHO, Olavo de. Velhos Inventários do Seridó. Brasília, 1983.

MACEDO, Helder Alexandre Medeiros de. “FREGUESES DA FREGUESIA DA VILA NOVA DO PRINCIPE, D’ONDE SEMPRE FORAM”: identidades territoriais nos sertões do Seridó. In: MACEDO, Helder Alexandre Medeiros de; SANTOS, Rosenilson da Silva (Orgs.). CAPITANIA DO RIO GRANDE: histórias e colonização na América portuguesa. João Pessoa: ideia; Natal: Edufrn, 2013, p. 165-287.

MATTOS, Regina Mendonça Furtado. VILA DO PRÍNCIPE – 1850/1890: SERTÃO DO SERIDÓ – UM ESTUDO DE CASO DA POBREZA. 1985. 155 f. Dissertação (Mestrado em História). Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, 1985.

MEDEIROS FILHO, Pe. João; FARIA, Oswaldo Lamartine de. Seridó – séc. XIX: (fazendas & livros). 2 ed. Rio de Janeiro: Marques Saraiva, 2001.

MEDEIROS NETA, Olívia Morais de. Cidades, sociabilidades e educabilidades: Príncipe, Rio Grande do Norte – século XIX. 2011. 141 f. Tese (Doutorado em Educação). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro de Educação. Programa de Pós-Graduação em Educação, Natal, 2011.

PERROT, Michelle. Minha história das mulheres. São Paulo: Contexto, 2007.

RIBEIRO, Maria Luisa S. História da Educação Brasileira – A organização escolar. 4 ed. Coleção Educ. Univ., São Paulo: Editora Moraes, 1984.

RIO GRANDE DO NORTE. Lei nº 478, de 13 de abril de 1860. Ficam criadas cadeiras de primeiras letras para o sexo feminino nas Vilas de Príncipe, Mossoró e Papari, sendo uma cadeira para cada Vila. In: Coleção de leis, decretos e resoluções provinciais do Rio Grande do Norte. Pernambuco: Typographia M. F. de Faria, 1860.

SANTOS, Gillyane Dantas dos. “Por não saber ler nem escrever”: o que nos revelam os inventários post mortem sobre a educação da mulher oitocentista no Seridó (1870-1880). Monografia (Licenciatura em Pedagogia). Universidade Federal do Rio Grande do Norte. Centro Educacional do Seridó. Departamento de Educação, Caicó, 2016.

SAVIANI, Dermeval. História das idéias pedagógicas no Brasil. 2d.rev. e ampl. Campinas, SP: Autores Associados, 2008.

Published

15/08/2017

How to Cite

SANTOS, G. D. dos. The records of public instruction classes in the Cidade do Príncipe in the Provincial Reports from 1870 to 1889: an eye on the Seridó school education. Research, Society and Development, [S. l.], v. 5, n. 4, p. 322-337, 2017. DOI: 10.17648/rsd-v5i4.143. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/143. Acesso em: 9 may. 2021.

Issue

Section

Articles