Jerome Bruner in the processes of learning and teaching Science

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i1.9508

Keywords:

Problem solving; Theory of learning; Science teaching.

Abstract

In this work, Jerome Bruner's theory is emphasized because he understands that Problem Solving is the central point for the construction of human knowledge. This author provides guidance on the child's development, based on the student's active participation in the development of his learning process. Thus, it proposes to present and discuss aspects of teaching theory based on the author's guidelines that deepens the child's active participation in the development of his learning process, in learning through discovery, in the exploration of new teaching alternatives and in the curriculum spiral, taking into account the child's developmental stages. In this conception, the author's theoretical assumptions can allow teacher training that values ​​the cognitive development of individuals.

Author Biographies

Fabiane Inês Menezes de Oliveira Borba, Universidade Federal do Pampa

Graduação em Ciências Biológicas pela Universidade da Região da Campanha (2003). Atualmente é professora de ciências naturais e orientadora educacional - EMEF Inocêncio Prates Chaves. Tem experiência na área de Biologia geral, professora municipal desde o ano de 2008, é especialista em Gestão educacional, UFSM ( 2005) e especialista em Orientação Escolar e Práticas Educacionais, Uninter (2015), mestranda no curso de Mestrado Profissional em Ensino de Ciências ( 2018) Unipampa campus Caçapava do Sul.

Mara Elisângela Jappe Goi, Unipampa

É Professora da Unipampa-Universidade Federal do Pampa-Caçapava do Sul. Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS, Mestre em Ensino de Ciências e Matemática pela Universidade Luterana do Brasil-ULBRA, licenciada em Química pela Universidade Regional do Noroeste do Estado do Rio Grande do Sul –Unijuí. Foi professora da Educação Básica durante 20 anos. Atualmente atua na Educação Superior, no curso de Licenciatura em Ciências Exatas, no curso de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica e no Programa de Pós-Graduação em Ensino de Ciências (PPGEC- Mestrado Profissional) com experiência docente e como coordenadora e docente dos estágios supervisionados do curso de Licenciatura em Ciências Exatas da Unipampa. Seus interesses de pesquisa concentram-se na formação de professores, resolução de problemas e processo de ensino de aprendizagem em Ciências da Natureza.

References

Bentlin, F. R. S. (2009). Resolução de problemas como prática de ensino sobre funções inorgânicas para alunos da EJA. Trabalho de Conclusão (graduação)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul.Instituto de Química. Licenciatura em Química.

Bruner, J. S. (1960). The process of education. Cambridge.

Brune, J. S. (1973). O processo da Educação. National.

Bruner, J. (1966). Toward a Theory of Instruction. Cambridge.

Bruner, J. S. (2008). Sobre o Conhecimento: Ensaios de mãos esquerda. São Paulo: Phorte.

Carrer, E. L. B. (2008). A resolução de problemas como estratégia para o estudo da química no cotidiano. Trabalho de conclusão(graduação)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Licenciatura em Química, Porto Alegre.

Flôres, M. L. P., & Tarouco, L. M. R. (2008). Diferentes tipos de objetos para dar suporte a aprendizagem. RENOTE-Revista Novas Tecnologias na Educação, 6(2).

Goi, M. E. J. (2004). A Construção do conhecimento químico por estratégias de Resolução de Problemas. Canoas: ULBRA, 151.Dissertação de Mestrado. Programa de Pós-graduação em Ensino de Ciências e Matemática, Universidade Luterana do Brasil, ULBRA (Canoas)

Goi, M. E. J. (2014). Formação de professores para o desenvolvimento da metodologia de Resolução de Problemas na educação básica. 2014. 267 f (Doctoral dissertation, Tese (Doutorado em Educação). Faculdade de Educação, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre).

Goi, M. E. J., & Santos, F. M. (2004). A construção do conhecimento químico por estratégias de resolução de problemas. XII Encontro Nacional de Ensino de Química-ENEQ, Goiânia.

Goi, M. E. J. & Santos, F. M. T. (2005). A Construção do conhecimento químico por estratégias de Resolução de Problemas. Encontro de Debates de Ensino de Química -EDEQ, Ijuí.

Goi, M. E. J., & Santos, F. M. T. D. (2009a). Reações de combustão e impacto ambiental por meio de resolução de problemas e atividades experimentais. Química Nova na Escola, 31(3), 203-209.

Goi, M. E. J.& Santos, F. M. T. (2009b). Resolução de Problemas e Atividades Experimentais nas Aulas de Química: Relato de Experiências, 2009, Lajeado. IX Encontro sobre Investigação na Escola. Lajeado. Univates.

Goi, M. E. J., & Santos, F. M. T. D. (2018). Contribuições de Jerome Bruner: aspectos psicológicos relacionados à Resolução de Problemas na formação de professores de Ciências da Natureza. Ciências & Cognição. Rio de Janeiro, RJ. 23(2), 315-332.

Goi, M. E. J.; Santos, F. M. T. & Passos, C. G. (2014). Formação Continuada de Professores de Ciências: uso da metodologia de resolução de problemas. 2D International Congress of Science Education. Foz do Iguaçu, PR. Proceedings of the 2d International Congress of Science Education. Foz do Iguaçu, PR: UNILA.

Leite, S. B (2009). Estudo sobre polímeros através da resolução de problemas . Trabalho de conclusão (graduação)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Licenciatura em Química, Porto Alegre.

Mamede, S., & Penaforte, J. (2001). Aprendizagem baseada em problemas: anatomia de uma abordagem educacional. In Aprendizagem baseada em problemas: anatomia de uma abordagem educacional (p. 232-232).

Marques, R. (2001). A arte de ensinar: dos clássicos aos modelos pedagógicos contemporâneos.

Martins, J. G. (2002). Aprendizagem baseada em problemas aplicada a ambiente virtual de aprendizagem (Doctoral dissertation, Universidade Federal de Santa Catarina).

Medeiros, D. R. (2019). Resolução de problemas como proposta metodológica para o Ensino de Química. (Dissertação de Mestrado, Universidade Federal do Pampa).

Moreira, M. A. (1999). Teorias de aprendizagem. Editora pedagógica e universitária.

Moreira, M. A. (2016). Subsídios teóricos para o professor pesquisador em ensino de ciências: comportamentalismo, construtivismo e humanismo.

Ostermann, F., & Cavalcanti, C. J. D. H. (2010). Teorias de aprendizagem: texto introdutório. UFRGS.

Präss, A. R. (2012). Teorias de aprendizagem. ScriniaLibris.com

Roldão, M. D. C. (1994). O pensamento concreto da criança: uma perspectiva do currículo a questionar. Lisboa: Instituto de inovação Educação.

Santos, A. B. (2009). Resolução de problemas como prática de ensino de funções inorgânicas. Trabalho de conclusão (graduação)-Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Instituto de Química. Licenciatura em Química, Porto Alegre.

Santos, F. M. T. & Goi M. E. J. (2012). Resolução de Problemas no Ensino de Química–fundamentos epistemológicos para o emprego da metodologia na Educação Básica. XVI ENEQ/X EDUQUI-ISSN: 2179-5355.

Silva, E. R. A. (2017). Articulação entre Resolução de Problemas e a temática drogas como proposta metodológica para o Ensino de Química. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Licenciatura em Ciências Exatas) – Universidade Federal do Pampa, Caçapava do Sul, RS.

Silva, E. R. A. (2020). Intervenções Teórico-Práticas com licenciandos em Química por meio de problemas Temáticos (Dissertação de Mestrado) Universidade Federal de Santa Maria.

SIPEC, I. (2017). A teoria de aprendizagem de Bruner e o ensino de ciências. Arquivos do Museu Dinâmico Interdisciplinar, 21(3), 13-25.

Siqueira, V. F., & Goi, M. E. J. (2020). Formação de Professores: resolução de problemas no Ensino de Ciências da Natureza. Revista Conexão Uepg, (16), 2.

Published

07/01/2021

How to Cite

BORBA, F. I. M. de O. .; GOI, M. E. J. Jerome Bruner in the processes of learning and teaching Science. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 1, p. e1521019508, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i1.9508. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/9508. Acesso em: 27 jan. 2021.

Issue

Section

Human and Social Sciences