Indigenous themes and law 11.645/2008 in the context of an amazon public school in a decolonial reading

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i14.36150

Keywords:

Law 11.645/2008; Education; Pedagogical practice.

Abstract

The purpose of this article is to discuss the indigenous theme and Law 11.645/2008 in the context of a public school in the Amazon. The study sought to understand and demonstrate how Law 11.645/2008, which provides for the inclusion of the study of Indigenous History and Culture in Basic Education curricula, is shown in the curricular discussions and practices developed by teachers of Elementary School I (1st to 5th Year) of a public school of the state education network in the city of Ji-Paraná - RO. As for the theoretical field, Cultural Studies and their possible articulations with the field of teacher training and other fields of knowledge production stand out. In order to think about culture and education, teacher training and school curriculum, we use the following authors: Bhabha, Hall, Bonin, Baniwa, Preto and Silva, among others who contributed to the understanding of the concepts of the researched theme. In methodological terms, the research is inspired by Bricolage by articulating strategic resources such as: interviews, mini-course and Discussion Group. The research showed the absence of teacher training in the area of ​​indigenous history and culture. There were attempts not to stereotype the indigenous people, however, the theme appears in teaching practices in specific ways, that is, on commemorative dates or when they appear in textbooks.

Author Biography

Genivaldo Frois Scaramuzza, Universidade Federal de Rondônia

Doctor in Education from the Dom Bosco Catholic University (UCDB). Professor at the Federal University of Rondônia.

References

Alves, S.O., & Beltrão, M.E. (2021). “Vamos brincar de Índio”: BNCC e apropriação indígena nos anos iniciais do Ensino Fundamental. In: TELES, Tayson Ribeiro (Org). Linguagens, literaturas, culturas, identidades e direitos indígenas: análises, reflexões e Perspectivas. Curitiba: Bagai.

Beltrão, H. G., Mota, E.R.L.C., & Bomfim, F.R. (2022). O “dia do índio” e a apropriação cultural na educação infantil: o que pensam as professoras? Revista Latino-Americana de Estudos Científicos. 3 (14).

Bergamaschi, M. A., & Gomes, L. B. (2012). A temática indígena na Escola: ensaios de educação intercultural. Currículo sem Fronteiras. 12, 53-69.

Bergamaschi, M. A. (2012). Entrevista: Gersem Dos Santos Luciano- Gersem Baniwa. Revista História Hoje. 1 (2), 127-148.

Bhabha, H. K. (2013). O local da cultura. Belo Horizonte: Editora UFMG.

Bonin, T. I. (2010). Educação Escolar Indígena e Docência: princípios e normas na legislação em vigor. In: Bergamaschi, M. A. Povos indígenas e educação. Porto Alegre: Mediações.

Gomes, N. L. (2008). Indagações sobre o Currículo: Diversidade e Currículo. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica.

Hall, S. (2013). Da Diáspora: Identidades e Mediações Culturais. Ed.UFMG/ UNESCO.

Hall, S. (2006). A identidade cultural na pós-modernidade. DP&A.

Kincheloe, J. L. & Berry, K. S. (2007). Pesquisa em educação: conceituando a bricolagem. Porto Alegre: Artmed.

Luciano, G. J. D. S. (2017). Educação intercultural: direitos, desafios e propostas de descolonização social no Brasil. Cadernos CIMEAC. 7 (1).

Luciano, G. J. D. S. (2006). O índio brasileiro: o que você precisa saber sobre os povos indígenas no Brasil de hoje. MEC/SECAD; LACED/Museu Nacional (Coleção Educação para Todos) Série Vias dos Saberes. 1, 168-233.

Minayo, M. C. D. S. (Org.). (2007). Pesquisa Social: Teoria, Método e Criatividade. Vozes.

Preto, F. F. (2017). Formação de professores, interculturalidade e educação indígena: contribuições descoloniais no espaço da escola regular. Dissertação. (Mestrado em Educação), Universidade La Sall, Canoas, Rio Grande do Sul.

Paladino, M., & Russo, K. (2016). A Lei 11.645 e a visão dos professores do Rio de Janeiro sobre a temática indígena na escola. Revista brasileira de educação. 21 (67), 897-921.

Silva, T. T. (2011). Documentos de identidade: uma introdução as teorias do currículo. Autêntica.

Silva, A. B. D. (2018). Evidências e ausências da Lei n.º 11.645/2008 (história e culturas indígenas) em escolas da rede pública de Ji-Paraná, RO. Dissertação. (Mestrado em Educação), Universidade Federal de Mato Grosso.

Silva, E. H. (2019). Índios: pensando o ensino e questionando as práticas pedagógicas. Revista de estudo e pesquisa em Educação. Juiz de Fora, 21 (2), 168-186.

Silva, E., & Silva, M. da P. (2020). A temática indígena na sala de aula: reflexões para o ensino a partir da Lei 11.645/2008. 3ª ed., UFPE.

Vieira, J. J. (2008). Jogo de mulher e jogo pra valer: revisitando as representações sociais discentes sobre uma velha dicotomia. Universo do corpo 255-266.

Published

23/10/2022

How to Cite

CARVALHO, . L. M. de .; SCARAMUZZA, G. F. . Indigenous themes and law 11.645/2008 in the context of an amazon public school in a decolonial reading . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 14, p. e171111436150, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i14.36150. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/36150. Acesso em: 8 dec. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences