Indicators of enrollment of students target audience of special education and the offer of multifunctional resource rooms in the state education network of Amazonas

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9890

Keywords:

National special education policy from the perspective of inclusive education; Enrollment; Multifunctional resource rooms; Teaching.

Abstract

This article analyzes the evolution of the school inclusion process of students targeting Special Education in relation to the enrollment and provision of multifunctional resource rooms in the Amazonas state network, in an attempt to follow the movement of policies and their intertwining with practices in schools. Secondary data from the Educational Censuses and the State Education Plan of Amazonas were used in the study, enrollments between 2008 and 2019 and the offer of multifunctional resource rooms in the years 2009 to 2019 in the state public school system of Amazonas -Brazil. In relation to the inclusion policy that has been implemented in the public school system of Amazonas, it  is  evident  that  the  number  of students  targeting  Special  Education  enrolled   in  the  years  has  increased  significantly; however,  when  analyzing  the  number  of  rooms  with  multifunctional  resources,  we  observed an insufficient growth to meet the demand.

References

Américo, B., Carniel, F., & Takahashi, A. (2014). Gestão pública da educação especial e formalismo nas políticas públicas inclusivas – o caso do Brasil. Ensaio: Avaliação e Políticas Públicas em Educação, 22(83), 379-410.

Brasil. (1988). Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília, Imprensa Oficial.

Brasil. (1996). Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, LDB 9.394, de 20 de dezembro de 1996. Brasília, Imprensa Oficial.

Brasil. (2008). Ministério da Educação. Política Nacional de Educação Especial na perspectiva da educação inclusiva. Brasília, Imprensa Oficial.

Bueno, J. G. (2009). Crianças com necessidades educativas especiais, política educacional e a formação de professores: 10 anos depois. In: Seminário Nacional de Pesquisa em Educação Especial: Formação de Professores em Foco. São Paulo, UFES; UFRGS; & UFScar.

Garcia, R. M. C., & Michels, M. H. (2011). A política de Educação Especial no Brasil (1991-2011): Uma análise da produção do GT15 - Educação Especial da ANPED. Rev. Bras. Ed. Esp. Marília, 17, 105-124.

Garrido, S. G. (2020). Um Panorama sobre a Educação Inclusiva no Brasil – uma política de atendimento educacional ou uma mera prestação de serviços? 37ª Reunião Nacional da ANPED – 04 a 08 de outubro de 2015. Florianópolis, UFSC.

Gatti, B. A. (2004). Estudos quantitativos em educação. Rev. Educação e Pesquisa, 30(1),. 11–30.

Giroto, C. R. M., Poker, R. B., & Frigieri, D. V. F. C. (2018). 10 anos da Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva. In: Revista on line de Política e Gestão Educacional, 22(2), 711-715.

Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. (2019). Sinopse Estatística da Educação Básica 2019. Brasília, Inep. Recuperado de ˂http://portal.inep.gov.br/sinopses-estatisticas-da-educacao-basica˃.

Mantoan, M. T. E., & Sanos, M. T. C. T. (2010). Atendimento educacional especializado: políticas públicas e gestão nos municípios. São Paulo, Moderna.

Pansini. F. (2016). Atendimento Educacional Especializado em Salas de Recursos Multifuncionais: um “serviço” a serviço do quê e de quem? In: Mourão, et al. (Org.). Tópicos em Educação Especial e Inclusão no Contexto Amazônico. Manaus, 63 -93. Manaus, EDUA.

Pereira, A. S., et al. (2018). Metodologia da pesquisa científica [recurso eletrônico] Santa Maria – RS, UFSM.

Queiroz, J. G. B. D. A., & Guerreiro, E. M. B. R. (2019). Política Educacional e Pedagógica da Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva na Rede de Ensino Público de Manaus. Rev. Bras. Ed. Esp. 25(2), 233-248.

Rebelo, A. S., & Kassar, M. C. M. (2017). Escolarização dos alunos da educação especial na política de educação inclusiva no Brasil. Inc. Soc., 11(1), 56-66. Brasília – DF. Recuperado de http://revista.ibict.br/inclusao/article/view/4079.

Santos, J. O. L., et al. (2017). Atendimento Educacional Especializado: Reflexões sobre a Demanda de Alunos Matriculados e a Oferta de Salas de Recursos. Rev. Bras. Ed. Esp., 23(3), 409-422.

Santos, L. M. (2014). A inclusão da criança com autismo na educação infantil: possibilidades de práticas pedagógicas. Dissertação (Mestrado em Educação). Ribeirão Preto – SP, Centro Universitário Moura Lacerda.

Volpato, G. L. (2015). O método lógico para redação científica. RECIIS – Rev Eletron de Comun Inf Inov Saúde, jan-mar; 9 (1).

Published

15/11/2020

How to Cite

Ferreira, D. G. ., Farias dos Santos, F. ., Lima , M. da S. ., Alcântara , M. L. P. de ., & Santos, J. O. L. dos . (2020). Indicators of enrollment of students target audience of special education and the offer of multifunctional resource rooms in the state education network of Amazonas. Research, Society and Development, 9(11), e3259119890. https://doi.org/10.33448/rsd-v9i11.9890

Issue

Section

Educational Objects