The Experiences and Challenges of State Public School Teachers at the Beginning of the COVID-19 Pandemic

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i10.19292

Keywords:

Remote classes; Teaching; Training; Technology; COVID-19.

Abstract

This article presents the results of a research, which aims to investigate how the experience of educational practice took place at the beginning of the COVID-19 pandemic, its implementation and the impacts on teacher education and student learning regarding the use of networks learning programs in state public schools in the municipality of Alto Longá – PI. For data collection, a qualitative approach was used and the instrument was the online questionnaire. Based on the legal documents that govern Brazilian education and theoretical contributions, we started from a reflection on a real situation experienced in this pandemic time, where we were able to share the concerns, experiences and methods developed for the planning, implementation and execution of non-presential classes. The results showed the importance and challenges of teaching work in this scenario, which demonstrates a precariousness in the implementation of this alternative, with regard to the deficits in care and use of digital technologies in the education network, which have generated an undesired situation of improvisation. and social exclusion.

Author Biographies

Silmara Bezerra Paz Carvalho, Universidade Federal do Piauí

Silmara Bezerra Paz Carvalho

Mestranda em Educação na Universidade Federal do Piauí (UFPI), Especialista em Metodologia do Ensino de matemática e Física, e licenciada em pedagogia pelo Centro Universitário Internacional (UNINTER), licenciada em Matemática pela UFPI. Professora da Educação Básica da Rede Estadual (SEDUC/PI), Coordenadora Pedagógica de Matemática da Rede Municipal de Alto Longá – PI. Membro do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa em Práticas Curriculares e Formação de profissionais da Educação (NIPPC/UFPI). E-mail: profsilmaramatematica@gmail.com  Orcid: https://orcid.org/0000-0003-2198-3360.

Maria da Glória Carvalho Moura, Universidade Federal do Piauí

Maria da Glória Carvalho Moura

Doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), Mestra e especialista em Educação pela Universidade Federal do Piauí (UFPI), Graduada em Pedagogia Magistério pela UFPI. Professora Associada, Nível I da UFPI, permanente do Programa de Mestrado em Educação (UFPI/CCE /DMTE/PPGEd). É Membro do Comitê de Ética (CEP); Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Educação da UFPI, Coordenadora do Núcleo Interdisciplinar de Pesquisa em Práticas Curriculares e Formação de profissionais da Educação (NIPPC/UFPI); Coordenadora do Comitê Gestor Institucional de Formação Inicial e Continuada de Profissionais da Educação Básica. E-mail: glorinha_m@yahoo.com.br   Orcid: https://orcid.org/0000-0002-3686-9133

References

Abed, A. (2014). O desenvolvimento das habilidades socioemocionais como caminho para a aprendizagem e o sucesso escolar de alunos da educação básica. UNESCO/MEC. http://pepsic.bvsalud.org/pdf/cp/v24n25/02.pdf.

Alarcão, I. (2008). Professores reflexivos em uma escola reflexiva. Cortez.

Bardin, L. (2016). Análise de Conteúdo. Trad. Luís Antero Reto e Augusto Pinheiro. Edições 70.

Bisquerra, R. (2008). Educación emocional y bienestar. (6a ed.), Wolters Kluwer.

Brasil. (1996). LDB: Lei de Diretrizes e Base da Educação Nacional. Brasília. http://portal.mec.gov.br/arquivos/pdf/ldb.pdf.

Brasil. (2017). Base Nacional Comum Curricular. Ministério da Educação, Brasília. http://basenacionalcomum.mec.gov.br/images/BNCC _EI_EF_ 110518 _versaofinal_site.pdf.

Brasil. (2020). Conselho Nacional de Educação. Parecer CNE/CP nº 005, de 28 de abril de 2020. Ministério da Educação, https://agenciabrasil.ebc.com.br/educacao/noticia/2020-04/cne autoriza-atividades-nao-presenciais-em-todas-etapas-de-ensino.

Bruzzi, D. G. (2016). Uso da tecnologia na educação, da história à realidade atual. Revista Polyphonía, 27(1), 475–483. https://doi.org/10.5216/rp.v27i1.42325.

Cardoso, R. M. R., Araújo, C. S. T., & Rodrigues, O. S. (2021). Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação – TDICs: Mediação professor-aluno-conteúdo. Research, Society and Development. 10(6), e45010615647. 10.33448/rsd-v10i6.15647. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/15647

Carvalho, E. M. dos S, & Araújo, G. C. de. (2020). Ensino Remoto, Saberes e Formação Docente: uma reflexão necessária. Revista Cocar, 14 (30), 1-19, 10.31792/rc.v14i30. https://periodicos.uepa.br/index.php/cocar/article/view/3583.

Comenius. Didática Magna. (2001). Tradução de Joaquim Ferreira Gomes. Versão ebooks Fundação Calouste Gulbenkian. http://www.ebooksbrasil.org/elibris/didaticamagna.html.

Condorcet, J-A-N. de C. M. de. (2010). Escritos sobre a instrução pública. tradução de Maria Auxiliadora Cavazzotti, Ligia Regina Klein e Fani Goldfarb Figueira. Autores Associados.

Morais, E. C, & Carvalho, S. B. P. (2021). As tecnologias da informação e da comunicação e os desafios na prática docente nos anos finais do ensino fundamental. Tecnologia educacional em perspectiva [livro eletrônico]: caminhos da pesquisa para inovação: v. 2. Org. Cristiana Barcelos da Silva, Patrícia Gonçalves de Freitas. https://www.editorapublicar.com.br/tecnologia-educacional-em-perspectiva-caminhos-da-pesquisa-para-inovacao-volume-2.

Demo, P. (2009). Educação hoje: novas tecnologias, pressões e oportunidades. Atlas.

Denzin, N. K., & Lincoln, Y. (2006). O planejamento da Pesquisa Qualitativa: Teorias e abordagens. ARTMED.

Dubar, C. (1991). La Socialisation: Construction des Identités sociales et profissionelles. Armand Colin.

Goleman, D. (1995). Inteligência emocional. Objetiva.

Freire, P. (1996). Pedagogia da autonomia: Saberes necessários à prática educativa. Paz e Terra.

Ferreira, T. F., Evêncio, K. M. de M., Sousa, A. P. P. de, & Souza, L. P. (2021). Considerações sobre os desafios da escola básica atual: reflexões para uma sociedade mais plural. Research, Society and Development, 10 (4), e29210414036. 10.33448/rsd-v10i4.14036. https://rsdjournal.org/index.php/rsd /article/view/14036

Libâneo, J.C. (1993). Democratização da escola pública. Loyola.

Moran, J. M. (2015). Mudando a educação com metodologias ativas. Coleção Mídias Contemporâneas. Convergências Midiáticas, Educação e Cidadania: aproximações jovens. Vol. II. Carlos Alberto de Souza e Ofélia Elisa Torres Morales (orgs.).PG: Foca Foto-PROEX/UEPG. http://www2.eca.usp.br/moran/wp-content/uploads/2013/12/mudando_moran.pdf.

Morgado, J. (2005). Currículo e Profissionalidade Docente. Porto Editora.

Nóvoa, A. (1992). Os professores e sua formação. Dom Quixote.

Nóvoa, A. (2017). Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa. 47 (166), 1106-1133.

Oliveira, N. M., & Marinho, S. P. P. (2020). Tecnologias digitais na Educação Infantil: representações sociais de professoras. Revista Ibero-Americana de Estudos em Educação, Araraquara, 15(4), 2094–2114. 10.21723/riaee.v15i4.14068. https://periodicos.fclar.unesp.br/iberoamericana/article/view/14068

Possebon, E. P. G, & Possebon, F. (2020). Descobrir o Afeto: Uma Proposta de Educação Emocional na Escola. Revista Contexto & Amp. Educação, 35(110), 163–186. 10.21527/2179-1309.2020.110.163-186. file:///C:/Users/jv_ma/Downloads/8925-Texto%20do%20artigo-42985-1-10-20200102.pdf

Perrenoud, P. (1993). Práticas pedagógicas, profissão docente e formação: perspectivas sociológicas. Dom Quixote.

Piauí. (2020). Secretaria Estadual de Educação.

Pimenta, S. G. (org.). (1999). Saberes pedagógicos e atividade docente. Cortez.

Richardson, J. R. (1999). Pesquisa Social: métodos e técnicas. (3a ed.), Atlas.

Tardif, M. (2002). Saberes Docentes e Formação Profissional. Vozes.

Tardif, M, & Lessard, C. (2008). O trabalho docente: elementos para uma teoria da docência como profissão de interações humanas. Trad. de João Batista Kreuch. (4a ed.), Vozes.

Zeichner, K. M. (1993). A Formação Reflexiva dos Professores: Ideias e Práticas. Educa.

Published

16/08/2021

How to Cite

CARVALHO, S. B. P.; MOURA, M. da G. C. . The Experiences and Challenges of State Public School Teachers at the Beginning of the COVID-19 Pandemic. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 10, p. e496101019292, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i10.19292. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19292. Acesso em: 24 oct. 2021.

Issue

Section

Education Sciences