Assessment of learning in Youth and Adult Education - EJA: qualitative and quantitative analysis of Brazilian scientific production between 2016 and 2021

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v12i1.39767

Keywords:

Evaluation; Youth and adult education; Teaching.

Abstract

This article deals with the evaluation of learning specifically in Youth and Adult Education - EJA. The objective was to qualitatively and quantitatively analyze empirical research that dealt with the evaluation process in the EJA teaching modality. To this end, a survey was carried out in the Digital Bank of Theses and Dissertations - BDTD, in the Theses and Dissertations Catalog of CAPES and SCIELO in the periods from 2016 to 2021. Brazil. The results appreciated that the investigators chose to work with qualitative research and the case study, but there was a predominance of the use of counseling. Regarding the evaluation practices, the use of evaluation as a measuring instrument was not observed, on the contrary, the focus was precisely on evaluating in a formative perspective respecting the specificity of the students.

References

Alves, F. C. (2002). Diário – Um contributo para o desenvolvimento profissional dos professores e estudo dos seus dilemas. Editora Instituto Politécnico de Viseu.

Bardin, L. (2011). Análise de conteúdo. Editora Almedina.

Bitti, T. D. P. (2016). Avaliação em Química na Educação de jovens e Adultos: um estudo de caso. Dissertação (Mestrado Profissional em Gestão Social, Educação e Desenvolvimento Regional) – Faculdade Vale do Cricaré. São Mateus – ES, Brasil.

Borges, T. F. (2010). Quem são os sujeitos da Educação de Jovens e Adultos (EJA). As condições históricas – sociais que produziram a baixa escolaridade de Jovens e Adultos no Brasil.

Carvalho. Â. P. (2017). Construção de portfólio: uma proposta para a avaliação da aprendizagem no ensino de química na EJA. Dissertação (Mestrado em Ensino de Ciências). Universidade de Brasília. Brasília - DF, Brasil.

Cervo, A. L, Bervian, P. A, & Silva, R. (2007). Metodologia Científica. Editora Pearson Prentice Hall.

Charlot, B. (2013). Da relação com o saber: elementos para uma teoria. Editora Artes Médicas Sul.

Cruz, A. C.S (2018). Avaliação e prática pedagógica EJA. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento. 1 (3), 05-26

Dias, A.S. (2015). Avaliação da aprendizagem na educação de jovens e adultos na Escola Municipal José Duarte de Azevedo: discurso e prática dos professores. Estação Científica (UNIFAP). 5 (1), 99-113.

Educação de Jovens e Adultos: a luta pelo direito à aprendizagem (2011).

Fernandes, D. (2009). Avaliar para aprender. Fundamentos, práticas e políticas. 7 (2), 367-373.

Freire, P. (2005). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. (31 ed.). Paz e Terra

Freire, P. (2018). Pedagogia da Autonomia: saberes necessários à prática educativa. (56. ed) Paz e Terra.

Garcia, R. P. M, & Tenório, R. M. (2012). O uso e as potencialidades do feedback processual na avaliação da aprendizagem. In: TENORIO, R. M, Ferreira, R. A., Lopes, U. M, orgs. Avaliação e Resiliência – diagnosticar, negociar e melhorar. 1 (1), 353-375.

Gatti, B. A. (2005). Grupo Focal na pesquisa em ciências sociais e humanas. Líber Livro Editora.

Haydt, R. C. C. (2008). Avaliação do processo ensino-aprendizagem. Editora Ática.

Lopes, R. S. (2019). Autoavaliação na educação de jovens e adultos em uma escola pública do Paranoá-Distrito Federal: diferentes concepções que se entrecruzam. Dissertação (Mestrado em Educação) – Faculdade de Educação, Universidade de Brasília. Brasília - DF, Brasil.

Marconi, M. A & Lakatos, E. M. (2003). Fundamentos da Metodologia Científica. Editora Atlas.

Minayo, M. C. S (Org.). (1994). Pesquisa social: teoria método e criatividade. Editora Vozes.

Minayo, M. C. S. (2014). O desafio do conhecimento: pesquisa qualitativa em saúde. Hucitec Editora.

Martins, M. C. (2017). Avaliação da Aprendizagem na Educação de Jovens e Adultos: desafios e possibilidades docentes no cotidiano escolar. Dissertação (Mestrado em Educação). Universidade Federal de Ouro Preto. Minas Gerais – MG, Brasil.

Nascimento, C. M. V, BassanI, E, & Pinel, H. (2009). Avaliação da Aprendizagem na Educação de Jovens e Adultos: Buscando Sentidos.

Pantoja, P. F. Freitas, Encarnação, S.P, & Silva, G. A. (2018). Avaliação formativa como ação significativa do processo de aprendizagem no ensino fundamental I.

Rausch, R. B. Silva, M. Z, & Theiss, V. (2013). Avaliação Formativa no Processo Ensino e Aprendizagem na Educação Superior: Um Estudo de Caso Realizado na Disciplina de Matemática Financeira. Revista Race. 12 (3), 363-298.

Roveda, C. A. et al. (2018). Pesquisas denominadas Estado da Arte sobre Avaliação e Matemática na Educação Infantil. Revista Latino-Americana de Estudos em Cultura e Sociedade. 4 (763), 1-11.

Santana, C. S. (2017). Avaliação Mediadora no Processo de Ensino e Aprendizagem de Jovens e Adultos. Dissertação (Mestrado Profissional em Educação de Jovens e Adultos) - Universidade do Estado da Bahia. Salvador. Salvador -Ba, Brasil.

Souza, C. M, Nascimento, V. O. & Santos, P. B. S. (2016). O processo avaliativo na educação de jovens e adultos: estudo de caso da Escola Municipal Suécia – Lagarto/Sergipe. Revista Ciências Humanas e Sociais. 15 (3), 159-170.

Thiollent, M. (1986). Metodologia da pesquisa. Editora Cortez.

Vosgerau. D.S. & Romanowsk, J. P. (2014). Estudos de revisão: implicações conceituais e metodológicas. Rev. Diálogo Educ. 14 (41), 165-189.

Yin, R. K. (2002). Estudo de caso: planejamento e métodos. Editora Bookman.

Published

10/01/2023

How to Cite

CONCEIÇÃO, J. L. M.; CÉSAR, R. V. de M.; ASSIS, C. P.; FERREIRA , F. N. . Assessment of learning in Youth and Adult Education - EJA: qualitative and quantitative analysis of Brazilian scientific production between 2016 and 2021. Research, Society and Development, [S. l.], v. 12, n. 1, p. e24312139767, 2023. DOI: 10.33448/rsd-v12i1.39767. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/39767. Acesso em: 3 feb. 2023.

Issue

Section

Review Article