Factors associated with anxiety and depression in university students

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7533

Keywords:

Education; Psychology; Behavior; Health.

Abstract

This study aimed to investigate factors associated with anxiety and depression in university students. A quantitative, cross-sectional and observational study realized with 1245 adults, university students from different areas of knowledge from a higher education institution in northwest Paraná participated. A questionnaire prepared by the authors with questions related to sex, age, area of ​​the course, and year they were enrolled was used. As an instrument, the Hospital Scale of “Anxiety and Depression” (HAD), adapted for the educational scope, was used. Data analysis was performed using the Kolmogorov-Smirnov, Kruskal-Wallis and Mann-Whitney and Chi-square tests (p<0.05). The results showed that students with a probable depression classification (Md = 24.3) had a higher body mass index (BMI) than students with an unlikely (Md = 23.0) and possible (Md = 23.5). There was a higher proportion of students with probable anxiety and depression among women (77.7%) and students in the humanities and social fields (65.6%). It was concluded that BMI, sex and the area of knowledge seem to be associated with anxiety and depression in university students.

References

Abib, J. A. D. (2001). Teoria moral de Skinner e desenvolvimento humano. Psicologia: Reflexão e Crítica, 14 (1), s. 107–117.

Alves, T. C. T. F. (2014). Depressão e ansiedade entre estudantes da área de saúde Depression and anxiety among medical students, 93 (3), s. 101–105.

Ariño, D. O. & Bardagi, M. P. (2018). Relação entre Fatores Acadêmicos e a Saúde Mental de Estudantes Universitários. Revista Psicologia em Pesquisa, 12 (3), s. 44–52.

Barbosa, L. N. F., Asfora, G. C. A. & Moura, M. C. (2020). Ansiedade e depressão e uso de substâncias psicoativas em jovens universitários. SMAD Revista Eletrônica Saúde Mental Álcool e Drogas, 16 (1), s. 1–8.

Barroso, S. M., Oliveira, N. R. de & Andrade, V. S. (2019). Solidão e Depressão: Relações com Características Pessoais e Hábitos de Vida em Universitários. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 35427 (2012), s. 1–12.

Bolsoni-Silva, A. T. (2011) Habilidades sociais e saúde mental de estudantes universitários: Construção e Validação do Q-ACC-VU e Estudos Clínicos em Análise do Comportamento (Tese de Livre-Docência). Faculdade de Ciências, Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, Bauru, SP, 2011.

Bolsoni-Silva, A. T. & Guerra, B. T. (2014). O impacto da depressão para as interações sociais de universitários. Estud. pesqui. psicol., 14 (2), s. 429–452.

Botega, N. J., Bio, M. R., Zomignani, M. A., Garcia Junior, C. & Pereira, W. A. B. (1995). Transtornos do humor em enfermaria de clínica médica e validação de escala de medida (HAD) de ansiedade e depressão. Revista de saúde pública, 29 (5), s. 355–363. doi:10.1590/S0034-89101995000500004.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (2018). Censo da Educação Superior 2017: divulgação dos principais resultados. Brasília: Autor.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (2019). Censo da Educação Superior 2018: notas estatísticas. Brasília: Autor.

Dias, I. et al. (2020). Estudo sobre a relação entre sintomas psicopatológicos e IMC na adultez e velhice. Psicologia, Saúde & Doença, 21 (01), s. 198–204.

Gomes, C. F. M., Pereira-Junior, R. J., Cardoso, J. V. & Silva, D. A. (2020). Transtornos mentais comuns em estudantes universitários: abordagem epidemiológica sobre vulnerabilidades, 16 (1), s. 1–8.

Jantaratnotai, N., Mosikanon, K., Lee, Y. & McIntyre, R. S. (2016). The interface of depression and obesity. Obesity Research & Clinical Practice, 11 (1), s. 1–10.

Langame, A. P. et al. (2016). Qualidade de vida do estudante universitário e o rendimento acadêmico. Revista Brasileira em promoção da Saúde, 29 (3), s. 3013–325.

Leão, A. M., Gomes, I. P., Ferreira, M. J. M. & Cavalcanti, L. P. de G. (2018). Prevalência e Fatores Associados à Depressão e Ansiedade entre Estudantes Universitários da Área da Saúde de um Grande Centro Urbano do Nordeste do Brasil. Revista Brasileira de Educação Médica, 42 (4), s. 55–65.

Ludwig, M. W. B. et al. (2006). Aspectos psicológicos em dermatologia: avaliação de índices de ansiedade, depressão, estresse e qualidade de vida. PSIC - Revista de Psicologia da Vetor Editora, 7 (2), s. 69–76.

Organização Mundial da Saúde [OMS] (2002). Saúde mental: nova concepção, nova esperança. Relatório mundial da saúde. Lisboa: Autor.

Saxena, S., Sharan, P., Garrido, M. & Saraceno, B. (2006). World Health Organization’s Mental Health Atlas 2005: implications for policy development. World psychiatry, 5 (3), s. 179–84.

Toti, T. G., Bastos, F. A. & Rodrigues, P. (2018). Fatores associadoa à ansiedade e depressão em estudantes universitários do curso de Educação Física. Revista Saúde Física & Mental, 6 (2), s. 21–30.

Vasconcelos, T. C. de et al. (2015). Prevalência de Sintomas de Ansiedade e Depressão em Estudantes de Medicina. Revista Brasileira de Educação Médica, 39 (1), s. 135–142. doi:10.1590/1981-52712015v39n1e00042014.

World Health Organization (2017). Depression and other common mental disordes: Global Health Estimates. Geneva: Autor.

Published

30/08/2020

How to Cite

Nascimento, J. R. P. do ., Graça, Ágatha, Minante, D. W. de S. ., Bertolin, J. N. G. ., Fonseca, H. S., Oliveira, D. V. de ., Xavier, C., Nascimento Júnior, J. R. A. do ., Anversa, A. L. B. ., & Nascimento, M. A. do . (2020). Factors associated with anxiety and depression in university students. Research, Society and Development, 9(9), e562997533. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7533

Issue

Section

Health Sciences