Children’s literature and geometry: possible connections mapped by the state of knowledge

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7178

Keywords:

Children’s literatura; Geometry; Topological dimensions; Jean Piaget.

Abstract

This paper aims to present an excerpt, from an initial study, of a bibliographic dissertation, which put into discussion the development of topological relations, according to Piaget, in the construction of space by the child, from an interlocution with children's literature. With the intention of sharing with the teachers of the early school years the idea of exploring children's literature as an ally for the teaching of mathematics, this study aimed to develop didactic sequences that favored the development of topological dimensions, from the moments of storytelling. The interrelationship of children's literature with geometry, defended here as didactic potential, permeates the entire text and inserts research in the field of mathematical education. The construction of the state of knowledge showed that few studies have been done on this theme and, even less, with regard to topological relationships, which can be explored from children's stories. This result points to the need to broaden the field of research on children's literature and the teaching of geometry, showing that, from reading and analyzing the investigated productions, storytelling presents itself as a pedagogical resource to be explored as potential for teaching Mathematical Education, which the dissertation ended up contemplating in its writing, and which was socialized with the other researchers in the elaboration of an activity notebook with didactic sequences created from excerpts from “As aventuras do avião vermelho”, by Erico Veríssimo.Incluir o resumo em inglês.

Author Biographies

Raquel Fensterseifer Weissheimer, Escola Municipal Comunitária Parque Fragata - Capão do Leão

Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Católica de Pelotas . Pós Graduação em Gestão Educacional pela Universidade Federal de Pelotas e em Orientação Educacional pela Portal Faculdades.Experiência em sala de aula nos anos iniciais e supervisão/coordenação pedagógica nos anos iniciais e finais da educação básica. Mestrado Profissional em Educação e Tecnologia pelo Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia Sul rio-grandense (IFSUL), Pelotas/RS,Brasil.

Rafael Montoito, Federal Institute of Education, Science and Technology Sul-rio-grandense

Graduated in Mathematics (UFPel)
Master in Mathematics Education (UFRN)
Doctor of Science Education (UNESP)
Post-doctorate by the Department of English Literature (University of Birmingham, England

References

Arnold, D. S. (2016). Matemáticas presentes em livros de leitura: Possibilidades para a Educação Infantil (Dissertação de mestrado). Mestrado Profissional em Ensino de Matemática – Instituto de Matemática, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre.

Baldi, E. (2009). Leitura nas séries iniciais: uma proposta para formação de leitores. Porto Alegre: Editora Projeto.

Brasil. (2017) Base Nacional Comum Curricular: Educação Infantil e Ensino Fundamental. Brasília: MEC/Secretaria de Educação Básica.

Candido, A. (2004). O direito à literatura. In: Vários Escritos. Rio de Janeiro: Ouro Sobre azul: Duas Cidades, 169-191.

Colomer, T. (2007). Andar entre livros: a leitura literária na escola. São Paulo: Global.

Dolle, J. M. (1987). Para compreender Jean Piaget: Uma iniciação à psicologia genética piagetiana. Rio de Janeiro: Editora Guanabara S.A.

Farias, C. A. (2006). Alfabetos da alma: histórias da tradição na escola. Porto Alegre: Sulina.

Fernandes, T. C.A. (2015) Exploração de conceitos geométricos na educação pré-escolar através da Literatura Infantil (Dissertação de mestrado). Mestrado em Educação Pré-Escolar. Instituto Politécnico de Portoalegre: Portugal.

Gerhardt, T. E., & Silviera, D. T. (2009). Métodos de pesquisa. Porto Alegre, Editora da UFRGS. Recuperado de http://www.ufrgs.br/cursopgdr/downloadsSerie/derad005.pdf.

Lima, A. P. M. de. (2012) Acervos Complementares do PNLD 2010: um estudo sobre a relação entre a matemática e gêneros textuais (Dissertação de mestrado). Programa de Pós-Graduação em Educação, Matemática e Tecnologia, pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE.

Maria, de L. (2009). O clube do livro: ser leitor – que diferença faz? São Paulo: Globo.

Montoito, R. (2010). Chá com Lewis Carroll: a matemática por trás da literatura. Jundiaí: Paco Editorial.

Montoito, R. (2017). Sylvie e Bruno(s): um projeto sobre a inter-relação entre matemática e literatura a partir de uma obra de Lewis Carroll. Anais do Congresso Internacional de Ensino de Matemática. Canoas, RS, Brasil, 7.

Montoito, R., & Leivas, J. C. P. (2012). A representação do espaço na criança, segundo Piaget: os processos mentais que a conduzem à formação da noção do espaço euclidiano. Vidya, 32(2), 21-35. Recuperado de https://periodicos.ufn. edu.br/index.php/VIDYA/article/view/271

Morosini, M. C., & Fernandes, C. M. B. (2014). Estado do conhecimento: conceitos, finalidades e interlocuções. Educação por escrito, 5(2), 154-164. Recuperado de http://revistaseletronicas.pucrs.br/ojs/index.php/porescrito/article/view/18875/12399.

Piaget, J. e Inhelder B. (2006). A Psicologia da criança. Rio de Janeiro: Difel.

Piaget, J. (1973). Problemas de psicologia genética. Rio de Janeiro: Editora Forense.

Piaget, J. (1974). Epistemologia Genética e pesquisa psicológica. Rio de Janeiro: Freitas Bastos.

Piaget, J. (1993). A representação do espaço na criança. Porto Alegre: Artes Médicas.

Rio Grande do Sul. (2018). Referencial Curricular Gaúcho: Ciências da Natureza. Porto Alegre: Secretaria de Estado da Educação, Departamento Pedagógico.

Roedel, T. (2016). A importância da leitura e da literatura no ensino da matemática. Anais do Encontro brasileiro de estudantes de pós-graduação em educação matemática. Curitiba, PR, Brasil, 20.

Silva, A. G. da. (2014). O professor dos anos iniciais e o conhecimento da geometria (Dissertação de mestrado). Mestrado em Ensino de Ciências e Matemática – Universidade Federal de Alagoas, Maceió.

Silva, F. C., Machado, A. G. (2016). O ensino integrado de Matemática e Literatura Infantil nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Instituto de Educação Matemática e Científica – Universidade Federal do Pará, São Francisco do Pará.

Smole, S. K., & Cândido, P. (2010). Geometria, Literatura e Arte: conexões no ensino-aprendizagem de Matemática. Anais do Encontro Nacional de Educação Matemática. Salvador, BA, 10.

Veríssimo, E. (2017). As aventuras do avião vermelho. São Paulo: Companhia das Letrinhas.

Zilberman, R. (2003). A literatura infantil na escola. São Paulo: Global.

Weissheimer, R. F; Montoito, R. (2020). As aventuras do avião vermelho - Caderno de atividades – ensino fundamental – anos iniciais. Recuperado de https://educapes.capes.gov.br/handle/capes/573008.

Weissheimer, R. F. (2020). Literatura infantil e o ensino de geometria nos anos iniciais: as aventuras (topológicas) do avião vermelho (Dissertação de mestrado). Mestrado Profissional em Educação e Tecnologia do Instituto Federal Sul-rio-grandense. Pelotas, RS.

Published

16/08/2020

How to Cite

Weissheimer, R. F., & Montoito, R. (2020). Children’s literature and geometry: possible connections mapped by the state of knowledge. Research, Society and Development, 9(9), e245997178. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7178

Issue

Section

Education Sciences