Socioeconomic census of the disciplines of the administration course of a public university in the city of Sousa- PB

Authors

  • José Carlos Vieira de Queiroga Universidade Federal de Campina Grande
  • Marcos Macri Olivera Universidade Federal de Campina Grande
  • Luma Michelly Soares Rodrigues Macri Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Allan Sarmento Vieira Universidade Federal de Campina Grande
  • Érika Lira da Silva Universidade Federal de Campina Grande

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v8i4.906

Keywords:

Administration; University; Socioeconomic profile; Student policies.

Abstract

The objective of the present article is to present the result of an investigation about aspects of the social, cultural and academic reality of the students of the Administration Course of the Center of Juridical and Social Sciences of the Federal University of Campina Grande, Sousa, Paraíba and in this way to draw the profile socioeconomic level of those students. The methodology used for this work was based on descriptive and exploratory research. The research universe was all students actively enrolled in the Course. It was concluded that most of the universe is male, is between 16 and 27 years old, is considered white and brown, single, lives at home or apartment, still resides with family, studied fully in public school. It has as income, less than 1 to 2 minimum salaries, performs a function in the private sector, in the area of commerce. Among the issues of most interest to the students, issues related to public services and the country's economic situation, stood out.

References

Alvarenga, C. F.; Sales, A. P.; Costa, A. D. da; Costa, M. D. da; Veroneze, R. B. & Santos, T. L. B. (2012). Desafios do ensino superior para estudantes de escola pública: um estudo na UFLA. Revista Pensamento Contemporâneo em Administração, 6 (1): 55-71.

Calvosa, Marcello. (2007). As Competências e as Expectativas do Futuro Administrador: o Estudo do Perfil do Estudante de Administração da UFRRJ. Revista Universidade Rural. Série Ciências Humanas, 29(1):1-18.

Chiavenato, I. (2000a). Introdução à Teoria Geral da Administração. 6 ed. Rio de Janeiro: Campus, 2000a.

Chiavenato, I. (2000b). Administração: Teoria, Processo e Prática. 3. ed. São Paulo: Makron Books, 2000b.

Chiavenato, I. (2000c). Introdução à Teoria Geral da Administração. 2. ed. rev. atual. Rio de Janeiro: Campus, 2000c.

Conselho Federal de Administração (2015) . História da Administração. Recuperado em 09 fevereiro, 2017, de <http://www.cfa.org.br/administracao/historia-da-profissao>.

Conselho Federal de Administração (2017). Administrador. Recuperado em 09 fevereiro, 2017, de <http://www.cfa.org.br/administracao/administrador>.

Conselho Federal de Administração (2016). Administração é o segundo curso com maior número de matrículas em 2015. Recuperado em 20 fevereiro, 2017, de <http://www.cfa.org.br/servicos/news/cra/cfa-administracao-e-o-segundo-curso-com-maior-numero-de-matriculas-em-2015>.

Dias Sobrinho, J. (2012). Políticas y conceptos de calidad: dilemas y retos. Avaliação, 17(3): 601-618.

Drucker, P. (1997). As novas realidades no governo e na política, na economia e nas empresas, na sociedade e na visão do mundo. 4 ed. São Paulo: Pioneira, 1997.

Goergen, P. (2013). Da formação ao ensino: um ponto cego nas políticas de pós-graduação. Avaliação, 18(1), 45-68.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2009). Indicadores Sócio-demográficos e de Saúde no Brasil. Recuperado em 20 fevereiro, 2017, de <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/indic_sociosaude/2009/default.shtm>.

Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (2010). Indicadores Sociais Mínimos. Recuperado em 08 fevereiro, 2017, de <http://www.ibge.gov.br/home/estatistica/populacao/condicaodevida/indicadoresminimos/default_minimos.shtm.>

Instituto Phd (2015). Pesquisa Quantitativa e Pesquisa Qualitativa: Entenda a diferença. 2015. Recuperado em 04 março, 2017, de <http://www.institutophd.com.br/blog/pesquisa-quantitativa-e-pesquisa-qualitativa-entenda-a-diferenca/>.

Lourenço, C.; Tonelli, D. F. & Mafra, F. L.M. (2009). Reconciliação entre o Econômico e o Social: um Desafio para o Ensino de Administração. Anais do II Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade. Curitiba, PR, Brasil.

Maximiano, A. C. A. (2009). Introdução à Administração. São Paulo: Atlas, 2009.

Moraes, R. C. C. (1998). Universidade hoje: ensino, pesquisa e extensão. Educação & Sociedade, 19(63), Campinas.

Motta, F. C. P. (2003). Teoria das Organizações: Evolução e Crítica, 2. ed. rev. e ampl. São Paulo: Pioneira Thomson Learting, 2003.

Niquini; R. P.; Teixeira, L. R.; Sousa, C. A. de; Manelli, R. N.; Luz, A. A.; Cavadinha S. L. T. & Fischer, F. M. (2015). Características do trabalho de estudantes universitários associadas ao seu desempenho acadêmico. Educação em Revista, 31(01):359-381.

Oliveira, D. C. Adolescência, trabalho e estudo: análise comparativa das representações sociais de adolescentes trabalhadores e não trabalhadores. (2005). Revista. Enfermagem, 13(2): 229-237.

Paes De Paula, A. P., & Rodrigues, M. A. (2006). Pedagogia Crítica no Ensino da Administração: Desafios e Possibilidades. Anais do XXX Encontro da ANPAD, Salvador, Bahia, 2006.

Paes De Paula, A. P. (2012). Estilhaços do real: o ensino da administração em uma perspectiva benjaminiana. Curitiba: Editora Juruá, 2012. 138p.

Ribeiro, V. M. F. G. (2017). A importância da educação superior e sua relevância na inclusão profissional. Portal Educação. Recuperado em 04 março, 2017, de <https://www.portaleducacao.com.br/conteudo/artigos/iniciacao-profissional/a-importancia-da-educacao-superior-e-sua-relevancia-na-inclusao-profissional/56642>.

Silva, I. C.; Silva, K. A. T. & Freitas, R. C. (2013). Ensino de Administração: Reflexões Críticas sobre a Formação do Administrador. In: Encontro de Ensino e Pesquisa em Administração e Contabilidade, Brasília - DF.

Suliano, D. C. & Siqueira, M. L. (2012). Retornos da educação no Brasil em âmbito regional considerando um ambiente de menor desigualdade. Economia Aplicada, 16 (1): 137-165.

Teixeira, M. P. R.; Silva I. C. & Mafra, F. L. N (2011). Reflexões Sobre a Formação do Administrador: Uma Abordagem a partir da Inserção das Questões Sociais nos Conteúdos Disciplinares. Revista Symposium, 9 (1) : 5-22.

Tragtenberg, M. H. R.; et al. (2006). Como aumentar a proporção de estudantes negros na Universidade? Cadernos de Pesquisa, 36 (128): 473-495.

Voese, S. B. (2007). Contabilidade por Atividades nos Processos da Gestão Acadêmica nas Instituições de Educação Superior Privadas. Revista Brasileira de Contabilidade. (168).

Published

25/02/2019

How to Cite

QUEIROGA, J. C. V. de; OLIVERA, M. M.; MACRI, L. M. S. R.; VIEIRA, A. S.; SILVA, Érika L. da. Socioeconomic census of the disciplines of the administration course of a public university in the city of Sousa- PB. Research, Society and Development, [S. l.], v. 8, n. 4, p. e4884906, 2019. DOI: 10.33448/rsd-v8i4.906. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/906. Acesso em: 24 sep. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences