Photovoltaic solar energy: transformation, evolution, environmental aspects and approaches in the classrooms

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i9.32533

Keywords:

Solar energy; Solar panel; Power generation; Methodological scenarios.

Abstract

The great challenges that emerge from the continuous increase in the world population, such as the consumption of food, water and energy, bring sustainability as a way of raising awareness of environmental care. The article brings a dialogic reflection with researches that discuss photovoltaic solar energy as one of the alternatives for such cares. In this discussion, we propose to dialogue with concepts that address the transformation of Solar Energy into Electric Energy, to present some sustainable environmental innovations, punctuate statistical data on the social-economic impact, to address solar panels updates and explain a theoretical-practical approach for the classroom. In general, photovoltaic solar energy is attractive, and has shown technological advances in the field of semiconductors and in the production of photovoltaic cells. Among the renewable energy resources, solar energy stands out for offering a clean source for generating electricity with zero emission of greenhouse gases into the atmosphere. In the context of the classroom, an environment with different spaces for the construction of scientific knowledge and reflection is exposed, opportune for the assessment of factors that impact on learning, according to the involvement and results achieved. We emphasize that the reality of each school environment implies decision-making by the teacher and that adapting, modifying, remixing and/or problematizing the suggestion of the proposed methodological scenarios can provide opportunities for reflective practices according to students’ profile.

Author Biographies

Adriana Tenir Egéa de Oliveira, Universidade de Passo Fundo

Doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM) da Universidade de Passo Fundo (UPF)

André Alves Sobreira, Universidade de Passo Fundo

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM) da Universidade de Passo Fundo (UPF)

Hozana Freitas da Costa, Universidade de Passo Fundo

Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM) da Universidade de Passo Fundo (UPF)

José dos Santos Ferreira, Universidade de Passo Fundo

Doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM) da Universidade de Passo Fundo (UPF)

Carlos Ariel Samudio Perez, Univeridade de Passo Fundo

Docente do Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências e Matemática (PPGECM) da Universidade de Passo Fundo (UPF)

References

Absolar. (2021). Panorama da solar fotovoltaica no Brasil e no mundo. https://www.absolar.org.br/mercado/infografico/

Agência Nacional de Energia Elétrica (Brasil). (2016). Micro e minigeração distribuída: sistema de compensação de energia elétrica / Agência Nacional de Energia Elétrica. 2. Ed. – Brasília: ANEEL.

América do sol. (2021). https://americadosol.org/potencial-solar-no-brasil/

Atlas Brasileiro de Energia Solar. (2017). 2° Edição, INPE. http://ftp.cptec.inpe.br/labren/publ/livros/Atlas_Brasileiro_Energia_Solar_2a_Edicao.pdf

Borba, M. C. (2004). A pesquisa qualitativa em educação matemática. Anais da 27ª reunião anual da Anped. Caxumba, MG, 21-24, nov., p. 1-18.

Brasil. (2018). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília, 2018. http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC_EI_EF_110518_versaofinal_site.pdf

Brasil. (2018). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília. http://basenacionalcomum.mec.gov.br/abase/

Carneiro, C. (2010). Electromagnetismo b módulos fotovoltaicos características e associações. (Dissertação de Mestrado, Universidade do Minho, Escola de Ciências, Departamento de Física, 2º Ano do Mestrado Integrado em Engenharia Civil, 18 p. Minho).

Colatusso, R. A. (2018). A energia solar e sua contribuição na matriz energética do Paraná: aspectos socioambientais e de sustentabilidade local. (Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Paraná, Setor de Ciências Agrárias, Programa de Pós-Graduação em Meio Ambiente e Desenvolvimento, 137 p. Curitiba).

Dantas, S. G. (2020). Oportunidades e Desafios da Geração Solar Fotovoltaica no Semiárido do Brasil. http://repositorio.ipea.gov.br/bitstream/11058/9680/1/TD_2541.pdf

Dantas, S. G. & Pompermayer, F. M. (2018). Viabilidade Econômica de Sistemas Fotovoltaicos no Brasil e possíveis efeitos no Setor Elétrico. Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada. Brasília: Rio de Janeiro: Ipea.

Fadigas, E. A. F. A. (2004). Energia Solar Fotovoltaica: Fundamentos, Conversão e Viabilidade técnico-econômica. GEPEA – Grupo de Energia, Escola Politécnica Universidade de São Paulo.

Irena. (2021). https://www.irena.org/

Lakatos, E. M. & Marconi, M. A. (2003). Fundamentos de Metodologia Científica. São Paulo, SP.

Lüdke, M. & André, M. E. D. A. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU.

Marques, I. C. A. & Delvizio, E. S. (2020). Estudo de viabilidade técnica de microgeração residencial fotovoltaica. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. Ano 05, Ed. 05, Vol. 03, pp. 166-203, maio.

Olhar digital. (2021). Painel solar orgânico. https://olhardigital.com.br/2021/02/06/videos/painel-solar-organico-produzido-no-brasil-transforma-luz-em-energia-limpa-2/?gfetch=2021%2F02%2F06%2Fvideot%2FBrasiliassa-valmistettu-orgaaninen-aurinkopaneeli-muuttaa-valon-puhtaaksi-energiaksi-2%2F

Palz, W. (2002). Energia solar e fontes alternativas. UNESCO: Hemus.

Portal Energia. (2021). ENERGIAS RENOVÁVEIS. http://portal-energia.com/painel-solar-organico-brasil/

Portal Solar. (2021). Como funciona uma célula fotovoltaica. https://www.portalsolar.com.br/celula-fotovoltaica.html

Raupp, F. M., & Beuren, I. M. (2006). Metodologia da pesquisa aplicável às Ciências Sociais. In I. M. Beuren (Ed.), Como Elaborar Trabalhos Monográficos em Contabilidade: Teoria e Prática (3rd ed., pp. 76-97). São Paulo: Atlas.

Santos, I. J. (2018). ESTUDOS DE CASO DE UM SISTEMA FOTOVOLTAICO CONECTADO À REDE. 122 fls. Engenharia elétrica – Centro Universitário UNIFACVEST, Lages.

Selo solar. (2021). https://www.selosolar.com.br/selo-solar/

Tawalbeh, M. et al. (2021). Environmental impacts of solar photovoltaic systems: A critical review of recent progress and future outlook. Science of The Total Environment. Volume 759, 10 march.

Topsun. (2021). https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/especial-publicitario/top-sun/top-sun-energia-solar/noticia/2021/03/02/responsabilidade-social-pesquisa-aponta-que-87percent-dos-brasileiros-preferem-empresas-com-praticas-sustentaveis.ghtml

Published

20/07/2022

How to Cite

OLIVEIRA, A. T. E. de; SOBREIRA, A. A.; COSTA, H. F. da; FERREIRA, J. dos S.; PEREZ, C. A. S. Photovoltaic solar energy: transformation, evolution, environmental aspects and approaches in the classrooms . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 9, p. e25811932533, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i9.32533. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/32533. Acesso em: 10 aug. 2022.

Issue

Section

Education Sciences