Public school management in educational districts: The school manager’s challenges and attributions

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18063

Keywords:

School management; Educational districts; School grouping.

Abstract

This research had as its object of study the educational districts, which represent a teaching organization model used by some municipalities to strengthen ties and make the relationship between school and the Municipal Department of Education efficient. The main objective of the study was to analyze public school’s management in the municipal education network of Quixadá, Ceará, from the educational districts, as well as to discuss the role attributed to district directors and coordinators. As a methodological procedure, the qualitative research delimited in the case study was used. For data collection, observation, semi-structured interviews and document analysis were used. At first, the conceptual aspects that characterize public school’s management and the organization of teaching were sought through a literature review. In a second moment, the organization and management of educational districts in Quixadá were analyzed, seeking to understand how the management of schools happens and what the attributions of school managers are. The survey results indicate that management in educational districts centralizes the role of the school principal, further bureaucratizes the school administrative system, focus on the SME functions that should be performed by schools, such as the elaboration of the PPP and it diminishes the autonomy of schools. It is concluded that management in Educational Districts is incompatible with the principles of democratic and participatory management because it centralizes school management in the SME, which consequently reduces the autonomy of educational institutions.

Author Biographies

Nara Lucia Gomes Lima, Universidade Estadual do Ceará

Graduada em Pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará - UECE (2010). Mestre em Educação pela Universidade Federal do Ceará - UFC (2014). Atualmente é professora substituta da Universidade Estadual do Ceará na Faculdade de Educação, Ciências e Letras do Sertão Central FECLESC. Também é professora formadora dos cursos de licenciatura da Universidade Aberta do Brasil UAB/ UECE. Tem experiência em projetos de extensão e monitoria. Foi Bolsista de Iniciação Científica do Laboratório de Estudos da Educação do Campo LECAMPO/FAFIDAM/UECE (2007 a 2010); Bolsista do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico CNPq (2009 a 2010); Bolsista da Fundação Cearense de Apoio ao Desenvolvimento Científico e Tecnológico, FUNCAP (2011 a 2013). Foi professora formadora do curso de especialização em Gestão Escolar da UFC na modalidade EAD (2014 a 2015) e professora dos cursos de especialização em Psicopedagogia e Recursos Humanos da Faculdade Evolução (2015 a 2016). Coordenou o grupo de estudos "Educação do Campo" em parceria com o Laboratório de Pesquisas sobre Políticas Sociais do Sertão Central LAPPS/ FECLESC/ UECE. Desenvolve pesquisas no âmbito da Educação de Jovens e Adultos, Educação do Campo, Educação e Movimentos Sociais, Gestão Escolar e Formação de professores.

Danusa Mendes Almeida, Universidade Estadual do Ceará

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Ceará - UFC (1999); mestrado em Mestrado Acadêmico em Políticas Públicas e Sociedade pela Universidade Estadual do Ceará - UECE (2004); e doutorado em Educação pelo Programa de Pós-graduação em Educação da Universidade Federal de São Carlos - UFSCAR (2015). Atualmente é professora adjunto da Universidade Estadual do Ceará, com experiência nas áreas de gestão, ensino, pesquisa e extensão. Como docente ministra disciplinas na área de formação de professores, com ênfase no campo do ensino-aprendizagem, pesquisa e prática pedagógica, história da educação e política educacional.

Maria Valesca da Silva Barbosa, Universidade Estadual do Ceará

Graduada em pedagogia pela Universidade Estadual do Ceará. 

References

Alves, S. M. C., & Barbosa, M. R. B. (2020). Gestão escolar democrática: dimensão diretiva aos processos educacionais significativos. Research, Society and Development, 9 (4), 1-16.

Brasil. Lei no 9394/96, de 20 de dezembro de 1996. Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Ministério da Educação, Brasília, DF, 1996. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9394.html.

Brandão, C. R. (1981). O que é educação? Editora Brasiliense.

Gadotti, M. Gestão democrática com participação popular no planejamento e na organização do da educação nacional. In: Conferência Nacional de Educação, 2014, Brasília. Anais... MEC, 2014.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social. Cidade. Editora.

Haiashida, K. A. (2014). Quixadá: Centro Regional de Convergência e Irradiação da Educação Superior (1983-2013). Revista GeoUECE, v. 3, n. 4, 314-316, jan./jun.

Ideb. (2017). Índice de Desenvolvimento da Educação Básica. Recuperado de https://www.qedu.org.br/estado/106-ceara/ideb.

IBGE. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) – Anos iniciais do ensino fundamental. https://cidades.ibge.gov.br/brasil/ce/quixada/panorama.

Lacerda, C. R. (2004). Projeto Político Pedagógico: construção, pesquisa e avaliação. Gráfica LCR.

Libâneo, J. C., Oliveira, J. F., & Toschi, M. S. (2007). Educação escolar: políticas, estrutura e organização. (4a ed.). Cortez.

Libâneo, J. C. (2013). Didática. (2a ed.). Cortez.

Lima, M. A. M. & Maciel, T. de J. P. (2008). Avaliação, gestão e estratégias educacionais: projetos e processos inovadores em organizações. São Paulo.

Lima, N. L. G.; Silva, T. M. R. & Barbosa, M. V. da S. (2020). A Gestão do ensino público em Distritos Educacionais: uma realidade marcada por desafios e tensionamentos. Research, Society and Development, 9 (9), 1-23.

Lück, H. (2009). Dimensões de gestão escolar e suas competências. Editora Positivo.

Pereira A. S., Shitsuka D. M., Pereira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. UFSM. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handl e/1/1582 4/Lic_Computacao_MetodologiaPesquisa-Cientifica.pdf?sequence=1.

Saboya, M. C. L. (2018). Representações da escola como lugar: real e imaginário na percepção de alunos de um curso de Ensino Médio Técnico. Research, Society and Development, 7 (10), 1-16.

Saviani, D. Sistema nacional de educação: conceito, papel histórico e obstáculos para sua construção no Brasil. In: Reunião Anual da Anped, 2008, Campinas. Anais... Campinas: UNICAMP, 2008. 1-20.

Saviani, D. (2018). Escola e democracia. Autores associados.

Saviani, D. (2018). Educação brasileira: estrutura e sistema. Autores Associados.

Shiroma, O. E.; Moraes, M. C. & Evangelista, O. (2007). Política Educacional. Lamparina.

Silva, R. M., Silva J. G. F., & Santos, M. R. F. (2017). A organização dos sistemas de ensino no Brasil. Saberes Docentes em Ação, 3 (1), 1-12.

Triviños, A. N. (1987). Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. Atlas.

Vieira, S. L. (2017). A organização do sistema educacional brasileiro. Edições Demócrito Rocha.

Published

31/07/2021

How to Cite

LIMA, N. L. G. .; ALMEIDA, D. M. .; BARBOSA, M. V. da S. . Public school management in educational districts: The school manager’s challenges and attributions. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e48210918063, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.18063. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18063. Acesso em: 26 oct. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences