Continuous training on multiplication and division for teachers of the Early Years and collective work

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v10i12.20099

Keywords:

Mathematics Education; Teacher training; Multiplication and division.

Abstract

This work develops discussions on the continuing education of teachers in the early years who teach mathematics, more specifically on the concept of multiplication and division. It presents master's research data, produced in a training action carried out in 2017, with 17 public school teachers (municipal and state). In theoretical and methodological terms, the investigation is linked to the assumptions of Historical-Cultural Theory and the principles of dialectical historical materialism. Based on these references, we seek to understand the phenomenon of training as a movement of transformation, where the appropriation of knowledge, in a collective perspective, contributes to a new quality of teaching actions in the area of ​​teaching mathematics. Data analysis indicates that the training actions carried out collectively mobilized the interest of the participants and favored the redefinition of the concepts of multiplication and division.

References

Araujo, N. A. (2016). Indícios de apropriação das significações de conceitos matemáticos por professores em atividade de aprendizagem. In: Lopes, A. R. L. V.; Araujo, E. S.; Marco, F. F. (Org.). Professores e futuros professores em atividade de formação. 1 ed. Campinas: Pontes Editores. 1, 101-130.

Caraça, B. J. (2003). Conceitos Fundamentais da Matemática. Lisboa, Gradiva.

Cedro, W. L. (2008). O motivo e a atividade de aprendizagem do professor de matemática: uma perspectiva histórico-cultural. 2008. 242. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, São Paulo.

Cedro, W. L. & Moura, M. O. (2016). Possibilidades metodológicas na pesquisa em educação matemática: o experimento didático. Educativa. Goiânia. 19(1), 121-38.

Cedro, W. L. & Nascimento, C. P. (2017) Dos métodos e das metodologias em pesquisas educacionais na teoria histórico-cultural. In: MOURA, Manoel Oriosvaldo de (Org.). Educação escolar e pesquisa na teoria histórico-cultural. São Paulo, ed. Loyola, 13-45.

Duarte, N. (2016). Relações entre conhecimento escolar e liberdade. Cadernos de Pesquisa. 46(159), 78-102.

Leontiev, A. N. (1978). O desenvolvimento do psiquismo. Lisboa: Livros Horizonte.

Lopes, A. F. & Silva, S. A. F. da. (2020). Movimento formativo de professores dos anos iniciais sobre fração: o inteiro. Research, Society and Development. 9(10). DOI: 10.33448/rsd-v9i10.9179. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/9179. Acesso em: 13 set. 2021.

Lopes, A. R. L. V. (2009). Aprendizagem da docência em matemática: o Clube de Matemática como espaço de formação inicial de professores. Passo Fundo: Ed. Universidade de Passo Fundo.

Lopes, A. R. L. V.; Moura, M. O. de; Araujo, Elaine S. & Cedro, W. L. (2016). Trabalho coletivo e organização do ensino de matemática: princípios e práticas. Zetetiké, FE/UNICAMP & FEUFF, 24(45).

Martins, L. M. & Eidt, N. M. (2010). Trabalho e atividade: categorias de análise na psicologia histórico-cultural do desenvolvimento. Psicologia em estudo. Departamento de Psicologia – UEM, 15(4), 675-683.

Moretti, V. D. (2007). Professores de matemática em atividade de ensino: Uma perspectiva histórico-cultural para a formação docente. 208. Tese (Doutorado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação – Ensino de Ciências e Matemática, Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo.

Moretti, V. D. & Moura, M. O. de. (2010). A formação docente na perspectiva Histórico-Cultural: em busca da superação da competência individual. Psicologia política. São Paulo, 10(20), 345-361.

Moura, M. O. de. (2005). Espaços de aprendizagem e formação compartilhada. Revista de Educação – PUC. Campinas, (18), 91-97.

Moura, M. O. de. (2000). O educador matemático na coletividade de formação: uma experiência com a escola pública. São Paulo, SP. Tese de Livre-Docência/FEUSP). Universidade de São Paulo.

Rosa, J. E.; Damazio, A. & Alves, E. de S. B. (2013). Adição e subtração em Davýdov. Boletim GEPEM, (63), 61-75.

Santos, Y. P. (2019). Formação continuada de professores dos anos iniciais sobre multiplicação e divisão: aprendizagens no coletivo. Dissertação (Mestrado em Educação) – Programa de Pós-Graduação em Educação de Ciências e Matemática, Instituto Federal do Espírito Santo, Vitória.

Vigotski, L. S. (2003). Psicologia Pedagógica. Tradução de Claudia Schilling - Artmed.

Vigotski, L. S. (2010). Psicologia pedagógica: tradução do russo e introdução de Paulo Bezerra. (3. ed.) Editora WMF Martins Fontes, (Coleção textos de psicologia). 445-464.

Zuge, V. & Lopes, A. R. L. V. (2016). Políticas públicas de formação de professores: um olhar para o PNAIC como espaço de aprendizagem da docência in: Cedro, W. L. & Lopes, A. R. L. V. (Orgs.). O sistema de avaliação e os programas de formação de professores da educação básica. Coleção: Princípios e práticas da organização do ensino de matemática nos anos iniciais. Campinas, SP: Pontes Editores, 159-174.

Published

15/09/2021

How to Cite

SANTOS, Y. P. dos .; SILVA, S. A. F. da .; CÔCO, D. Continuous training on multiplication and division for teachers of the Early Years and collective work. Research, Society and Development, [S. l.], v. 10, n. 12, p. e141101220099, 2021. DOI: 10.33448/rsd-v10i12.20099. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/20099. Acesso em: 29 feb. 2024.

Issue

Section

Educational Objects