São José dos Quatro Marcos and the Installation of Duque de Caxias Mixed Rural School (1966-1972)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.20612

Keywords:

São José dos Quatro Marcos; School; Education-Mato Grosso; Recent colonization.

Abstract

This work aims to bring to light the initial movement of farmers and their families to create a school in São José dos Quatro Marcos - MT for the schooling of their children, as well as the way in which it was organized by their first teachers. The research has as methodological theoretical referential the perspective of Cultural History (Chartier, 1991) and School Institutions (Sanfelice, 2007). To this end, we used documents found in the Public Archives of Cáceres, such as periodicals and contracts, research about recent colonization and memorial works. The temporal delimitation (1966-1972) is justified by the creation of Duque de Caxias Mixed School and the period in which the teachers Inivaldo Mila and Maria Luiza were in charge of the school. It was concluded that in, that reality, the school became a priority to guarantee the permanence in areas of recent colonization, because, without offering school education to the children of the immigrants, the families would not remain in their lands. Therefore, they spared no effort to build it in the middle of the forest.

References

Amorin, R. P. (2013). Professoras Primárias em Mato Grosso: trajetórias profissionais e sociabilidade intelectual na década de 1960. Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação. Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá.

Amorin, R. P. (2019) O curso de treinamento de professores leigos: profissionalizações e representações da docência em Mato Grosso (1963-1971). Tese (Doutorado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados.

Assis, R. M. (2012). A educação brasileira durante o período militar: a escolarização dos 7 aos 14 anos. Revista: educação em perspectiva, 3(2), 320-339.

Beck, K. M. K. (2015). Vivências e Memórias: A cultura escolar da Escola Rural Mista Municipal Santo Antônio em Tangará da Serra – MT (1965-1983). Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade federal de Mato Grosso, Cuiabá.

Benito, A. E. (2007). Aprender pela experiência. In Benito, A. E. A escola como cultura: experiência, memória e arqueologia. (pp. 29-106). Editora Alínea.

Certeau, M. (1994). A invenção do Cotidiano I – Artes de fazer. Petrópolis: Vozes.

Corsetti, B. (2006). A análise documental no contexto da metodologia qualitativa: uma abordagem a partir da experiência de pesquisa do Programa de Pós-graduação em Educação da 16 Unisinos. UNIrevista, 1(1), 32-46. http://www.unirevista.unisinos.br/ pdf/Art%2005%20BCCorsetti.pdf.

Heinst, A. C. (2003). Pioneiros do século XX. Memória e relatos sobre a ocupação da cidade de Mirassol d’ Oeste. Dissertação (Mestrado em História) – Instituto de Ciências Humanas e Sociais, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá.

Joanone Neto, V., & Pallota, F.P. (2013). Do sertão à fronteira, diferentes possibilidades metodológicas do uso de periódicos aplicadas ao estudo de casos pelo interior do Brasil. Revista eletrônica Documento/Monumento, 8, 36-49.

Lei Nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961. https://www2.camara.leg.br/legin/fed/lei/1960-1969/lei-4024-20-dezembro-1961-353722-publicacaooriginal-1-pl.html.

Lins: Professora vende galinhas para comprar giz. (1970, October 25th). Correio Cacerense, (186).

Mato Grosso. (1952). Mensagem do presidente do Estado a Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Arquivo Público de Mato Grosso – APMT, Cuiabá.

Mato Grosso. (1963). Mensagem do presidente do Estado a Assembleia Legislativa de Mato Grosso. Arquivo Público de Mato Grosso – APMT, Cuiabá.

Perin, C. L. (2105). Escola, Colonização e Formação do Colono: História e Memórias da Terra Prometida de Alta Floresta – MT (1976-1976-1982). Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá.

Oliveira, C. E. (2008). Tangará da Serra: uma história de colonização privada. In Barrozo, J. C. (Org.) Mato Grosso: do sonho à utopia da terra. (pp. 181-204). EdUFMT.

Oliveira, C. E. (2009). Migração e escolarização: história de instituições escolares de Tangara da Serra – Mato Grosso – Brasil (1964-1976). Tese (Doutorado em História) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia.

Oliveira, C. E. (2017). Fronteiras diversas em regiões de colonização recente de Mato Grosso: Tangará da Serra, Campo novo dos Parecis e Sapezal. Revista História e Diversidade, 9(1), 74-95.

Rohden, J. B. (2012). A Reinvenção da Escola: Histórias, Memórias e Práticas Educativas no período colonizatório de Sinop-MT (1973-1979). Dissertação (Mestrado em Educação) – Instituto de Educação, Universidade Federal de Mato Grosso, Cuiabá.

Sá, E. F., Perin, C. L., & Beck, K. M. (2007). Escolarização da infância em cidades de colonização recente de Mato Grosso. Revista Diálogo Educaional, 17(51), 61-79.

Sanfelice, J. L. (2007). História das Instituições Escolares. In Nascimento, I. M. et al. (orgs.). Instituições escolares no Brasil: conceito e reconstrução histórica. HISTEDBR; UNIO; UEPG.

São José dos Quatro Marcos: alunos estudam de pé. (1970, March 22nd). Correio Cacerense, (126).

Published

25/09/2021

How to Cite

MELLO, Ângela L. M. S. .; SÁ, E. F. de . São José dos Quatro Marcos and the Installation of Duque de Caxias Mixed Rural School (1966-1972). Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e423101220612, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.20612. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20612. Acesso em: 14 apr. 2024.

Issue

Section

Education Sciences