Field Tennis as a social project

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i9.32035

Keywords:

Social project; Sport; Tennis; Teaching.

Abstract

The aim of the present study was to investigate the organization of a tennis court social project, including the profile of the participants, the reasons that lead children and adolescents to be included in the project, factors for participation and perception of practitioners about the social project. The subjects participating in the study were two Physical Education teachers and 46 students from different classes of the tennis social project developed by the Municipal Department of Sport and Leisure in the city of Uruguaiana/RS. Data collection involved the application of two questionnaires to the students of the project and a semi-structured interview with the teachers responsible for the development of this project. Participant observation was also carried out for two months in the project, using a field diary to record information. As a result, it was observed the concern of the social project in providing the teaching of tennis as a means for transforming the reality of the participants, where the main motivations for insertion occurred through the encouragement of a family member, friend or acquaintance who already participates in the classes, or even by the will of someone in charge. It was found that the main teaching strategy used was the Play and Stay methodology, which provides the learning of tennis along with fun and that, the permanence of the participants in the project occurred for reasons of fun and the desire to evolve in the sport. It is concluded that the project provides opportunities far beyond the teaching of sport, configuring itself as a space for social transformation.

Author Biographies

Rafaela Gonçalves Bellinazo, Universidade Federal do Pampa

Licenciatura em Educação Física, Universidade Federal do Pampa

Patrícia Becker Engers, Universidade Federal do Pampa

Doutoranda do PPG Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde da Universidade Federal do Pampa

Phillip Vilanova Ilha, Universidade Federal de Santa Maria

Professor do magistério superior da Universidade Federal de Santa Maria, Centro de Educação, departamento de Metodologia do Ensino. Também é docente permanente do Programa de Pós-Graduação de Educação em Ciências: Química da Vida e Saúde, da Universidade Federal do Pampa.

References

Aburachid, L. M. C., Greco, P. J., & Silva, S. R. (2014). A Influência da Prática Esportiva sobre o Conhecimento Tático no Tênis. Revista da Educação Física/UEM, 25(1), 15-22. https://www.scielo.br/j/refuem/a/CkMpZ5HgKvKmLCHLjYBfwKP/?format=pdf&lang=pt

Balzano, O. N., Rodrigues, A. L. de P., Silva, G. F. da, & Munsberg, J. A. S. (2019). O futebol como ferramenta de inclusão social e escolar. Pensar a Prática, 22(54835). https://repositorio.ufc.br/bitstream/riufc/62794/1/2019_art_onbalzano.pdf

Bardin, L. (2011). Análise de Conteúdo. São Paulo: Edições 70.

Barreto, M. G., & Barros, E. P. (2016). Avaliação de projetos sociais: estudo de caso do projeto caminhos de barro. In: 7º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária, Instituto Federal Fluminense, Campos dos Goytacazes/RJ, Anais do 7º Congresso Brasileiro de Extensão Universitária. https://cbeu.ufop.br/anais_files/f7e7b89b15f3b18886c1489d590803c1.pdf

Bernardes, A. G., Yamaji, B. H. S., & Guedes, D. P. (2015). Motivos para prática de esporte em idades jovens: um estudo de revisão. Motricidade, 11(2), 163-173. https://revistas.rcaap.pt/motricidade/article/view/3066/5305

Castro, S. B. E. de, & Souza, D. L. (2011). Significados de um projeto social esportivo: um estudo a partir das perspectivas de profissionais, pais, crianças e adolescentes. Movimento, 17(4), 145-163. https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/22268/14886

Chaiben, M. O., & Silva, K. V. C. L. (2019). Inclusão social através do futebol. Salão de Extensão, Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/168504/Resumo_15076.pdf?sequence=1

Cortela, C. C., Fuentes, J. P., Aburachid, L. M. C., Kist, C., & Cortela, D. N. R. (2012). Iniciação Esportiva ao Tênis de Campo: um retrato do programa play and stay à luz da pedagogia do esporte. Conexões: Revista da Faculdade de Educação Física da UNICAMP, 10(2), 214-234. https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/conexoes/article/view/8637683/5374

Costa, L. C. A., Vissoci, J. R. N., Modesto, L. M., & Vieira, L. F. (2014). O sentido do esporte para atletas de basquete em cadeiras de rodas: processo de integração social e promoção de saúde. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 36(1), 123-140. https://www.scielo.br/j/rbce/a/W4tP64KbkstpD5p55hVZMbH/?format=pdf&lang=pt

Destro, A. D. (2019). A inclusão social de adolescentes através do esporte: o caso de um programa público de esporte na cidade de Curitiba. Trabalho de Conclusão de Curso de Bacharelado em Educação Física- Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, PR, Brasil. http://riut.utfpr.edu.br/jspui/bitstream/1/24263/1/CT_COEFI_2019_2_31.pdf

Freire, G. L. M., Souza Neto, A. C. de, Santos, M. da C., Tavares, J. E. T., Oliveira, D. V. de, Nascimento Junior, J. R. A. do. (2020). Desenvolvimento de habilidades para a vida em adolescentes praticantes de esportes individuais. Research, Society and Development, 9(8), e154985557. http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v9i8.5557

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. São Paulo: Atlas.

Godtsfriedt, J., Andrade, A., & Vasconcellos, D.I.C. (2014). Treinamento Mental no Tênis: revisão sistemática da literatura. Revista Brasileira de Ciências do Esporte, 36(2), 577-586. https://www.scielo.br/j/rbce/a/n9cfsYHPrrCTpHBbJRq5qJH/?lang=pt&format=pdf

Herold, G. (2012). O método play and stay: uma revolução na iniciação ao ensino do tênis para crianças. Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Educação Física- Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Porto Alegre, RS, Brasil. https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/61864/000865368.pdf?sequence=1&isAllowed=y

Machado, G. V., Galatti, L. R., & Paes, R. R. (2015). Pedagogia do esporte e projetos sociais: interlocuções sobre a prática pedagógica. Movimento, 21(2), 405-418. https://www.seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/48275/34216

Mello, A. S., Silva, J. S., Jorge, R. S., Schneider, O., & Santos, W. (2018). Representações Sociais dos Participantes de Projeto Esportivo de Vitória. Movimento, 24(2), 399-412. https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/65543/48562

Oliveira, J. F. (2019). Esporte e ascensão social no Brasil: o caso da atleta Rafaela Silva. Trabalho de Conclusão de Curso- Universidade Federal de Pernambuco. Vitória de Santo Antão, PE, Brasil. https://repositorio.ufpe.br/bitstream/123456789/42631/1/Oliveira%2c%20Jos%c3%a9%20Fernando%20de.pdf

Santos, A. C., Schmitz, J. M., Stedile, S., Voltz, C. E. P., & Zucchetti, D. T. (2020). As percepções de pais sobre a participação dos filhos num projeto social localizado no Bairro Santo Afonso/NH e a relevância da educação não escolar. In: SEFIC, Universidade La Salle. Anais do SEFIC 2020. https://anais.unilasalle.edu.br/index.php/sefic2020/article/viewFile/2138/2202

Santos, M. A. G. N., Freire, E. dos S., Bastos, F. da C., & Mazzei, L. C. (2019). A percepção dos gestores sobre os objetivos do esporte nos municípios. Cuadernos de Psicología del Deporte, 19(3), 179-189. https://scielo.isciii.es/pdf/cpd/v19n3/1578-8423-CPD-19-3-00179.pdf

Silva, A. L. R. (2019). Projetos sociais e esporte: significados da prática pedagógica de Educação Física. Trabalho de Conclusão de Curso- Universidade Federal Rural de Pernambuco. Recife, PE, Brasil. https://repository.ufrpe.br/bitstream/123456789/1779/1/tcc_andreluisrodriguesdasilva.pdf

Souza, D. L., Vialich, A. L., Eiras, S. B., & Mezzadri, F. M. (2010). Determinantes para a implementação de um projeto social. Motriz, 16(3), 689-700. https://www.scielo.br/j/motriz/a/jQpk4m3cSXCd7WVCC4dzRDL/abstract/?lang=pt

Stephanou, L., Müller, L. H., & Carvalho, I. C. de M. (2003). Guia para elaboração de projetos sociais. São Leopoldo, RS: Sinodal, 2003. https://aplicacoes.mds.gov.br/sagirmps/ferramentas/docs/guia-para-elaboracao-de-projetos-sociais.pdf

Zucchetti, D. T., Moura, E. P. G., & Menezes, M. M. (2014). A artesania de um fazer a prática do trabalho de educadores. Revista Brasileira de Educação, 19(59), 967-985. https://www.scielo.br/j/rbedu/a/G7RYF4ctf6PY3QZ7Q5bZK9z/?format=pdf&lang=pt

Published

14/07/2022

How to Cite

BELLINAZO, R. G.; ENGERS, P. B.; ILHA, P. V. Field Tennis as a social project. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 9, p. e42011932035, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i9.32035. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32035. Acesso em: 10 aug. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences