The use of diversified and dialogic strategies in teaching about the Arthropoda phylum: experience report of the contributions of supervised internship

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i13.21179

Keywords:

Supervised Internship; Teacher Training; Arthropods; Didactic Instruments; Didactic strategies.

Abstract

This work consists of an experience report developed during the Supervised Internship discipline of a Licentiate Degree in Biological Sciences. Describes and reflects on the experience of conducting, developing and applying diversified and dialogical strategies and didactic instruments in teaching about anatomy, morphology and ecological importance of the Arthropoda phylum. The didactic methodology was developed in four phases: Initial problematization; Development of the teaching narrative; Applying knowledge; and finally, Reflecting on what was learned. With the use of diversified and dialogic strategies, positive results were observed in the students' learning, not only regarding conceptual content, but also procedural and attitudinal important for critical training and awareness of environmental preservation. In addition to assisting in the motivation and active participation of students. It is concluded that the praxis promoted by the activities developed during the Supervised Internship was fundamental for the consolidation of the knowledge built during graduation, being a fundamental step for the formation and future teaching performance.

Author Biography

Kévila Kelma Nascimento Silva dos Passos, Universidade Federal de Itajubá

Aluna de graduação do Curso de Ciências Biológicas Licenciatura.

References

Aguiar Jr, O. G. (2005). Módulo II: O Planejamento De Ensino. Projeto Escolas-Referência – Desenvolvimento Profissional De Educadores. Governo Do Estado De Minas Gerais. Secretaria De Estado De Educação, Belo Horizonte.

Alarcão, I. (2007). Professores Reflexivos Em Uma Escola Reflexiva. 5 Ed. São Paulo: Cortez.

Almeida, P. C. A. (2007) Saberes docentes e formação inicial de professores: implicações e desafios para as propostas de formação. Educação E Pesquisa, São Paulo, 33(2), 281-295

Araújo, C. R., Lopes Neta, N. A. (2017) O ensino tradicional e inovador para a aprendizagem de matemática na modalidade EJA. Saberes Docentes Em Ação. 3(1). http://Www.Maceio.Al.Gov.Br/Wp-Content/Uploads/2017/09/Pdf/2017/09/4-As-Implica%C3%87%C3%95es-Do-Ensino-Tradicional-E-Inovador-Para-A-Aprendizagem-De-Matem%C3%81tica-Na-Modalidade-Eja-Ni-1.Pdf

Achterberg, G., Centa, F., & Terrazzan, E. (2021). Entre a memorização e a interação: a construção do perfil dos estudantes de ensino médio. E-Mosaicos, 10(23), 85-106.

Bastos, M. H. C. (2008). Do quadro-negro à lousa digital: a história de um dispositivo escolar. Cadernos De História Da Educação, 4. http://www.seer.ufu.br/index.php/che/article/view/391

Barbosa, F. D. D., Mariano, E. de F., & Sousa, J. M. de. (2021). Tecnologia e Educação: perspectivas e desafios para a ação docente. Conjecturas, 21(2), 38–60.

Freire, P. (2005). Pedagogia Do Oprimido. 43 Ed. Rio De Janeiro, Paz E Terra.

Beserra, J. G.; Brito, C. H. (2012). Modelagem didática tridimensional de artrópodes, como método para ensino de ciências e biologia. R. Bras. De ensino de C&T. 5(3), 70-88.

Lei 11.788 de 25 de Setembro de 2008. (2008). Dispõe sobre o estágio de Estudantes. http://Www.Planalto.Gov.Br/Ccivil_03/_Ato2007-2010/2008/Lei/L11788.Htm

Cabral, E. A. & Stahl, J. C. R. (2021). A interação do conhecimento com os ambientes tecnológicos. Revista Brasileira de Desenvolvimento. Curitiba, 7(5), 52790.

Camargo, F.; Daros, T.(2018). A sala de aula inovadora - estratégias pedagógicas para fomentar o aprendizado ativo. Penso Editora. https://curitiba.ifpr.edu.br/wp-content/uploads/2020/08/A-Sala-de-Aula-Inovadora.pdf

Camargo, E. A. B.; Justus, J. F. C. (2014). Os desafios da escola pública paranaense na perspectiva do professor PDE - artigos - modelagem didática de artrópodes. Cadernos PDE, Versão online, 2. http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/cadernospde/pdebusca/producoes_pde/2014/2014_uepg_cien_pdp_eloa_aparecida_boguchesky.pdf

Castilho, a., Araújo, J., & Júnior, W. (2020). Relato de experiência do uso de websites na prática docente e seus desafios na formação da aprendizagem autônoma. Anais Do CIET:EnPED:2020 - (Congresso Internacional De EducaçãO E Tecnologias | Encontro De Pesquisadores Em EducaçãO A DistâNcia). https://cietenped.ufscar.br/submissao/index.php/2020/article/view/1742

Correia, D. B., Gurgel, C. L. , Alves , R. S. , Bessa , F. G. C. de L. ., Torres , C. M. G. ., Macedo , G. F. ., Fidelis , K. R. ., Figueirêdo , F. V. ., Silveira , S. W. T. ., Araújo , E. F. de ., Barros , C. V. M. ., Oliveira , M. G. de ., Santos , L. T. dos ., Sampaio , R. S. L. ., Silva , V. B. da ., & Almeida-Bezerra, J. W. (2021). As manifestações da Corrente Positivista na Educação Científica. Research, Society and Development, 10(2), e42610212708. https://doi.org/10.33448/rsd-v10i2.12708

Costa, J. S. (2021) Relato de experiência do estágio supervisionado no curso de Pedagogia: o trabalho pedagógico no ensino remoto no contexto de pandemia no Bloco Inicial de Alfabetização. Cadernos de Estágio, 3 (1) 1-8.

D’Ambrosio, B. S.; Lopes, C. E. (2015) Insubordinação criativa: um convite à reinvenção do educador matemático. Bolema, Rio Claro, 29(51), 1-17.

Faria, R. W. S. De C. (2019). Os conteúdos da aprendizagem e o raciocínio proporcional. RELVA, Juara/MT/Brasil, 6(1), 251-272.

Gadotti, M. (2003). Saber Aprender: Um Olhar Sobre Paulo Freire E As Perspectivas Atuais Da Educação. In: Linhares, Célia; Trindade, Maria. Compartilhando O Mundo Com Paulo Freire. São Paulo; Cortez: Instituto Paulo Freire.

Lima, M. E. C. C.; Aguiar, O. G. J.; Braga, S. A. M. (2000). Ensinar Ciências. Revista Presença Pedagógica: Dicionário Crítico Da Educação. 6(33), 90-92.

Lozada, C. de O., Viana, S. L. da S., Oliveira, M. L. da S., Santos, B. G. dos, Lima, C. de A., & Aviz, W. M. de A. (2021). Recursos didáticos para a formação de conceitos de probabilidade nos anos iniciais do ensino fundamental. Diversitas Journal, 6(1), 1638–1647.

Marques Filho, E. G., Moraes, L. G. da R., Macêdo, I. D. C., & Melo, F. M. S. (2021). Educação freireana em comunidades quilombolas e implementação do ensino de História na comunidade Manga/Iús no município de Batalha, Piauí. Revista De Educação Popular, 471-490.

Milanesi, I. (2012) Estágio Supervisionado: Concepções e Práticas em Ambientes Escolares. Educar em Revista, Curitiba, (46) 209-227.

Ministério Da Educação. (2007). Formação Continuada A Distância De Professores Para O Atendimento Educacional Especializado - Deficiência Visual. http://portal.mec.gov.br/seesp/arquivos/pdf/aee_dv.pdf

Oliveira, L. G. (2015). Super Almanaque de ciências da professora Genna: Uso didático de histórias em quadrinhos para o ensino de genética no Ensino Fundamental. 208f. Dissertação (Mestrado Em Educação) - Instituto De Ciências Humanas E Sociais, Universidade Federal De Ouro Preto, Mariana.

Pitanga, A. F. (2020). Pesquisa qualitativa ou pesquisa quantitativa: refletindo sobre as decisões na seleção de determinada abordagem. Revista Pesquisa Qualitativa. São Paulo (SP), 8(17), 184-201.

Pereira, B. T.; Freitas, M. C. D. (2021). O Uso Das Tecnologias Da Informação E Comunicação Na Prática Pedagógica Da Escola. http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/1381-8.pdf

Rojas, J.; Souza, R. A. M.; Cintra, R. C. G. G. (2008). Dinâmica Do Trabalho E A Organização Do Espaço Na Educação Infantil. Cuiabá: Edufemat.

Rossasi, L. B.; Polinarski, C. A. (2007). Reflexões sobre metodologias para o ensino de biologia: uma perspectiva a partir da prática docente. http://www.diaadiaeducacao.pr.gov.br/portals/pde/arquivos/491-4.pdf.

Salvador, M., Morais, N., & Souza, N. (2021). Entre Contextos e Práticas: a importância do Estágio Supervisionado para a formação docente e para as relações entre Universidade e Escola. Revista EducaçãO GeográFica Em Foco, 5(9), 15-19.

Santos, E. S. (2021). Trabalhando Com Alunos: Subsídios E Sugestões, O Professor Como Mediador No Processo Ensino Aprendizagem. Revista Do Projeto Pedagógico. Gestão Universitária, Edição 40. http://www.udemo.org.br/revistapp_02_05professor.htm

Sousa, A. O. & Oliveira, M. A.(2021). Estágio Supervisionado. Brazilian Journal of Development, Curitiba,7(1), p.7692-7703

Sousa, L. M. de, Indjai, S., & Martins, E. S. (2020). Formação inicial de docentes de biologia: limites e possibilidades do Estágio Supervisionado no ensino médio. Práticas Educativas, Memórias E Oralidades - Rev. Pemo, 2 (2), 1–12.

Scalabrin, I. C., Molinari, A. M. C. (2013). A Importância da Prática do Estágio Supervisionado nas Licenciaturas. Unar – Revista Científica. 7(1) http://revistaunar.com.br/cientifica/documentos/vol7_n1_2013/3_a_importancia_da_pratica_estagio.pdf

Terçariol, A. A. L.; Barros, d. M. V.; Gitahy, R. R. C. (2021). Os estilos de uso dos espaços virtuais na construção de estratégias didáticas na licenciatura e na formação para a docência na educação básica. Interfaces da Educ., Paranaíba, 12(34), 1012-1040.

Vieira Júnior, I. L. & Melo, J. C.(2021). Utilizando as tecnologias na educação: possibilidades e necessidades nos dias atuais. Brazilian Journal of Development, Curitiba, 7(4), 34301-34313.

Published

22/10/2021

How to Cite

PASSOS, K. K. N. S. dos . The use of diversified and dialogic strategies in teaching about the Arthropoda phylum: experience report of the contributions of supervised internship. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 13, p. e578101321179, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i13.21179. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/21179. Acesso em: 6 dec. 2021.

Issue

Section

Education Sciences