Dialogue about adult student learning

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7964

Keywords:

Learning; Pedagogical practice; Youth and adult education.

Abstract

The study of the learning process in the school context is a relevant topic in education since the student has the right to a quality education. The study aims to search for evidence, in the literature, about the learning process from the perspective of the student of youth and adult education – (Educação de Jovens e Adultos – EJA). The motivation of the research was given by the possibility of contributing to the studies that permeate the area of ​​education, mainly in this teaching modality. Some crucial aspects were highlighted, such as learning theories, pedagogical practice and EJA student learning. The methodology used was bibliographic research. The results show the importance of the EJA teacher organizing his didactic action by reviewing his theory of action and seeking support in andragogy, one of the alternatives indicated for working with these students, since it is based on contextual situations that they experience.

Author Biographies

Celene Vieira Gomes Fortes Lustosa, UFPI

Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Piaui (UFPI). Mestre em Educação pela Universidade Federal do Piaui (UFPI). É pós-graduada em Supervisão Escolar e Educação a Distância. Possui graduação em Pedagogia pela Universidade Federal do Piauí. Efetiva da Secretaria de Educação do Estado do Piauí e Professora do Curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade Maurício de Nassau - FAP Teresina. Possui experiência na área de Educação Superior com ênfase em formação de professores, prática docente, docência no ensino superior.

Maria da Gloria Carvalho Moura, Universidade Federal do Piaui

Graduada em Pedagogia Magistério pela Universidade Federal do Piauí (1987); Especialização em Educação, área de concentração Pesquisa Educacional pela Universidade Federal do Piauí (1990); Mestrado em Educação pela Universidade Federal do Piauí (2002); Doutorado em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (2006). Classe de Professor Associado, Nível I da Universidade Federal do Piauí, lotada no Centro de Ciências da Educação/Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino. É Professora Permanente do Programa de Mestrado em Educação (UFPI/CCE /DMTE/PPGEd). Foi Pró-Reitora de Extensão no período (2008/2013). É Membro do Comitê de Ética (CEP); Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPI de 2017 até a presente data; Coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa em Práticas Curriculares e Formação de profissionais da Educação - NIPPC; Coordenadora do Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Básica. Tem experiência na área de Educação Básica, Formação de Professores, atuando principalmente nos seguintes temas: Alfabetização, Educação de Jovens e Adultos - EJA, Educação Integral, Ensino, Pesquisa e Extensão, Didática do Ensino Superior, Currículo e Práticas Pedagógicas.

References

Day, C. (2001). Desenvolvimento profissional de professores: os desafios da aprendizagem permanente. Porto: Porto Editora Ltda.

DeAquino, C. T. E. (2007). Como aprender: Andragogia e as habilidades de aprendizagem. São Paulo: Pearson Prentice Hall.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: saberes necessários à prática educativa. São Paulo: Paz e Terra.

Hoffmann, J. M. L. (2010). Avaliar para promover: as setas do caminho. Porto Alegre: Mediação.

Junior, D. P. F., Constantino, L. V. & Piassa, Z. A. C. (2020). Práticas pedagógicas na educação de jovens e adultos: concepções e práticas de professores no ensino de ciências. Research, Society and Development, 3 (3), DOI: 10.21664/2238-8869.2014v3i3.

Knowles, M. S. (2009). As raízes da Andragogia. In: Knowles, M. S.; Holton III, E. F. & Swanson, R. A. Aprendizagem de resultados: uma abordagem prática para aumentar a efetividade da educação corporativa. Rio de Janeiro: Elsevier.

Kolb, D. (2014). Experiential learning: experience as the source of learning and development. FT Press.

Libâneo, J.C. (2010). Pedagogia e pedagogos, para quê? São Paulo: Cortez.

Martinez, A. M.; Gonzalez Rey, F. L.; Freitas, S. N.; Fungheto, S. S. (2001). Principais Teorias da Aprendizagem: implicações na educação. In: Teixeira, F. E. C. (Org.). Aprendendo a aprender. Brasília: UNICEUB, 2003.

Moreira, M. A. (2017). Ensino e aprendizagem significativa. São Paulo: Editora Livraria da Física.

Moura, M da G. C. (2003). Educação de jovens e adultos: um olhar sobre sua trajetória histórica. Curitiba: Educarte.

Munari, Alberto. (2010) Jean Piaget. Trad. D. Saheb. Recife, Fundação Joaquim Nabuco, Editora Massangana.

Pereira, A. S, Shitsuka, D. M, Parreira, F.J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Santa Maria: Universidade Federal de Santa Maria. Recuperado de: https://repositorio.ufsm.br/bitstream/handle/1/15824/Lic_Computacao_Metodologia - Pesquisa - Cientifica.pdf?sequence=1.

Richardson, R. J. (2011). Pesquisa social: métodos e técnicas. 3ª ed. São Paulo: Atlas

Richardson, R. J. et al. (2008). Pesquisa Social: métodos e técnicas. São Paulo: Atlas,

Vigotski, L. S. (1991). A Formação social da mente. São Paulo: Martins Fontes.

Woolfolk, A. E. (2000). Psicologia da Educação. Porto Alegre.

Zabala, A. (2014). Como aprender e ensinar competências [recurso eletrônico] / Antoni Zabala, Laia Arnau. Trad. Lima, C. H. L. Revisão técnica: Maria da Graça Souza Horn. Porto Alegre: Penso. E-PUB editado como livro impresso em 2010.

Zanella, L. (1999). Aprendizagem uma Introdução. In: Rosa, J. L. Psicologia da Educação: o significado do aprender. Porto Alegre: EDIPUCRS

Published

11/09/2020

How to Cite

Lustosa, C. V. G. F. ., & Moura, M. da G. C. . (2020). Dialogue about adult student learning. Research, Society and Development, 9(9), e878997964. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i9.7964

Issue

Section

Education Sciences