Initial training and professional teaching practice: narrative of a Physical Education teacher

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i9.31546

Keywords:

Teacher Education; Professional Development; Physical Education; Initial teacher training; Teaching.

Abstract

Studies on the professional trajectory and training of teachers are important for reflection on teacher training and professional development. The objective of this study is to unveil the relevant plots for the training of teachers in Physical Education and to interpret the initial trajectory of teacher training. This study is characterised as a qualitative approach, where the narratives of a Physical Education teacher were collected through the interview technique, from which an analysis was carried out that dialogued with the thinking of other authors. The results indicate that knowing the life story of a teacher, focussing on the constitution of their initial training, gives us the possibilities to understand that such training is part of a historical process.

Author Biographies

Symon Tiago Brandão de Souza, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Membro do grupo de estudos e pesquisa em Educação Física Escolar (GEPEFE-UECE).

Arliene Stephanie Menezes Pereira, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Doutoranda em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE).Mestra em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte(UFRN). Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Líder do grupo de pesquisa Corponexões: corpo, cultura e sociedade (IFCE).  

Daniel Pinto Gomes, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Mestre e Doutorando em Educação pela Universidade Federaldo Ceará (UFC). Membro do Grupo de Pesquisa Antropologia da Educação superior, políticas educacionais e escola (UFC). Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Thaidys da Conceição Lima do Monte, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Doutora e mestra em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Especialista no Ensino de Educação Física pela Faculdade Farias Brito (FFB) e em Atendimento Educacional Especializado pela Universidade Estadual de Maringá (UEM). Graduada em Educação Física pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI). Docente do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE). Integrante dos Grupos Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (Gepefe-UECE) e Educação, Saúde e Exercício Físico (GPESEF-IFCE).

Felipe Cavalcante Brasileiro, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará

Mestre em Educação  pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Graduado em Educação Física (UECE). Docenete do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE).

Francisco Jadson Franco Moreira, Universidade Estadual do Ceará

Doutorando em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Mestre em Educação Profissional em Saúde (Fiocruz/Rj). Graduado em Psicologia pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR). 

Carlos Átila Lima dos Santos, Universidade Federal do Ceará

Mestrando em Educação pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Graduado em Educação Física Licenciatura (UFC). Membro do grupo de pesquisa Saberes em Ação (UFC).

Pedro Henrique Silvestre Nogueira, Centro Universitário UniJaguaribe

Mestre em Educação e Ensino pela Universidade Estadual do Ceará (MAIE/UECE). Licenciatura em Educação Física (Fametro). Professor no Centro Universitário UniJaguaribe. Integrante dos Grupos Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (Gepefe-UECE).

Mileyde Bárbara Santos Guedes, Prefeitura Municipal de João Pessoa

Mestra em Educação Física pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN). Graduada em Educação Física pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB). Professora efetiva da prefeitura de João Pessoa.

Leandro Nascimento Borges, Centro Universitário UniJaguaribe

Mestre em Educação pela Universidade Estadual do Ceará (UECE). Graduado em Educação Física (Unifametro). Professor no Centro Universitário UniJaguaribe. Integrante dos Grupos Estudos e Pesquisas em Educação Física Escolar (Gepefe-UECE).

References

Abreu, S. M. B. de., Sabóia, W. N. & Nobrega-Therrien, S. M. (2019). Formação Docente em Educação Física: perspectivas de uma racionalidade pedagógica do corpo em movimento. Revista Educação & Formação, 4, 3, 191-206. https://doi.org/10.25053/redufor.v4i12.897

André, M. (2010). Formação de professores: a constituição de um campo de estudos. Educ. Form., 33, 3, 174-181.

Almeida, L. & Fensterseifer, P. E. (2008). Professoras de Educação Física: duas histórias, um só destino. Movimento, 13, 2, 13-35. https://doi.org/10.25053/redufor.v4i12.897

Bracht, V. (1992). Educação física e aprendizagem social. Magister.

Brandenburg, C., Pereira, A. S. M. & Fialho, L. M. F. (2019). Práticas reflexivas do professor reflexivo: experiências metodológicas entre duas docentes do ensino superior. Práticas Educativas, Memórias E Oralidades - Rev. Pemo, 1(2), 1–16. https://doi.org/10.47149/pemo.v1i2.3527

Colombo, B. D. & Cardoso, A. L. (2008). Formação inicial em Educação física e atuação na escola: a hora da verdade. Motrivivência, Ano XX, 30, 111-127. https://doi.org/10.5007/2175-8042.2008n30p111

Cruz, M. M. S., Reis, N. S,, Carvalho. S. C. S. & Medeiros, A. G. A. (2019). Formação profissional em educação física: história, avanços, limites e desafios. Caderno de Educação Física e Esporte, Marechal Cândido Rondon, 17, 1, 227-235. https://doi.org/10.36453/2318-5104.2019.v17.n1.p227

Darido, S. C. (2012). Educação física na escola: conteúdos, suas dimensões e significados. In: Universidade Estadual Paulista. Prograd. Caderno de formação: formação de professores didática geral. São Paulo: Cultura acadêmica, 16, 51-75. http://acervodigital.unesp.br/handle/123456789/41549.

Falcão, G. M. B. & Farias, I. M. S. (2020). Identidade e formação docente: metamorfoses de uma guerreira. Ver. FAEEBA – Ed. E Contemp., Salvador, 29, 57, 175-189. 10.21879/faeeba2358-0194

Garcia, C. M. (1999). Estrutura conceptual da Formação de Professores. In: Formação de Professores: para uma mudança educativa. Porto: Porto Editora. p. 136- 258.

Imbérnon, F. (2000). Formação docente e profissional. (3a ed.), Cortez.

Matos, T., Nista-Piccolo, V. & Borges, M. (2016). Formação de professores de Educação Física: identidade profissional docente. Conhecimento & Diversidade, 8(15), 47-59. http://dx.doi.org/10.18316/2237-8049.2016.5

Minayo, M. C. S. (org.). (2001). Pesquisa Social. Teoria, método e criatividade. (18a ed.), Vozes.

Pires, V., do Nascimento, J. V., Farias, G. O. & Suzuki, C. C. M. (2017). Identidade docente e educação física: Um estudo de revisão sistemática. Revista Portuguesa De Educação, 30(1), 35–60. https://doi.org/10.21814/rpe.7415

Nóvoa, A. (2000). Os professores e as histórias da sua vida. In: Nóvoa, A. (org.). Vidas de professores. (2a ed.), Porto Editora, p. 11-30.

Nóvoa, A. (1991). Profissão Professor. Porto: Porto Editora.

Nóvoa, A. (2017). Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cad. Pesqui., 47, 166, 1106-1133. https://doi.org/10.1590/198053144843

Pereira, A. S. M. & Gomes, D. P. (2018). Educación Física en Brasil: recorrido histórico educativo de 1851 a 2017. Lecturas: Educación Física Y Deportes, 22(238), 94-101. https://www.efdeportes.com/efdeportes/index.php/EFDeportes/article/view/93.

Quelhas, Á. A. & Nozaki, H. T. (2006). A formação do professor de educação física e as novas diretrizes curriculares frente aos avanços do capital. Motrivivência, Ano XVIII, 26, 69-87.

Sarti, F. M. (2012). O triângulo da formação docente: seus jogadores e configurações. Educação e Pesquisa, 38, 2, 323-338. http://dx.doi.org/10.1590/S1517-97022012000200004

Santos, N. Z., Almeida, F. Q. & Bracht, V. (2009). Vida de professores de Educação Física: o pessoal e o profissional no exercício da docência. Movimento (ESEFID/UFRGS), 15, 2, 141-165. https://doi.org/10.22456/1982-8918.3067

Sousa, A. C. B. de, & Pereira, A. S. M. (2020). Paulo Freire, o andarilho da utopia: reflexões para a transformação social através da educação. Práticas Educativas, Memórias E Oralidades - Rev. Pemo, 2(2), 1–18. https://doi.org/10.47149/pemo.v2i2.3755

Souza, S. T. B. de. (2022). História da Educação Física no ensino superior no Ceará (de 1965 a 1976): implicações dessa trajetória [recurso eletrônico]..162 f.: il. Dissertação (MESTRADO ACADÊMICO) - Universidade Estadual do Ceará, Centro de Educação, Curso de Programa de Pós-graduação em Educação - Mestrado Acadêmico, Fortaleza.

Taffarel, C. Z., Lacks, S. & Santos Júnior, C. L. (2006). Formação de professores de Educação Física: estratégias e táticas. Motrivivência, Ano XVIII, 26, 89-111. https://doi.org/10.5007/%25x

Zeichner, K., Payne, K. & Brayko, K. (2015). Democratizing teacher education. Journal of Teacher Education, 66, 2, 122-135. https://doi.org/10.1177/0022487114560908

Published

02/07/2022

How to Cite

SOUZA, S. T. B. de; PEREIRA, A. S. M.; GOMES, D. P.; MONTE, T. da C. L. do; BRASILEIRO, F. C. .; MOREIRA, F. J. F. .; SANTOS, C. Átila L. dos; NOGUEIRA, P. H. S.; GUEDES, M. B. S.; BORGES, L. N. Initial training and professional teaching practice: narrative of a Physical Education teacher. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 9, p. e3611931546, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i9.31546. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/31546. Acesso em: 4 oct. 2022.

Issue

Section

Education Sciences