Analysis of drug disposal: a perspective of basic education students' knowledge

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v12i1.39383

Keywords:

Environmental education; Incorrect disposal; Drug.

Abstract

Worldwide, the consumption of medicines has been increasing, especially after the covid-19 pandemic,  consequently, there is a greater storage and disposal of medicines, however most people do not know the proper way to dispose of it. Therefore, it is necessary to raise awareness and sensitize the population in relation to correct disposal. This study aimed to survey the profile and prior knowledge of high school students from both public and private schools with regard to medication disposal. An exploratory and descriptive research methodology with a quantitative approach was used and the study took place in the city of Campina Grande - PB. Data were obtained by applying a questionnaire on Google Forms. The results obtained indicated that most families of public school students store their medicines in cabinets (48.1%) while families of private school students (42.4%) store them in a specific place for medicines. Regarding the other questions about the reading of the leaflet, drug expiration date, harmful effect on human health of expired medicine, disposing of medications, likely disposal site and if in your city you have already observed a disposal site, the highest percentages had the same response profile for both school systems, indicating that regardless of the school system, it is necessary to adopt the cross-cutting theme in the basic education curriculum in order to arouse students' interest and curiosity about the topic.

Author Biography

André Miranda da Silva, Universidade Estadual da Paraíba

Unidade Acadêmica de Engenharia Química

Programa de Pós Graduação em Engenharia Química

References

Almeida, A. A., Sousa, M. C. B. C., Soares, T. O., Morais, A. E. F., & Assunção, N. B. (2019). Descarte inadequado de medicamentos vencidos: Efeitos nocivos para a saúde e para a população. Revista Saúde e Meio Ambiente, 9 (2), 155-162.

ABEP. (2019). Critério de Classificação Econômica Brasil. Associação Brasileira de Empresas de Pesquisa.

Barros, M. F., Lima, C. C. S., Santos, T. A., & Varges, J. S. (2021). Analysis of the knowledge of students of a private college in the interior of Bahia about the correct. Research, Society and Development, 10 (7), 1-7.

Brasil. (1997). Parâmetros Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental. Brasília. Ministério da Educação.

Brasil. (2004). Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Resolução da Diretoria Colegiada – RDC Nº 306, de 7 de dezembro de 2004. Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde.

Brasil. (2010). Ministério do Meio Ambiente. Lei Nº 12.305, de 2 de agosto de 2010. Institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos. < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2007-2010/2010/lei/l12305.htm >.

Brasil. (2018). Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular. Brasília.

Brasil. (2018). Ministério da Saúde. Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Resolução da Diretoria Colegiada – RDC Nº 222, de 28 de março de 2018. Dispõe sobre o Regulamento Técnico para o gerenciamento de resíduos de serviços de saúde.

Brasil. (2020). Congresso Nacional. Decreto nº 10.388, de 5 de junho de 2020 - Regulamenta o § 1º do caput do art. 33 da Lei nº 12.305, de 2 de agosto de 2010, e institui o sistema de logística reversa de medicamentos domiciliares vencidos ou em desuso, de uso humano, industrializados e manipulados, e de suas embalagens após o descarte pelos consumidores.

Caldas, A. F., Oliveira, C. S., & Silva, D. P. Resistência bacteriana decorrente do uso indiscriminado de antibióticos. Scire Salutis, 12, 1-7.

CFF. (2020). A desigualdade no consumo de medicamentos. Conselho Federal de Farmácia (CFF).

Dombrovski, L., Kuester, R. M., Rosa, P. B., Sestile, C. C., Tenfen, A., & Neis, V. B. (2021). Evaluation of the consumption profile, storage and disposal of medicines by individuals who attend private pharmacies in Jaraguá do Sul - SC. Research, Society and Development, 10 (9), 1-11.

Fernandes, M. R., et al. (2020). Armazenamento e descarte dos medicamentos vencidos em farmácias caseiras: problemas emergentes para as saúde pública. Einstein, 18, 1-6.

Ferreira, C. M., Abreu, D. S. F., & Rapado, L. N. (2019). Estudo relacionado ao descarte de medicamentos. REDE- Revista Expressão da Estácio, 2, 84-93.

Freitas, R. M. C. C., & Castro, E. C. F. (2022). The drug waste disposal in Brail: A regulatory analysis. Research, Society and Development, 11 (9), 1-7.

Lopes, B. A., Drombovski, L., Rosa, P. B., Sestile, C. C., Tenfen, A., & Neis, V. B. (2021). Avaliação nos cuidados com armazenamento e descarte de medicamentos por acadêmicos de uma Faculdade do Sul do Brasil. Brazilian Journal of Development, 7 (1), 7783-7797.

Macedo, L. C., & Uhlmann, L. A. C.(2021). Relevância da leitura da bula de medicamentos. Pubsáude, 7, 1-8.

Maria, R. B., & Andrade, L. G. (2022). Atuação do farmacêutico na orientação de descarte de medicamentos e seus impactos socioambientais. Revista Ibero-Americana de humanidades, Ciências e Educação, 8 (4), 307-315.

Milhomem, A. C. M., & Lucena, M. R. (2022). Armazenamento e descarte de medicamentos por moradores do bairro Corina, Porto Franco MA. Journal of Development, 8 (6), 43738-43759.

Oliveira, C. M., Sena, M. P. M., Sales, C. A, Souza, M. F. R., Melo, R. B. C., Freitas, C. S., Mello, A. G. N. C., & Sena, L. W. P. (2022). O papel do farmacêutico na logística reversa de medicamentos no Brasil: uma revisa integrativa. Research, Society and development, 11 (1), 1-9.

Pereira, C. G., Aguiar, A. M., Mendes, R. C., & Marques, A. E. F. (2021). Descarte de medicamentos residencial: uma revisão integrativa. Revista Contexto & Saúde, 21 (43), 97-105.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J., & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. [free e-book]. Santa Maria/RS. Ed. UAB/NTE/UFSM.

Rodrigues, S. R., Freitas, M. D., & Dalbó, S. (2018). Descarte domiciliar de medicamentos e seu impacto ambiental: análise da compreensão de uma comunidade. Brazilian Applied Science Review, 2 (6), 1857-1868.

Sousa, P. V. A., Sousa, M. S., Sousa, G. S., Souza, O. G. B., & Santos, T. S. (2020). Effects of drug disposal on the environment. Research, Society and Development, 9 (7), 1-11.

Souza, B. L., Silva, K. K. F., Silva, L. M. M., & Araujo, A. S. A. (2021). Logística reversa de medicamentos no Brasil. Brazilian Journal of Development, 7 (1), 21224-21234.

Sousa, T, M., & Orssatto, C. S. (2022). Conscientização da população acerca do descarte de medicamentos. Revista Científica da faculdade de educação e Meio Ambiente – FAEMA, 13, 1-5.

Souza, R. K., Rodrigues, R. M., Rodrigues, L. A., & Conterno, S. F. R. (2022). Coleta de dados online na visão de professores de psicologia. Revista Pesquisa Qualitativa, 10 (24), 176-191.

Vieira, F. M. (2021). Resíduos farmacêuticos: riscos ambientais do descarte inadequado de medicamentos. Natural Resources, 11 (1), 74-81.

Vital, C. M. F., Araújo, E. M. C., & Abreu, C. R. C. (2022). Descarte de medicação: Controle do impacto socioambiental. Revista JRG de Estudos Acadêmicos, 5 (10), 91-100.

Published

01/01/2023

How to Cite

SILVA, A. M. da .; LIMA, L. M. R. .; MORAIS, S. A. de .; SILVA, V. L. M. de M. . Analysis of drug disposal: a perspective of basic education students’ knowledge. Research, Society and Development, [S. l.], v. 12, n. 1, p. e4712139383, 2023. DOI: 10.33448/rsd-v12i1.39383. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/39383. Acesso em: 3 feb. 2023.

Issue

Section

Teaching and Education Sciences