Teaching training in professional and technological education

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i11.33763

Keywords:

Teacher training; Teaching; ETP; ETP training policies.

Abstract

This work is an excerpt from the máster thesis research, Teacher Profile At Ept: Analysis Of The Knowledge And Practices Of Teachers Who Work At Ifce, associated with the postgraduate program in Professional and Technological Education - ProfEPT. The main objective of the study is to reflect on the training of teachers in ETP (Professional and Technological Education), the legislation and the challenges and perspectives in this teaching modality. In terms of methodology, it is a study with a qualitative approach, supported by historical-dialectical materialism and exploratory and descriptive objectives. The bibliographic technique was also used through the work of authors who deal with teacher training at ETP. Reflections on the subject brought the following results: it was established that this training must be continuous for the development of the teaching and learning process; there is a lack of guidelines for teacher training for EPT that consider the work regime, as well as the offer of courses consistent with the reality of teachers.

Author Biographies

Cinthya Suely Miranda Saraiva de Carvalho, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará

Pedagoga do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará- IFCE. Especialista em Gestão Escolar e Coordenação Pedagógica. Mestranda do PROFEPT.

Antônia de Abreu Sousa, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará

Doutora em Educação com ênfase em Financiamento da Educação, pela Universidade Federal do Ceará. Atualmente desenvolve suas atividades de docência no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará - IFCE. É integrante do Núcleo de Pesquisa em Educação Profissional (NUPEP) e do Laboratório de Estudos sobre o Trabalho e Qualificação Profissional (LABOR).

Elenilce Gomes de Oliveira, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará

Desenvolve atividades no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará. Membro do Fórum Estadual de Educação do Ceará. Colabora com o Programa de Pós-graduação em Educação Brasileira/UFC. Coordena o Laboratório de Estudos do Trabalho e Qualificação Profissional (LABOR). Co-Fundadora do Núcleo de Pesquisa em Educação Profissional (NUPEP). Edita e publica livros sobre trabalho-educação, políticas educacionais, Ensino Médio e Educação Profissional e Tecnológica.

Antônia de Fátima Rodrigues de Sousa, Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Ceará

Graduada em Educação Profissional Científica e Tecnológica - EPCT, pelo Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Ceará- IFCE (2018) e em História pela Universidade Estadual do Ceará- UECE, (2000). Especialista em Educação a Distância pela Universidade Estadual do Ceará- UECE, Educação Ambiental pela Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologia do Ceará (IFCE) e em Metodologias do Ensino de História pela Universidade Estadual do Ceará- UECE. 

Francisca Deylane Pinheiro de Andrade, Faculdade Estácio de Teresina

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Estadual do Piauí (2010). Atualmente é professora - Secretaria Municipal de Educação. Tem experiência na área de Educação, com ênfase em polivalência, Especialista em gestão e supervisão escolar. Atualmente estudante de graduação em Arquitetura e Urbanismo.

References

ANPED. (2021). Nota de Repúdio às Novas Diretrizes Curriculares Nacionais para Educação Profissional e Tecnológica. (DCNEPT - Resolução CNE/CP 01). http://sintef.org.br/wp/wp-content/uploads/2021/03/nota-de-repudio-DCNEPT.pdf.

Araújo, R. M. de L. (2008). Formação de docentes para a educação profissional e tecnológica: Por uma pedagogia integradora da educação profissional. Trabalho & Educação. 17(2), 31-52.

Bardin, L. (2016). Análise de conteúdo. São Paulo: Edições 70.

BRASIL.(2017). Presidência da República. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional - Lei nº 9.394/1996. (4ª. ed.): Senado Federal. Atualizada. https://www2.senado.leg.br/bdsf/handle/id/572694.

Brasil. (2016). Presidência da República. Decreto nº. 8. 752/2016. Brasília, 2016a. Diário Oficial da União, Brasília, DF. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2015-2018/2016/decreto/d8752.htm.

Brasil, (2014). Lei nº 13.005, 25 de junho de 2014. Aprova o Plano Nacional de Educação - PNE e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. https://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2014/lei/l13005.htm.

Brasil. (2008). Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008 – Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm

Brasil. (1997). Decreto nº 2. 207 de 15 de abril de 1997. Regulamenta, para o Sistema Federal de Ensino, as disposições contidas nos arts. 19, 20, 45, 46 e § 1º, 52, parágrafo único, 54 e 88 da Lei n. 9394, de 20 de dezembro de 1996, e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2008/lei/l11892.htm

Brittes, L. R., & Ahmad, L. A. S. (2022). Políticas públicas e trabalho docente no contexto da Educação Básica e Profissional. Research, Society and Development, 11(10), 1-10. e 138111032685, e-138111032685.

Ciavatta, M. (2008) Formação de professores para a educação profissional e tecnológica: perspectivas históricas e desafios contemporâneos. Educação Superior em debate, 8, Brasília: Inep.

Espindola, C. A. (2022). A constituição da aprendizagem docente na educação profissional e tecnológica: desafios e dilemas. Tese (Doutorado em educação). Universidade Federal de Santa Catarina. https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/234788/PEED1620-T.pdf?sequence=-1&isAllowed=y

Freire, P. (1982). Pedagogia do Oprimido. (11ª ed.): Paz e Terra.

Freitas, J. C. S. (2019). Caminhos e identidade: A institucionalização da EPT no MEC de 1997 a 2017. Dissertação (mestrado) – Instituto Federal do Espírito Santo. http://biblioteca.ifes.edu.br:8080/pergamumweb/vinculos/00001a/00001adb.pdf.

Gariglio, J. A., & Burnier, S. (2014) Os professores da educação profissional: saberes e práticas. Cadernos de pesquisa. 44, 154, 934-959. CP154_Miolo.indb (scielo.br).

Gil, A. C. (2002). Como elaborar projetos de pesquisa. (4ª ed.): Atlas.

Lima, M., & Mercês, T. Das. (2021). Relações históricas da Resolução CNE/CP nº 1/2021: implicações para a formação docente na Educação Profissional. Revista Diálogo Educacional, Curitiba l (21). 1563- 1582. https://periodicos.pucpr.br/dialogoeducacional/article/view/28341/25204

Machado, L. R. de S. (2008). Diferenciais inovadores na formação de professores para a educação profissional. Revista Brasileira de Educação Profissional e Tecnológica,1, 8-22. https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/2862.

Machado, L. R. de S. (2011). O desafio da formação dos professores para EPT e Proeja. In: Educação & Sociedade, 32, (116). 689-704. https://www.scielo.br/j/es/a/DDvbwbkydBpTjC4TwYf4gRB/?format=pdf.

Maldaner, J. J. (2017). A formação docente para a educação profissional e tecnológica: breve caracterização do debate. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica, l. 2, (13).182-195. https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/RBEPT/article/view/5811 .

Manacorda, M. A. (2007). Marx e a pedagogia moderna. Tradução: Newton Ramos de Oliveira. Editora Alínea.

Marconi, M. A., & Lakatos, E. M. (2017). Fundamentos de metodologia científica. (8ª. Ed.) Atlas.

Minayo, M. C. de S. (2008). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. (27ª. ed.) Petrópolis: Vozes.

Monteiro, L. de F. (2021). A formação continuada de professores propiciada pelo Instituto de Corresponsabilidade pela Educação no Centro Estadual de Educação Profissional Professor João Faustino Ferreira Neto. Dissertação (Mestrado em Educação Profissional) – Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte. https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=11183283.

Moura, D. H. (2008). A formação docente para uma educação profissional e tecnológica socialmente produtiva. In: Formação de professores para educação profissional e tecnológica. Brasília: INEP.193-223.

Moura, (2014). D. H. Trabalho e formação docente na educação profissional. Coleção Formação Pedagógica. 3. 1-112. Curitiba: Instituto Federal do Paraná. https://curitiba.ifpr.edu.br/wp-content/uploads/2016/05/Trabalho-e-Forma%C3%A7%C3%A3o-Docente.pdf.

Oliveira, J. A., & Silva, Y. F. O. (2018). Perfil e Percepções sobre a Prática Pedagógica do Professor Bacharel na Educação Profissional. Holos.3. 348-366.

Pivetta, H. M. F. (2006). Concepções de formação e docência dos professores do curso de fisioterapia do Centro Universitário Franciscano. Dissertação de mestrado, Universidade de Santa Maria, RS. https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/6958/HEDIONEIA.pdf?sequence=1.

Ramos, M. N. (2010). Implicações políticas e pedagógicas da EJA integrada à educação profissional. Revista Educação e Realidade, 35.1. https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/11029.

Schwartz, S., Vieira, M. A., & Abrão, R. K. (2022). Um olhar para as novas diretrizes concernentes à formação docente. Research, Society and Development, 11(7), e24211730087- e24211730087.

Souza, A. S., et al. (2021). Precarização do trabalho docente: reflexões em tempos de pandemia e pós pandemia. Ensino em Perspectivas, Fortaleza. 2, (2). Disponível em: https://revistas.uece.br/index.php/ensinoemperspectivas/article/view/4975.

Souza, T. R. de A., & Souza, J. F. (2018). Formação Profissional e Perfil Docente da Educação Profissional e Tecnológica: um estudo no IFTM - Campus Paracatu. Holos, 3, 303–314. https://doi.org/10.15628/holos.2018.2916. https://www2.ifrn.edu.br/ojs/index.php/HOLOS/article/view/2916.

Vergara, S. C. (2021). Projetos e relatórios de pesquisa em administração. (3ª. ed.), Atlas.

Vieira, R. V. S. (2000). Trajetória de vida docente e sua contribuição para a prática pedagógica na educação profissional e tecnológica. Dissertação (Mestrado). Instituto Federal do Paraná- PR. https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=11064649.

Published

27/08/2022

How to Cite

CARVALHO, C. S. M. S. de; SOUSA, A. de A.; OLIVEIRA, E. G. de; SOUSA, A. de F. R. de; ANDRADE, F. D. P. de. Teaching training in professional and technological education. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 11, p. e430111133763, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i11.33763. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/33763. Acesso em: 3 oct. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences