Assessment of learning in Higher Education

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i6.15618

Keywords:

Assessment; Learning; Higher Education.

Abstract

Assessment of learning in higher education has been characterized as a fruitful subject in the Brazilian educational scenario, as it constitutes a complex and extremely relevant pedagogical process. This study purposes to reflect on the assessment of learning in higher education, aiming to understand and critically analyze this process and the questions that address the evaluative practices. Therefore, this work is based on scientific studies and research on the topic addressed. Results are presented and discussed based on bibliographic and documentary research that point out that although the assessment of learning in higher education is a necessary process, it is not an instrument of control, classification or coercion, but an instrument to investigate the level of learning of students. Consequently, we conclude that, the assessment cannot be dissociated from the teaching-learning process, given that it subsidizes information to the teacher, regarding the academic development, as well as information for the teacher to reflect and (re)think his own pedagogical practice. We also highlight the need for further debates on this subject, in view that the topic addressed needs to be much more discussed among education researchers, given the low production of scientific research on the subject articulated to Brazilian higher education.

Author Biographies

Carla Denise Moura Fernandes, Universidade do Estado do Amazonas

Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa Educação em Ciências em Espaços Não Formais-GEECENF/UEA.

Ana Marcia Pontes Pereira, Universidade do Estado do Amazonas

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação e Ensino de Ciências pela Universidade do Estado do Amazonas-UEA. Membro do Grupo de Estudos e Pesquisa Educação em Ciências em Espaços Não Formais-GEECENF/UEA.

Érica de Souza e Souza, Universidade Federal do Amazonas

Mestranda do Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal do Amazonas-UFAM

Marcos Vinícius Mota Rufino, Universidade Federal do Amazonas

Graduando do curso de Licenciatura Plena em Pedagogia pela Universidade Federal do Amazonas-UFAM

Ercilene do Nascimentro Silva de Oliveira, Universidade do Estado do Amazonas

Mestra em Educação e Ensino de Ciências na Amazônia pela Universidade do Estado do Amazonas (UEA)

References

Álvarez Méndez, J. M. (2002). Avaliar para conhecer, examinar para excluir. Artmed.

Apple, M. W (1982.). Ideologia e Currículo. Editora Brasiliense.

Bachelar, G. (1996). A formação do espírito científico. Contraponto

Barbosa, F. R. P. (2011). Avaliação da aprendizagem na formação de professores: teoria e prática em questão. Dissertação de Mestrado. Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Programa de Pós-graduação em Educação.

Brasil (1996). LDB Lei Nº 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Diário Oficial [da] República Federativa do Brasil, Brasília, DF. 23 dez.

Chaves, S. M. (2004). Avaliação da aprendizagem no Ensino Superior: realidade, complexidade e possibilidades. In: Reunião Anual ANPED. 27º. Anais. Caxambu: Anped, 1-16.

Demo, P. (2003). Avaliação sob o olhar propedêutico. (5a ed.), Papirus.

Freire, P. (2019). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. Editora Paz e Terra.

Gallo, S. As múltiplas dimensões do aprender. São Paulo: COEB 2012 / Congresso de Educação Básica. http://www.pmf.sc.gov.br/arquivos/pdf/13-02-2012- 10.54.50.a0ac3b8a140676ef8ae0dbf32e662762.pdf

Ghedin, L.E. (2006). Currículo, projetos e avaliação da aprendizagem. Travessia, SEDUC.

Gil, A. C. (2017). Como elaborar projetos de pesquisa. (6a ed.), Atlas.

Giroux, H (1983). Pedagogia Radical: subsídios. Cortez.

Hoffmann, J. (2019). Avaliação mediadora: uma prática em construção da pré-escola à universidade. (35a ed.), Mediação,

Hoffmann, J. (2019). Avaliação, Mitos e Desafios: uma perspectiva construtivista. (46a ed.), Educação e Realidade,

Libâneo, J. C. (2018). Didática. (2a ed.), Editora Cortez.

Libâneo, J. C. (2003). O ensino de graduação na universidade: a aula universitária. UCG.

Luckesi, C. C. (2018). Avaliação da aprendizagem escolar: estudos e proposições. (22a ed.), Cortez.

Ludke, M. & Andre, M. E. D. A. (2013). Pesquisas em educação: uma abordagem qualitativa. E.P.U.

Machado, E. A. (2013). Avaliar é ser sujeito ou sujeitar-se? Elementos para uma genealogia da avaliação. Edições Pedago, Ltda.

Pacheco, M. M. D. R. (2008). Concepções e práticas avaliativas nos cursos de licenciatura. Tese de Doutorado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Programa de Pós-graduação em Educação.

Pedrochi Junior, O, Pedrochi, W. E., & Rossetto, H. H. P. (2019). A avaliação formativa e a Zona de Desenvolvimento Proximal. Research, Society and Development, 8(10), e288101371. https://doi.org/10.33448/rsd-v8i10.1371

Pereira A. S. et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFSM.

Perrenoud, P (1999) Construir as competências desde a escola. Artmed.

Piletti, C (2010). Didática Geral. (24a ed.), Editora Ática.

Romão, J. E. (1998). Avaliação Dialógica: desafios e perspectivas. Cortez.

Sacristán, G.; & Gómez, P. A.I (1998). Compreender e transformar o ensino. (4a ed.), Artmed.

Sant`Anna, I. M. (2014). Por que Avaliar? Como avaliar? Critérios e instrumentos. (17a ed.), Vozes.

Santos, E. R. dos, & Teixeira, B. R. (2018). Avaliação da aprendizagem no contexto da formação inicial de professores que ensinam Matemática. Research, Society and Development, 7(3), e1573279. https://doi.org/10.17648/rsd-v7i3.279

Saviani, D. (2014). História das Ideias Pedagógicas no Brasil. (4a ed.), Autores Associados,.

Silva, F. O, Ribeiro, M. L & Almeida, L. R. M. (2018). A avaliação “é a bola girando na roda” reflexões sobre práticas avaliativas na universidade. Rev. Inter. Educ. Sup. 4(3). 664-68. <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/riesup/article/view/8652413/18255>.

Tardif, M (2014). Saberes docentes e formação profissional. (17a ed.), Vozes.

Uler, A. M. (2010). Avaliação da aprendizagem: um estudo sobre a produção acadêmica dos Programas de Pós-Graduação em Educação (PUCSP, USP, UNICAMP) (2000–2007). Tese de Doutorado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Programa de Pós-graduação em Educação.

Vasconcellos, C. S. (2012). A avaliação da Aprendizagem: práticas de mudanças por uma práxis transformadora. Libertad.

Villas Boas, B. M. F (2008). Portfólio, avaliação e trabalho pedagógico. Papirus, (5a ed.).

Published

29/05/2021

How to Cite

MACHADO, A. C. .; FERNANDES, C. D. M. .; PEREIRA, A. M. P. .; SOUZA, Érica de S. e .; RUFINO, M. V. M. .; OLIVEIRA, E. do N. S. de . Assessment of learning in Higher Education. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 6, p. e24410615618, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i6.15618. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15618. Acesso em: 24 jun. 2021.

Issue

Section

Review Article