Psychology and school failure/complaint: an analysis of scientific production

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.18810

Keywords:

School psychology; Academic failure; Academic achievement; Psychologist performance.

Abstract

This research investigated in the scientific productions in the area which factors are attributed to school failure/complaints, analyze the psychologist's actions and identify possible alternative interventions to the traditional model of blaming. This is a literature review with descriptors "school failure" and "school complaint" on the Scielo and Pepsic platforms, published in the time series between 2009 and 2018. We found a total of 20 articles, 75% of which were published in the last five years. The authors searched for the conceptions of school failure/complaints that the authors pointed out, and which factors attributed to the production of school complaints, and the role of the psychologist in this demand, and if any type of intervention aimed at the area was described. In 70% of the researches, the authors understand failure as a multifaceted phenomenon and that school failure is mostly produced by relationships inside and outside the school environment. Regarding the practice of psychology, 95% of the research highlighted the need for re-signification of the school complaint in the institutional environment, since students with learning difficulties or behaviors that are outside the norm are considered to have a biological disease, 60% of the researches they did not effectively show how to intervene in school failure/complaints and 25% indicated the need for alternative interventions in relation to school complaints. With this research, we highlight there are recent productions in the area of ​​school/educational psychology and that this demonstrates that it needs further deepening and scientific studies that describe and discuss the concrete practice of the psychologist.

Author Biographies

Paloma Carvalho Alves, Escola de Saúde Pública Visconde de Sabóia

Psicóloga, Residente Multiprofissional em Saúde da Família, Escola de Saúde Pública Visconde de Sabóia, Sobral, Ceara, Brasil.

Tereza Cristina Linhares Costa Melo , Escola de Saúde Pública Visconde de Sabóia

Fisioterapeuta, Residente Multiprofissional em Saúde da Família, Escola de Saúde Pública Visconde de Sabóia, Sobral, Ceara, Brasil

References

Asbahr, F. S. F., Martins, E & Mazzolini, B. P. M. (2011) Psicologia, formação de psicólogos e a escola: desafios contemporâneos. Psicol. estud. 16 (1), 157- 163.

Bray, C. T & Leonardo, N. S. T. (2011). As queixas escolares na compreensão de educadoras de escolas públicas e privadas. Psicol. Esc. Educ., Maringá. 15 (2), 251-261.

Benedetti, M. D. et al. (2018). Medicalização e educação: análise de processos de atendimento em queixa escolar. Psicol. Esc. Educ. 22 (1), 73-81.

Bittencourt, I. G., Lima, A. R & Gesser, M. (2017). O trabalho em grupo como dispositivo para ressignificação da queixa escolar. Gerais, Rev. Interinst. Psicol., 10 (2), 194-203.

Botelho, L. L. R.; Cunha, C. C. A., &Macedo, M. (2011). O método da revisão integrativa nos estudos organizacionais. Gestão e Sociedade. 5 (11), 121-136.

Bulhoes, L. F. (2018). A construção de práticas críticas em espaços de formação do/a psicólogo/a escolar. Psicol. Esc. Educ., 22 (1), 211-213.

Cassins, A. M. (2007). Manual de psicologia escolar – educacional. Curitiba: Gráfica e Editora. Unificado, 2007.

Elias, L. C. S & Marturano, E. M. (2014). "Eu posso resolver problemas" e oficinas de linguagem: intervenções para queixa escolar. Psic.: Teor. e Pesq., 30 (1), 35-44.

Garcia, N. R & Boruchovitch, E. (2014). Atribuições de causalidade para o desempenho escolar e resiliência em estudantes. Psico-USF, Itatiba. 19 (2), 277-286.

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. (4a ed.). Atlas.

Lima, C. P., Prado, M. B. S & Souza, B. P. (2014). Orientação quanto à queixa escolar relativa a adolescentes: especificidades. Psicol. Esc. Educ. 18 (1), 67-75.

Machado, A. M., Fernandes, A & Rocha, M. (Org.). (2007). Novos possíveis no encontro da psicologia com a educação. Casa do Psicólogo.

MAchado, A. M & Souza, M. P. R. (Eds.). (2004). Psicologia Escolar: Em busca de novos rumos. Casa do Psicólogo.

Negreiros, F. et al. (2017). Análise psicossocial do fracasso escolar na Educação de Jovens e Adultos. Psicol. pesq., Juiz de Fora. 11 (1), 1-2.

Oliveira, J. L. A. P., Bragagnolo, R. I & Souza, S. P. (2014). Proposições metodológicas na intervenção com estudantes com queixa escolar. Psicol. Esc. Educ. 18 (3), 477-484.

Paiva, M. L. M. F & Del Prette, Z. A. P. (2009). Crenças docentes e implicações para o processo de ensino-aprendizagem. Psicol. Esc. Educ. (Impr.), Campinas. 13 (1), 75- 85.

Patto, M. H. S. (1999). A Produção do Fracasso Escolar: histórias de submissão e rebeldia. Casa do Psicólogo.

Pereira, M. L .I. E. M. (2004). Projeto Prisma: Uma alternativa de trabalho com crianças com queixa escolar. Dissertação (Mestrado em Psicologia e Educação) – Universidade de São Paulo.

Pezzi, F. A. S &Marin, A. H. (2016). "Seguindo em frente!": O fracasso escolar e as classes de aceleração. Psicol. Esc. Educ. 20 (2), 219-228.

Pozzobon, M., Mahendra, F & Marin, A. H. (2017). Renomeando o fracasso escolar. Psicol. Esc. Educ. 21 (3), 387-396.

Ramos, E. T & Stella, C. (2016). Significados da escolarização para alunos da educação de jovens e adultos. Psicol. teor. prat., 18 (2), 189-207.

Silva, R. L. M & Rodrigues, M. C. (2014). Atendimento à queixa escolar: experiência do projeto Seape no Centro de Psicologia Aplicada da UFJF. Psicol. rev. 20 (3), 479-493.

Souza, B. de P & Sobral, K. R. (2007). Características da clientela da Orientação a Queixa Escolar: revelações, indicações e perguntas. In: Souza, B. de P. (Org.). Orientação à queixa escolar. Casa do Psicólogo. Cap. 5, p. 119-134.

Souza, M. P. R. (1996). A queixa escolar e a formação do psicólogo. Tese (Doutorado). Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo.

Zibetti, M. L. T., Souza, F. L. F & Queiróz, K. J.M. (2010). Quando a escola recorre à psicologia: mecanismos de produção, encaminhamento e atendimento à queixa na alfabetização. Estudos e pesquisas em Psicologia. 10 (2), 490-506.

Published

08/08/2021

How to Cite

ALVES, P. C. .; MELO , T. C. L. C. .; SANTOS, J. L. R. dos .; MACHADO, R. R.; ROCHA, F. H. .; VASCONCELOS, F. H. P. de .; LINHARES, A. E. P. .; FERREIRA, F. V.; FÉLIX, T. A. . Psychology and school failure/complaint: an analysis of scientific production . Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e187101018810, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.18810. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/18810. Acesso em: 25 oct. 2021.

Issue

Section

Education Sciences