An analysis of national guidelines to twentieth century for the teacher training courses to teach mathematics in the basic education

Authors

  • Marcelo Dias Pereira Centro Universitário da FEI
  • Ruy César Pietropaolo Universidade Anhanguera

DOI:

https://doi.org/10.17648/rsd-v1i1.5

Keywords:

Norming; Minimum curriculum; Twentieth century; Licentiate of mathematics

Abstract

The article has the objective of introducing an analysis the guidelines that regulate the training courses for teachers for Basic Education, in twentieth century, especially the documents related the initial training courses to teach Mathematics in final years of Elementary School and High School. It's, consequently, a documental analysis, with qualitative nature, in which we can have an idea about teachers formation trajectory in the cited period, focusing to analyze this formation nowadays.

References

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Indicação n.º 7, de 9 de dezembro de 1971. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 24-25.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer n.º 81, de 12 de fevereiro de 1965. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 563-564.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer n.º 292, de 14 de novembro de 1962. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 45-48.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer n.º 295, de 14 de novembro de 1962. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 622.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Parecer n.º 1.687, de 7 de junho de 1974. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 123-129.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Portaria Ministerial n.º 46, de 26 de fevereiro de 1965. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 564-565.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Portaria Ministerial n.º 432, de 19 de julho de 1971. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 617-621.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução n.º 1, de 17 de janeiro de 1972. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 26.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução n.º 5, de 16 de junho de 1978. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 133.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução n.º 30, de 11 de julho de 1974. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 129-135.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução n.º 37, de 14 de fevereiro de 1975. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 133-135.

BRASIL. Conselho Federal de Educação. Resolução s/n, de 14 de novembro de 1962. CONSELHO FEDERAL DE EDUCAÇÃO. Currículos mínimos dos cursos de graduação. Brasília: Departamento de Documentação e Divulgação, 1979, p. 622-623.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução n.º 2, de 26 de junho de 1997. Dispõe sobre os programas especiais de formação pedagógica de docentes para as disciplinas do currículo do ensino fundamental, do ensino médio e da educação profissional em nível médio. Brasília: Diário Oficial da União, 15.07.1997, p. 14.929, seção 1.

BRASIL. Conselho Nacional de Educação. Conselho Pleno. Resolução n.º 2, de 27 de agosto de 2004. Adia o prazo previsto no art. 15 da Resolução CNE/CP 1/2002, que institui Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, em nível superior, curso de licenciatura, de graduação plena. Brasília: Diário Oficial da União, 01.09.2004, p. 17, seção 1.

BRASIL. Ministério da Educação. Conselho Nacional de Educação, Apresentação. 2011. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/index.php?option=com_content&view=article&id=14303%3Acne-atribuicoes&catid=323%3Aorgaos-vinculados&Itemid=753>. Acesso em junho de 2016.

BRASIL. Presidência da República. Constituição da República dos Estados Unidos do Brasil, de 16 de julho de 1934. Rio de Janeiro: Diário Oficial da União, 16.07.1934.

BRASIL. Presidência da República. Constituição dos Estados Unidos do Brasil, de 10 de novembro de 1937. Rio de Janeiro: Diário Oficial da União, 10.11.1937.

BRASIL. Presidência da República. Constituição dos Estados Unidos do Brasil, de 18 de setembro de 1946. Rio de Janeiro: Diário Oficial da União, 19.09.1946.

BRASIL. Presidência da República. Decreto Federal n.º 16.782, de 13 de janeiro de 1925. Estabelece o concurso da União para a difusão do ensino primário, organiza o Departamento Nacional do Ensino, reforma o ensino secundário e superior e dá outras providências. Rio de Janeiro, 1925. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto/1910-1929/D16782a.htm>. Acesso em junho de 2016.

BRASIL. Presidência da República. Decreto n.º 19.851, de 11 de abril de 1931. Dispõe que o ensino superior no Brasil obedecerá, de preferência, ao sistema universitário, podendo ainda ser ministrado em institutos isolados, e que a organização técnica e administrativa das universidades é instituída no presente Decreto, regendo-se os institutos isolados pelos respectivos regulamentos, observados os dispositivos do seguinte Estatuto das Universidades Brasileiras. Rio de Janeiro: Diário Oficial da União, 15.04.1931, p. 5.800.

BRASIL. Presidência da República. Decreto-Lei n.º 1.190, de 4 de abril de 1939. Dá organização à Faculdade Nacional de Filosofia. Rio de Janeiro, 1939. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/decreto-lei/1937-1946/Del1190.htm>. Acesso em junho de 2016.

BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 4.024, de 20 de dezembro de 1961. Fixa as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 1961. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L4024.htm>. Acesso em junho de 2016.

BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 5.692, de 11 de agosto de 1971. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 1971. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L5692.htm>. Acesso em junho de 2016.

BRASIL. Presidência da República. Lei n.º 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Estabelece as Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, 1996. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L9394.htm>. Acesso em 2016.

CANDAU, V. M.; LELIS, I. A. A relação teoria-prática na formação do educador. In: CANDAU, V. M. (org.). Rumo a uma nova Didática. Petrópolis: Vozes, 1993, p. 49-63.

FERREIRA, V. L.; SANTOS, V. de M. Contribuições ao Estudo da Construção da Metodologia do Ensino de Matemática como disciplina escolar no Brasil. In: História da Formação Docente no Brasil: Comunicações Científicas. IX Congresso Estadual Paulista sobre Formação de Educadores. Águas de Lindóia: UNESP, 2007.

PEREIRA, M. D. Um estudo sobre interpretações das diretrizes curriculares para o curso de licenciatura em Matemática por uma instituição federal de São Paulo. Tese de Doutorado (Educação Matemática). São Paulo: UNIBAN, 2013.

PÉREZ GÓMEZ, A. I.. In: SACRISTÁN, J. G.; PÉREZ GÓMEZ, A. I. Compreender e Transformar o Ensino. Tradução Ernani F. da Fonseca Rosa. Porto Alegre: Artmed, 1998, p. 354-379

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Estado da Educação e da Saúde Pública. Decreto n.º 6.283 de 25 de janeiro de 1934: cria a Universidade de São Paulo e dá outras providências. São Paulo, 1934. Disponível em: <http://www.al.sp.gov.br/repositorio/legislacao/decreto/1934/decreto-6283-25.01.1934.html>. Acesso em junho de 2016.

SHULMAN, L. S. Knowledge and Teaching: foundations of the new reform. In: Harvard Educational Review. V. 57, n. 1, p. 1-22, fevereiro, 1987.

SHULMAN, L. S. Those Who Understand: knowledge growth in teaching. In: Educational Research. V. 15, n. 2, p. 4-14, fevereiro, 1986.

Published

05/07/2016

How to Cite

PEREIRA, M. D.; PIETROPAOLO, R. C. An analysis of national guidelines to twentieth century for the teacher training courses to teach mathematics in the basic education. Research, Society and Development, [S. l.], v. 1, n. 1, p. 63-87, 2016. DOI: 10.17648/rsd-v1i1.5. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/5. Acesso em: 9 may. 2021.

Issue

Section

Articles