The relevance of the prior application of forms for the knowledge of the target audience, in the context of online classes promoted by an academic collective health league

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i9.18206

Keywords:

Public health; Teaching; Google Forms.

Abstract

Digital advances have changed the teaching-learning process. With this in mind, there was a proposal to describe the use of the Google Forms platform as a research method and verify its effectiveness in the pre and post contact of the remote activity. The league's first online class held during the quarantine period had a total of 88 participants. 77 undergraduate students (87.5%), 02 graduate students (2.27%), and 09 professionals (10.23%). It is assumed that the predominance of undergraduates is due to the greater offer of undergraduate courses on campus, since 54 listeners (61.36%) belonged to the institution that promoted the event. Of the participants (71.95%), 59 people said they had never had contact with the indigenous population. Thus, the application of these forms can guide the real needs of the participants, and the league, in its educational character, promotes environments for learning in health. Concluding that in view of the pandemic scenario in which agglomerations should be avoided, with regard to the possibility of exploring diversified topics through the use of technological resources, this methodology of the Google Forms platform is an effective instrument for planning actions, whether teaching and /or health.

References

Andres, F. C et al. (2020). Conhecimento de enfermeiros acerca das práticas integrativas e complementares em saúde. Research, Society and Development, 9(7):1-15.

Bahia, L. (2018). Trinta anos de Sistema Único de Saúde (SUS): uma transição necessária, mas insuficiente. Caderno de Saúde Pública, 34(7), e00067218.

Cavalcante, A. S. P. et al. (2020). As Ligas Acadêmicas na Área da Saúde: Lacunas do Conhecimento na Produção Científica Brasileira. Revista Brasileira de Educação Médica, 42(1), 194-204. https://www.scielo.br/pdf/rbem/v42n1/0100-5502-rbem-42-01-0199.pdf.

Coimbra Junior, Carlos E. A., Santos. R. V., & Cardoso, A. M. (2007). Processo saúde–doença. Vigilância Alimentar e Nutricional Para a Saúde Indígena, 47-74.

Garutti S, & Ferreira V. L (2016). Uso das Tecnologias de Informação e Comunicação na Educação. Revista CESUMAR - Ciências Humanas e Sociais Aplicadas, 20, 355-372.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2012). Censo Demográfico 2010: características gerais dos indígenas. Resultados do universo. IBGE.

Lima S O et al (2020). Impactos no comportamento e na saúde mental de grupos vulneráveis em época de enfrentamento da infecção COVID-19: revisão narrativa. Revista Eletrônica Acervo Saúdee4006-e4006.

Kabad, J. F., Pontes, A. L. De M., & Monteiro, S. (2020). Relações entre produção cientifica e políticas públicas: o caso da área da saúde dos povos indígenas no campo da saúde coletiva. Ciência & Saúde Coletiva, 25, 1653-1666.

Kenski V. M (2008). Educação e tecnologias: o novo ritmo da informação. (3a ed.), Papirus, 148 p.

Ministério da Educação (MEC)/Secretaria de Educação Básica (2017). Política de Inovação Educação Conectada.

Mota J.S. (2019) Utilização do google forms na pesquisa acadêmica. Revista Humanidades e Inovação 6(12):372-380.

Pina, R. M. P., et al (2016). Ensino de enfermagem na saúde indígena: uma abordagem problematizadora - relato de experiência. Revista de Enfermagem, UFPE On-Line, 10, 1556-1561.

Silva, A. da, Castro-Silva, C. R., & Moura, L. (2018). Pesquisa qualitativa em saúde: percursos e percalços da formação para pesquisadores iniciantes. Saúde e Sociedade. 27, 632-645.

Silva H. et al (2005). Inclusão digital e educação para a competência informacional: uma questão de ética e cidadania e cidadania. Ciência da Informação, Brasilia, 34, 28-36.

Teixeira, C. F. S. et al (2020). A saúde dos profissionais de saúde no enfrentamento da pandemia de Covid-19. Ciência & Saúde Coletiva25, 3465-3474.

Published

29/07/2021

How to Cite

SOARES, R. V. C. .; MACEDO, L. A. R. .; DIAS, F. E. R. .; RIBEIRO, A. T. D. .; SILVA, M. S. O.; SOUSA, Y. S. .; NUNES, L. A. S. .; ARAÚJO, J. R. de .; FERNANDES, F. de P. .; VALENTIM, L. de A.; OLIVEIRA, S. M. S. de . The relevance of the prior application of forms for the knowledge of the target audience, in the context of online classes promoted by an academic collective health league. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 9, p. e43010918206, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i9.18206. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18206. Acesso em: 20 sep. 2021.

Issue

Section

Health Sciences