Learning styles of students in the 3rd year of high school from the New ILS (New Index of Learning Styles)

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9598

Keywords:

High School; Teaching and learning; Learning Styles; New ILS.

Abstract

This study aimed to analyze the Learning Styles of 25 students from a third-year high school class of a state school located in the municipality of Rio Sono in Tocantis - TO. The Learning Styles reflected as individuals' educational selections and their possible knowledge that the teacher can interfere in the use of different methodological methods as a way to favor the teaching and learning process. In this research it was possible to verify that in the same class there are students with different learning styles and, also, different levels of preference. It is considered that student-oriented learning favors their understanding of the contents, but the teacher must know how to balance his teaching methodologies for the purpose of studying students' learning styles, when necessary, so that they can leave their zone of comfort and adding different skills.

Author Biographies

Leila Curcino Alves, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais

Professora da Educação Básica, Graduada em Pedagogia (Normal Superior) Unitins, Especialista em Gestão Escolar - UFT, Especialista Orientação educacional - UFT. Especialista em Docência da Educação Básica IFMG, Mestranda em Educação Profissional - UFT. 

Poliete da Costa Quaresma, Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Minas Gerais

Formada em Pedagogia pela Universidade Federal de Minas Gerais. Atualmente atua como Professora de Educação Básica na Secretaria Estadual de Educação de Minas Gerais.

Dandara Lorrayne do Nascimento, Instituto Federal de Minas Gerais - Campus Arcos

Mestrado, em andamento, em Modelagem Matemática e Computacional, pelo Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais - CEFET MG, Graduação em Matemática pelo Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG Campus Formiga (2018). Especialização em Matemática e Biologia - FAVENI (2019). Durante a graduação foi membro titular eleito do Conselho Acadêmico do IFMG, bolsista de iniciação científica na área de modelagem matemática (Um modelo matemático para a angiogênese em tumores sólidos), bolsista CAPES no Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (PIBID) e bolsista em projeto de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) junto a iniciativa privada e a Embrapii (Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial) na área de sistemas inteligentes. Atualmente é professora do Instituto Federal de Minas Gerais - IFMG Campus Arcos, atuando nos cursos de Engenharia Mecânica e Pós-Graduação em Docência. Possui experiência como professora e tutora em cursos de educação a distância.

References

Alliprandini, P. M. Z., Pullin, E. M. M. P. & Guimarães, S. E. R. (2011). Estilos de aprendizagem de alunos ingressantes em um curso de pedagogia de uma instituição pública do norte do paraná e implicações para a prática pedagógica. Revista Iberoamericana de Educación, 55, p. 1-11.

Amaral, L. H., Calegari, R. P. & Jesus, G. C. (2016). Diagnóstico de estilos de aprendizagem de Felder-Silverman para definição de estratégias de ensino. In: AMARAL, C. L. C.; FRENEDOZO, R. C. (Org.). Estratégias para o ensino de Ciências: propostas e relatos de experiência. São Paulo: Terracota Editora, p. 71-87.

Brasil. (2018). Base Nacional Comum Curricular (BNCC). Brasília: MEC.

Butzke, M. A & Alberton, A. (2017). Estilos de aprendizagem e jogos de empresa: a percepção discente sobre estratégia de ensino e ambiente de aprendizagem. REGE-Revista de Gestão, 24(1), p. 72-84.

Cerqueira, T. C. S. (2000). Estilos de aprendizagem em universitários. Tese de Doutorado. Faculdade de Educação, Universidade Estadual de Campinas, Campinas.

Felder, R. M. & Silverman, L. K. (1988). Learning and teaching styles in engineering education. Journal of Engineering Education, 78(7), p. 674-681.

Felder, R. M. & Soloman. B. A. (1991). Index of learning styles questionnaire. North Carolina State University, Raleigh, 1991. Recovered from http://www.engr.ncsu.edu/learningstyles/ilsweb.html

Freitas, J. L. M. (2010). Teoria das situações didáticas. In: MACHADO, Silvia Dias Alcântara. (Org). Educação matemática: uma (nova) introdução. 3. ed. São Paulo: EDUC.

Köche, J. C. (2011). Fundamentos de metodologia científica: teoria da ciência e iniciação à pesquisa. Petrópolis, RJ: Vozes.

Kuri, N. P. (2004). Tipos de personalidade e estilos de aprendizagem: proposições para o ensino de Engenharia. Tese de Doutorado, Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo, São Carlos, SP.

Kolb, D. A. (1984). Experimental Learning: experience as the source of learning and development. Englewood Cliffs: Prentice-Hall.

Lüdke, M & André, M. E. D. A. (1986). Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU.

Onuchic, L. R. & Allevato, N. S. G. (2011) Pesquisa em Resolução de Problemas: caminhos,

avanços e novas perspectivas. Bolema, Rio Claro (SP), 25(41), p. 73-98.

Pereira, A. S., Shitsuka, D. M., Parreira, F. J. & Shitsuka, R. (2018). Metodologia da pesquisa científica. Santa Maria, RS: UFSM, NTE.

Pereira, E. J. & Vieira Junior, N. (2013). Os Estilos de Aprendizagem no Ensino Médio a partir do Novo ILS e a Sua Influência na Disciplina de Matemática. ALEXANDRIA Revista de Educação em Ciência e Tecnologia, 6(3), p.173-190.

Soares, L. B. (2017). Uma abordagem retórica do gênero debate em sala de aula. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Alagoas, Maceió.

Vieira Junior, N. (2014). Construção e validação de um novo índice de estilos de aprendizagem. In: MCTI; UNESCO; CNPq. (Org.). Educação para a ciência. Brasília: MCTI.

Vieira Junior, N. (2019). Metodologias de Ensino e Aprendizagem. Pós-Graduação em Docência. Instituto Federal de Minas Gerais: Arcos.

Published

05/11/2020

How to Cite

Alves, L. C., Quaresma, P. da C., & Nascimento, D. L. do. (2020). Learning styles of students in the 3rd year of high school from the New ILS (New Index of Learning Styles). Research, Society and Development, 9(11), e709119598. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9598

Issue

Section

Education Sciences