“I bless you, God who heals you”: an analysis of the resistance of the mourners in the culture of the city of Fagundes-PB

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i14.36627

Keywords:

Cultural geography; Faith; Folk medicine; Women.

Abstract

The present work has as its main objective, to start a reflection on the culture of the mourners, very striking in the Northeast region, especially in the city of Fagundes - PB. We will bring here aspects that will start from the very origin of the Brazilian population, contemplating the historical context of the construction of female knowledge and the respective mystical atmosphere that involves this knowledge - especially in the Middle Ages - until the use of this knowledge as a support to the methods advances in modern medicine. This work was elaborated through the method of bibliographical research in an exploratory way with a qualitative approach, which was used several sources, such as: online access to books and articles on the subject in question Throughout the discussion and results that is involved through of a singular concern, we can observe the symbiotic relationship between this knowledge built on the basis of the woman's relationship with nature and aspects related to faith, which bring with them references from different religious matrices, which, here in Brazil, Began to form , based on this relationship, a complex range of other relationships, which appear secondarily. In this way, a perspective of continuity of this form of cultural expression is identified, but that this continuity tends to decrease over the years, the new generation does not seek prayer as an instrument for healing and resolving illnesses. It can also be observed that this practice has been decreasing with the advancement of medical sciences and that access to medicines today is easier. It is concluded that, the rezadeiras are considered as a family and religious cultural figure, aimed at solving everyday problems, and they see their craft as a gift, in which God, but which is passed on by generation, and, the new generations do not seek to acquire this knowledge.

References

Alves, E. F. (2020). Estado e planejamento educacional no contexto do federalismo: o processo de elaboração dos planos municipais de educação em Goiás. 2020. 279 f. Tese (Doutorado em Educação) - Universidade Federal de Goiás, Goiânia.

Barros, N. F. (2002). Da medicina biomédica à complementar: um estudo dos modelos da prática médica. Tese de doutorado em saúde coletiva, DMPS/UNICAMP, Campinas, 386pp.

Barrios Diaz, J. A. S. (2017). Jogo dos espelhos: rejeição e engajamento nas relações entre Brasil e Moçambique (1975-2015).

Biroli, F. (2016). Teoria política e feminismo-abordagens brasileiras. Horizonte.

Borges, V. P. (2017). O que é história. Brasiliense.

Borinelli, M. L. (2006). Estrutura conceitual básica de controladoria: sistematização à luz da teoria e da práxis. Tese de Doutorado. Universidade de São Paulo.

Branski, R M.; Franco, Raul A. C.; LIMA, Junio Orlando Fontes. (2010). Metodologia de estudo de casos aplicada à logística. In: XXIV ANPET Congresso de Pesquisa e Ensino em Transporte. p. 2023-10.

Campos, I. D., & Asp, D. G. S. (2019). Realismo maravilhoso e circularidade cultural: crença no invisível atordoa o pensamento? (Região Bragantina-PA). Revista Territórios e Fronteiras, 12(1), 151-171.

Chasqui, J. W. B., Machado, I. C. B., Braga, C. D. B. A. B., Teixeira-da-Silva, R. H., Silva, M. A. C. D., Föetsch, A. A., ... & Aguiar, J. H. D. (2021). Geografia cultural do feminino: enfoques e perspectivas.

Corrêa, M. (2013). As ilusões da liberdade: a escola Nina Rodrigues e a antropologia no Brasil. SciELO-Editora FIOCRUZ.

Cortez, E. A. (2009). Religiosidade e espiritualidade no ensino de enfermagem: contribuição da gestão participativa para a integralidade no cuidado (Doctoral dissertation, Tese [Doutorado em enfermagem]. Rio de Janeiro: Escola de enfermagem Anna Nery/UFRJ).

Claval, Paul. (2007). A Geografia Cultural. (3ª ed.), Editora da UFSC,

Corrêa, Roberto Lobato. (2014). Introdução à Geografia Cultural. (6ªed.) DFL,

Federici, Silvia. (2019). Mulheres e caça às bruxas. São Paulo Boitempo,

Freitas, W. R. S; Jabbour, Charbel JC. (2011). Utilizando estudo de caso (s) como estratégia de pesquisa qualitativa: boas práticas e sugestões. Revista Estudo & Debate, 18(2).

IBGE. (2013). Estudos e Análises: características étnico-raciais da população subtítulo. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), (2ed.) Milhorato.

Rodrigues, P.; Guimaraes, E. H. R. (2016). Desafios e possibilidades da implantação da metodologia sala de aula invertida: Estudo de caso em uma Instituição de Ensino Superior privada. Revista de gestão e secretariado, 7(3), 253-276.

Ortiz, R. (2017). Universalismo e diversidade. Boitempo Editorial.

Perinotto, A. R. C. (2013). Investigando a comunicação turística de Parnaíba/PI-Brasil: Internet e redes sociais, descrição e análise. Revista Turydes, 6(15), 15.

Perrot, M. (2007). Minha história das mulheres. Tradução: Ângela M. S. Corrêa. São Paulo Contexto.190 p.

Portuguez, A. P. (2015). Espaço e cultura na religiosidade afro-brasileira. Clube de Autores.

Praça, F. S. G. (2015). Metodologia da pesquisa científica: organização estrutural e os desafios para redigir o trabalho de conclusão. Revista Eletrônica “Diálogos Acadêmicos, 8(1), 72-87.

Schenato, V. C. (2014). Identidades, diferenças e tensões: um estudo sobre o campesinato em contextos sociais rurais do Sul e no Nordeste brasileiro.

Silva, A. F. (2021). O papel das rezadeiras como protagonistas de práticas simbólicas culturais. Revista Espaço acadêmico, edição especial – agosto/2021.

Vaz, D. M. (2019). A construção da identidade negra e a representatividade dos alunos negros do curso de licenciatura em Letras-Línguas Adicionais da Unipampa.

Yin, R. K. (2015). Estudo de Caso-: Planejamento e métodos. Bookman editora.

Published

31/10/2022

How to Cite

SILVA , E. C. B. da .; BORGES, I. M. S.; FERNANDES , A. C. G. .; PESSOA, D. de S. .; MARTINS, M. S. .; SILVA, J. A. da . .; MEDEIROS, L. R. de A.; RAMALHO , M. M. de C. L. .; CANUTO, P. R. G. .; SOUZA , F. de O. de . “I bless you, God who heals you”: an analysis of the resistance of the mourners in the culture of the city of Fagundes-PB. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 14, p. e422111436627, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i14.36627. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/36627. Acesso em: 9 dec. 2022.

Issue

Section

Human and Social Sciences