Work and education: the production of knowledge

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.19542

Keywords:

Ontology; Education; Knowledge; Conscience.

Abstract

The general objective of this research is to enable an investigation experience of the relationship between work and education. The specific objectives consist of: 1) Understanding the category of work from the ontological perspective of the social being; 2) Debate about the relationship between work and the reproduction of the social being as a necessary category for the human being and the socio-historical process of human development. The methodology consists of the ontological method of qualitative character, being bibliographical based mainly on the authors Tonet (2016) and Lessa (2016). It is concluded that work is the founding category of the social being, and that it is closely linked to the education complex, responsible for the accumulation of knowledge and the advancement of social relations. Although knowledge has a social role, it has not yet reached the peak of human consciousness, being possible only with the end of social classes.

References

Almeida, R. A & Almeida, I. F. (2021). Trabalho e aprendizagem: o direito às mediações. Rev. Ciência em movimento – Educação e direitos humanos. Edição 23(46).

Alves, D. J.. (2002). A filosofia no ensino médio: ambiguidades e contradições na LDB. Campinas, SP: Autores Associados, 2002.

Bizerra, F. A. (2015). Trabalho e ser social: uma relação genética. file:///C:/Users/Teste/Downloads/Eixo_1_198_2.pdf

Engels, F.(2021). O papel do trabalho na transformação do macaco em homem. Disponível em http://www.marxists.org/portugues/marx/1876/mes/macaco.htm Acesso em 14 de setembro de 2021.

Fonte, S. S. D. (2018). Formação no e para o trabalho. Educação Profissional e Tecnológica em Revista, 2 (2), 6-19.

Gil, A. C. (2008). Métodos e técnicas de pesquisa social (6º ed). Ed. Atlas.

Jimenez, S. V & Lima, M. F. (2011). O complexo da Educação em Luckács: uma análise à luz das categorias trabalho e reprodução social. Educação em Revista, 27 (2), 73-94.

Lukács, G. (1979). Ontologia do ser social: os princípios ontológicos fundamentais de Marx. São Paulo: Ciências Humanas, 1979.

Maceno, T. E. (2017). Educação e reprodução social: a perspectiva da crítica marxista. Ed. Instituto Luckács.

Marx, K. (1993) Manuscritos econômico-filosóficos (Tradução de Artur Morão, 1975, a partir de seleção de T. B. Bottomore. Prefácio de Erich Fromm). Lisboa: Edições 70.

Nascimento, A. (2016). Trabalho e formação do espaço urbano. Ed. Coletivo Veredas.

Novaes, H. T. (2018). Trabalho emancipado e educação para além do capital na obra de István Mészáros. Rev. Trabalho emancipado e educação. 19(1), p.7-24.

Rolim, R. R.. (2018). Tendências históricas universais do ser social na ontologia de Lukács: apontamentos de uma leitura imanente. Rev. Direito e Práxis. 9 (3). Set 2018. <https://doi.org/10.1590/2179-8966/2017/27035 >

Santos, M. E. M. (2018). Relações históricas entre trabalho, educação e pobreza. Teresina-PI: EDUFPI, 2018. 124 p.

Saviani, D. (2005). Pedagogia histórico-crítica: primeiras aproximações. 9. ed. rev. e ampl. Campinas: Autores Associados,

Tonet, I. (2012). Educação e ontologia marxiana. Revista HISTEDBR On-line, Campinas, SP, v. 11, n. 41e, p. 135–145, 2012. DOI: 10.20396/rho.v11i41e.8639900. Disponível em: https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/histedbr/article/view/8639900. Acesso em: 23 maio.

Tonet, I. (2016). Método Científico: uma abordagem ontológica. Maceió: Coletivo Veredas,

Published

04/10/2021

How to Cite

SILVA, R. J. N. da .; ALMEIDA, E. R. .; JUCÁ, E. G. . Work and education: the production of knowledge. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e57101319542, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.19542. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19542. Acesso em: 4 dec. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences