Reflective essay on bees in plants: analysis of textbooks of elementary school

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29845

Keywords:

Pollinator agent; Environmental education; Teaching; Didactic resource.

Abstract

This work presents an analysis of the plant unit: plant reproduction, bees and environmental preservation in textbooks of the second year of elementary school. For the study were selected four didactic works of different authors of the 2017 editions, approved by the National Plan of the Didactic Book (PNLD-2019), the qualitative evaluation was organized in 4 categories: contents, visual resources, extra activities, questions and knowledge. In the content approach, it was verified the absence of important information regarding the themes of plant reproduction, bee and environmental preservation, requiring pedagogical intervention by the educator. The visual resource in some materials showed possible errors or misunderstandings regarding the pollination process and images that do not complement the reproductive process of plants. Environmental preservation was highlighted in most books, showing care for the environment, preservation of forests, recycling and composting of organic waste. This analysis is not intended to declassify or demystify the works, but to contribute to the editorial authors on the need to address in the plant unit the importance of bees, the pollination process, and contextualized issues about environmental problems.

References

Alencar, L. C. et al. (2014). Comportamento de pastejo e eficiência da polinização das abelhas africanizada e irapuá em flores de melancia. In: Embrapa Meio-Norte-Resumo em anais de congresso (ALICE). Sustentabilidade, tecnologia e mercados: Belém, PA: CBA. p. 105. https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1010148/comportamento-de-pastejo-e-eficiencia-da-polinizacao-das-abelhas-africanizada-e-irapua-em-flores-de-melancia.

Balbino, V. A., Bnotto, E. & Siqueira, E. S. (2015). Apicultura e responsabilidade social: desafios da produção e dificuldades em adotar práticas social e ambientalmente responsáveis. Revista Eletrônica de administração. 21(2), 348-77. 10.1590/1413-2311.0442013.44185

Barbosa, A. L. et al. (2007). ABC da agricultura familiar: Criação de abelhas (apicultura). Brasília - Df: Embrapa Informação Tecnológica, p.24. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/11943/2/00081610.pdf

Barbosa, D. B. et al. (2017). As abelhas e seu serviço ecossistêmico de polinização. Revista Eletrônica Científica da UERGS. 3 (4), p. 694-703. 10.21674/2448-0479.34.694-703

Bendini, J. Do N. et al. (2020) Meliponário didático: a extensão universitária como uma estratégia para a conservação das abelhas sem ferrão no semiárido piauiense. Revista Brasileira de Extensão Universitária. 11 (3), p. 277-288. 10.36661/2358-0399.2020v11i3.11554

Bertoli, J. F. et al. (2019). Cartilha Agroecológica das Abelhas Solitárias. Santo André – SP, Universidade Federal do ABC, Brasil. https://docs.ufpr.br/~rbg/assets/files/2019%20Bertoli%20et%20al%20CARTILHA.pdf

Brasil. (2017). Base Nacional Comum Curricular (Lei n. 9.394, de 20 de dez. de 1996). Ciências Naturais. Brasília, DF: MEC/SEF.

Brasil. (2017). Decreto nº 9.099, de 18 de julho De 2017, PNDL. (2017). Dispõe Sobre o Programa Nacional do Livro e do Material Didático. Brasília, DF, 19 jul.

Brasil. (2017). Ministério Da Educação Conselho Nacional De Educação Conselho Pleno. Art.20 Da Resolução CNE/Cp Nº2. Implantação Da Base Nacional Comum Curricular. Brasília, DF.

Brasil. (1998). Ministério da Educação. Secretária de Educação Fundamental. Parâmetros Curriculares Nacionais: Ciências Naturais. Brasília, DF: MEC/SEF.

Canhoto, J. M. (2016). A clonagem de plantas, Revista Ciência Elementar. 4 (01). 10.24927/rce2016.002

Cunha, N. C., Resende, J. L. P. & Saraiva, I. S. (2017) Análise do conteúdo de Botânica nos livros didáticos do Ensino Fundamental. Argumentos Pró-Educação, Pouso Alegre. 2 (6), 493 - 513. 10.24280/ape.v2i6.237

Da Conceição, V., Dos Santos, A. M. & Da Conceição, C. A. (2019). Polinizadores que visitam a espécie arbórea Myracrodrun urundeuva (Anacardiaceae) na borda oeste do pantanal, Assentamento Taquaral em Corumbá-MS. Realização. 6(12), 128-140. 10.30612 / re-ufgd.v6i12.10782

Da Rosa, J. M. et al. (2017). Polinizadores em perigo: por que nossas abelhas estão desaparecendo? In: Embrapa Uva e Vinho-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: Simpósio Internacional Ciência, Saúde e Território. Anais. Alimentos seguros, nutritivos e suficientes. Lages, SC: UNIPLAC. https://www.embrapa.br/busca-de-publicacoes/-/publicacao/1071594/polinizadores-em-perigo-por-que-nossas-abelhas-estao-desaparecendo

Da Silva Viana, E. C. da. et al. (2019). A Educação Ambiental nos anos Iniciais do Ensino Fundamental. ID on line Revista de Psicologia. 13 (44), 620-634. http://idonline.emnuvens.com.br/id

Da Silva, A. F. Da., Ferreira, J. H. & Viera, C. A. (2017). O Ensino de Ciências no Ensino Fundamental e Médio: Reflexões e Perspectivas sobre a Educação Transformadora. Revista Exitus. 7(2), 283-304. 10.24065/2237-9460.2017v7n2ID314

De Carvalho Neto, E. R. G. (2015). O livro didático e as teorias pedagógicas. Holos. 6, 402-414, 2015.

De Freitas Barbosa, W. & Pinheiro De Sousa, E. (2012). Desempenho competitivo dos apicultores fixos e migratórios da microrregião do Cariri, Ceará. Revista de Economia e Administração. 11(1), 5-27.

De Queiroz, C. & Coutinho, S. (2016). O Livro Didático e a Abordagem da Estatística: o Olhar do Professor. VIDYA. 36 (2), 257-274.

De Souza, L. H. P.& Rego, S. C. R. (2018). Imagens Em Livros Didáticos De Ciências E As Orientações Do Programa Nacional Do Livro Didático. Revista Ensaios Pedagógicos. 2 (3), 5-15.

Felippsen, T. A. et al. (2021). O “quintais de mel”: a criação de abelhas sem ferrão como ferramenta de educação ambiental. Revista Extensão & Cidadania. 9 (15), 187-198. 10.22481/recuesb.v9i15.8714

Foguel, i. (2019). O Mundo Das Abelhas: o milagre da natureza. Yolbook.

Freire, P. & Faundez, A. (2011). Por uma pedagogia da Pergunta. Paz e Terra.

Gil, A. C. (2007). Como elaborar projetos de pesquisa. Atlas.

Goulson, d. et al. (2015). Bee declines driven by combined stress from parasites, pesticides, and lack of flowers. Science. 347(6229), 1435-1445. 10.1126 / science.1255957

Hupffer, H. M., Figueiredo, J. A. S. & Weyermüller, A. R. (2020). Conflito e Construção de Riscos na Sociedade Complexa e Globalizada: o Caso da Deriva do Herbicida 2, 4-D. Revista de Direito Brasileira. 25 (10), p. 120-14.

Júnior, C. S. et al. (2017). Ligamundo. Ensino Fundamental. São Paulo: Saraiva.

Kiill, L. H. P. & De Siqueira, K. M. M. (2012). Polinização da mangueira (Mangifera indica). In: Embrapa Semiárido-Artigo em anais de congresso (ALICE). In: Semana Dos Polinizadores, 3, 2012, Petrolina. Palestras e resumos. Petrolina: Embrapa Semiárido. https://ainfo.cnptia.embrapa.br/digital/bitstream/item/69233/1/Kiill.pdf

Klein, A. M. et al. (2007). Importance of pollinators in changing landscapes for world crops. Proceedings of the Royal Society of London. 274, 303-313. 10.1098/rspb.2006.3721.

Krul, A. J. & Emmel, R. (2016). O livro didático de história nos anos iniciais: usos, limites e possibilidades. Revista labirinto, ano XVI. 24 (1), 9-33, 2016.

Lajolo, M. (1996). Livro didático: um (quase) manual de usuário. Em aberto. 16(69), 03-09.

Malerbo-Souza, D. T. & Halak, A. L. (2009). Comportamento de forrageamento de abelhas e outros insetos nas panículas da mangueira (Mangifera indica L.) e produção de frutos. Acta Scientiarum Animal Sciences. 31 (3), 335-341. 10.4025/actascianimsci.v31i3.6678

Martins, C. (2013). A imagem fotográfica como uma forma de comunicação e construção estética: Apontamentos sobre a fotografia vencedora do World Press Photo 2010. Biblioteca On-line de Ciências da Comunicação (BOCC), 1-21. http://www.bocc.ubi.pt/pag/martins-celia-2013-imagem-fotografica-como-uma-forma-de-comunicacao.pdf

Moura, A. R. M., Valois, R. S. & Sedano, L. (2019). Análise do enfoque investigativo em atividades experimentais de uma coleção de livros didáticos. Revista de Educação, Ciências e Matemática. 9 (3), 139-159.

Nascimento, J. S. et al. (2019). Monitoramento ambiental Impactos ambientais movidos pelo desmatamento sucessivo da Amazônia legal. Brazilian Journal of Development. 5 (12), p. 33157-33167. 10.34117/bjdv5n12-368

Ollerton, J., Winfree, R. & Tarrant, S. (2011). How many flowering plants are pollinated by animals? Oikos. 120 (3), 321–326. 10.1111 / j.1600-0706.2010.18644.x

Peruzzolo, M. C., Cruz, B. C. F. Da & Ronqui, L. (2019). Polinização e produtividade do café no Brasil. PUBVET (LONDRINA).14, p. 1-6.

Pêssoa, K.; Favalli, L. (2017). Novo Pitanguá. Ensino Fundamental. Moderna.

Pettis, J. S. et al. (2013). Crop pollination exposes honeybees to pesticides which alters their susceptibility to the gut pathogen Nosema ceranae. PloS one. 8 (7). 10.1371/journal.pone.0070182

Porto, A. P. B., Ramos, L. M. P. & Goulart, S. M. G. (2017). Coleção quatro cantos. Ensino Fundamental. Dimensão.

Rosa, J. M. et al. (2019). Desaparecimento de abelhas polinizadoras nos sistemas naturais e agrícolas: Existe uma explicação? Revista de Ciências Agroveterinárias.18(1), 154-162. 10.5965/223811711812019154

Ronqui, L. & Sousa, Q. B. de. (2022). Poluição ambiental: conteúdo dos livros didáticos de ciências. Cadernos UniFOA, Volta Redonda (RJ), Ahead of Print. https://revistas.unifoa.edu.br/cadernos/article/view/3782

Sedano, L. & Carvalho, A. M. P De. (2017). Ensino de Ciências por Investigação: Oportunidades de Interação Social e sua Importância para a Construção da Autonomia Moral. Alexandria: Revista de Educação em Ciência e Tecnologia. 10(1), 199-220. 10.5007/1982-5153.2017v10n1p199

Silva, C. I Da. et al. (2014). Guia ilustrado de abelhas polinizadoras no Brasil. USP.

Silva, C. I Da., Filho, A. J. De S. P.& Freitas, B. M. (2015). Polinizadores manejados no Brasil e sua disponibilidade para a agricultura. Associação Brasileira de Estudos das Abelhas - A.B.E.L.H.A. Agricultura e Polinizadores, São Paulo - SP.

Silva, M. S. N. & Araujo, A. S. (2018). Leitura no livro didático: uma análise das atividades de compreensão/interpretação textual. Anais Eletrônicos do IV SEFELI. 4. https://ri.ufs.br/jspui/handle/riufs/10038

Sousa, E. F. de. et al. (2016). Comparativo Bibliográfico Sobre A Sustentabilidade De Empreendimentos Apícolas Do Sertão Paraibano. Acta Apícola Brasílica. 4(2), 01 - 07.

Tavares, V. De F. M., Da Silva, C. B. & Gaglianone, M.C. (2016). Abelhas e Polinização: Análise em Livros Didáticos de Ciências e Confecção de Materiais Paradidáticos. 7º congresso Brasileiro de Extensão Universitária.

Vieira, M. M., Bendini, J. & Borges, K. M. L. (2012). Educação Ambiental e abelhas: o que dizem os livros didáticos de biologia? Revista Brasileira de Educação Ambiental (RevBEA). 16(3), 404-414.

Vieira, P. F. D. S. P. et al. (2010). Valor econômico da polinização por abelhas mamangavas no cultivo do maracujá-amarelo. Revista Ibero-americana de Economia Ecológica,.15, 43-53.

Villas-Bôas, J. (2012). Manual Tecnológico: Mel de abelha sem ferrão. ISPN.

Xavier, F. R., Toledo, S. M. A. & Cardoso, Z. S. (2020). Programa Nacional do Livro e do Material didático (PNLD): caminhos percorridos. Revista Educação em Debate, 42(82), 186-202.

Yamamoto, A. C de A. (2017). Buriti mais Ciências. Moderna.

Published

23/05/2022

How to Cite

SILVA, A. de A. .; MOTA, I. de O. .; RONQUI, L. Reflective essay on bees in plants: analysis of textbooks of elementary school. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e26411729845, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.29845. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/29845. Acesso em: 7 jul. 2022.

Issue

Section

Education Sciences