The perception of students on infrastructure Ifpb - Campus Guarabira

Authors

  • Valdir Cruz da Silva IFPB - INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DA PARAÍBA
  • Anna Cecília Chaves Gomes Instituto Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i2.561

Keywords:

Infrastructure; Quality; Perception.

Abstract

Infrastructure is part of significant importance in the teaching-learning process of an educational institution by virtue of providing the necessary support for the full performance of academic and administrative functions as well as providing satisfaction for the student and society in general. In this context the present article seeks to analyze the perception of the students of the Federal Institute of Paraíba - IFPB Campus Guarabira, about the infrastructure that the Campus offers. For this purpose, a questionnaire with 39 questions was elaborated based on the authors Pieri and Santos, (2014), containing aspects of existence or not of the infrastructure items. The research universe is composed of 528 students who were regularly enrolled. A simple random sampling with 95% confidence level and 5% error was performed, totaling a sample with 168 participants, where it was possible to observe that the items surveyed are within one expected quality for students, however, it was also observed that there is an urgent need to improve some of the items aimed at the full development of student life.

References

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Rio de Janeiro, RJ. Senado Federal: Centro Gráfico, 1937a.

BRASIL, 1937. Lei nº 378 de 13 de janeiro de 1937. Dá nova organização ao Ministério da educação e Saúde Pública. Diário Oficial. Rio de Janeiro. 15 de jun. 1937b.

BRASIL. Decreto 4.127 de 25 de fevereiro de 1942. Estabelece as bases de organização da rede federal de estabelecimentos de ensino industrial. Rio de Janeiro. 27 fev. 1942c.

BRASIL, 2008. Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008. Institui a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, cria os Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, e dá outras providências. Brasília. DF. 29 dez. 2008d.

BRASIL. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Lei nº 9.394, 20 de dezembro de 1996. Estabelece as diretrizes e bases da educação nacional. Brasília. DF. 20 dez. 1996e.

BRASIL. Expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica. 2017. Disponível em: <http://redefederal.mec.gov.br/>. Acesso em 02/10/2017.

BRASIL. Emenda Constitucional nº 95, DE 15 DE DEZEMBRO DE 2016. Altera o Ato das Disposições Constitucionais Transitórias, para instituir o Novo Regime Fiscal, e dá outras providências. Disponível em <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/emendas/emc/emc95.htm> . Acesso em 14/06/2018.

CARDOSO, André Luis Rabelo. A qualidade do gasto público: o caso dos Institutos Federais de Educação. 2016. [100] f., il. Dissertação (Mestrado Profissionalizante em Gestão Pública) – Universidade de Brasília, Brasília, 2016.

COMENTTO PESQUISA DE OPINIÃO. Calculadora amostral. Disponível em http://comentto.com/blog/calculadora-amostral/. Acesso em 10/01/2018.

DICIONÁRIO HOUAISS Conciso / Instituto Antonio. HOUAISS, organizador; editor responsável Mauro de Salles Villar. São Paulo: Moderna, 2011.

FRANCISCO, Wagner de Cerqueira e. "Infraestrutura"; Brasil Escola. Disponível em <http://brasilescola.uol.com.br/geografia/infraestrutura.htm>. Acesso em 19 de setembro de 2017.

GIOIELLI, Rafael. Forma e Conteúdo: O mau uso do espaço contraria a razão de ser das universidades. Caros Amigos, Ed. Especial, São Paulo, n. 9, p.26. Nov/2001.

GRASEL, DIRCEU. Avaliação de Qualidade e Melhoria do Ensino nas Instituições Federais de Ensino Superior Brasileiras. Revista de estudos sociais. 2002. V. 4 Nº 7.

Instituto Federal da Paraíba. Portal do Estudante. Ministério da Educação. Disponívelem:<https://estudante.ifpb.edu.br/cursos/?cidade=24&modalidade=&nome=&formacao=&nivel_formacao=TECNICO&turno=&forma_acesso=>.

Acesso em 11/12/2017.

Instituto Federal da Paraíba. Sobre o IFPB. Disponível em: <http://www.ifpb.edu.br/institucional/sobre-o-ifpb> Acesso em 20/03/2018.

KUENZER, A. Z. Ensino médio: construindo uma proposta para os que vivem do trabalho. São Paulo: Cortez, 2007.

LIBÂNEO, J.; FERREIRA, J.; SEABRA, M. Educação escolar: políticas, estrutura e organização. 6 ed. São Paulo: Cortez, 2008.

MARQUES, Carolina Sampaio.Pereira, BRENO Augusto Diniz. Alves, JULIANO alves. A Infraestrutura Universitária: Uma Análise Em Uma IES Pública. 2010.

MICHELOTTO, R. M.; COELHO, R. H.; ZAINKO, M. A. S.A política de expansão da educação superior e a proposta de reforma universitária do governo Lula. Educar, Curitiba, 2006. Editora UFPRE.

Ministério da Educação – MEC 2012. Relatório da Comissão Constituída pela Portaria nº 126/2012, sobre a Análise sobre a Expansão das Universidades Federais 2003 a 2012. Disponível em <http://www.andifes.org.br/wp-content/files_flutter/1361475592UFMT_-_Maria_Lucia_Neder_-_Relatorio_REUNI.pdf> Acesso em 05/10/2017.

Ministério da Educação. MEC 2017. Centenário da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Disponível em: <http://portal.mec.gov.br/setec/arquivos/centenario/historico_educacao_profissional.pdf>. Acesso em 28/12/2017.

MORAN, José Manuel. Ensino e Aprendizagem Inovadores com Tecnologias. Informática na Educação: Teoria e Prática. PGIE-UFRGS. Vol. 3, n 01, Setembro, 2000.

NERY, Marcelo. Motivos da Evasão Escolar. 2007. Disponível em < http://www.bibliotecadigital.abong.org.br/bitstream/handle/11465/1166/1789.pdf?sequence=1> Acesso em 12/06/2018.

NEVES, C. E. B. A estrutura e o funcionamento do ensino superior no Brasil. In:SOARES, Maria Suzana Arrosa (Org.). A educação superior no Brasil. Porto Alegre: UESCO/IESALC, 2002.

PACHECO, Eliezer Moreira. Os Institutos Federais: Uma Revolução na Educação Profissional e Tecnológica, Natal: IFRN, 2010.

PEREIRA, Francisco. Possibilidades da Construção de uma Educação Emancipadora em Cursos Tecnológicos: uma abordagem a partir de dois cursos localizados em Goiânia e Anápolis. Goiânia-GO, 2008.

Portal da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica. Centenário da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Disponível em: . Acesso em 06/01/2018.

Portal da Rede Federal de Educação Profissional Científica e Tecnológica. Centenário da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica.

Revista Brasileira de Medicina no Esporte. Atividade física e saúde na infância e adolescência. Disponível em <http://www.scielo.br/scielo.php?pid=S1517-86921998000400002&script=sci_arttext&tlng=pt> Acesso em 13/06/2018.

SANTOS, Alexandre André dos.PIERI, Renan Gomes de. Uma Proposta para o Índice de Infraestrutura Escolar e o Índice de Formação de Professores.

Brasília-DF, INEP/MEC, 2014. Disponível em:

<http://portal.inep.gov.br/documents/186968/485287/Uma+Proposta+para+o+%C3%8Dndice+de+Infraestrutura+Escolar+e+o+%C3%8Dndice+de+Forma%C3%A7%C3%A3o+de+Professores/19746685-13b1-4daf-88cb-08871cd79b42?version=1.0> Acesso em 10/09/2017.

SANTOS, Fabrício do Nascimento. ARAÚJO, Richard Medeiros de. COSTA, Fernando Torres da. JUNIOR, Thiago Ferreira Dias. Avaliando o PRONATEC no IFPB: um Estudo sobre Implementação. Revista UNIABEU. Belford Roxo V.9 Número 21 JANEIRO-ABRIL de 2016.

SILVA, Eliane Garcia da. A gestão da infra-estrutura física das Universidades no contexto do planejamento estratégico: estudo de caso em uma instituição universitária goiana. Florianópolis, UFSC, Programa de pós-graduação em Engenharia de Produção, 2003.

UNISESCAP. Noções de Tecnologia da Informação. 2017. Disponível em: <https://slidex.tips/download/nooes-de-tecnologia-da-informaao>. Acesso em 22/03/2018.

Published

01/01/2019

How to Cite

SILVA, V. C. da; GOMES, A. C. C. The perception of students on infrastructure Ifpb - Campus Guarabira. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 2, p. e782561, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i2.561. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/561. Acesso em: 4 jul. 2022.

Issue

Section

Education Sciences