The use of information and communication technologies as an interface for teaching physics contents

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i6.28832

Keywords:

Teaching-learning; Physics; Technology; Information and communication.

Abstract

The use of technology in education provides a very wide range of options that help in the teaching-learning process, helping contents be understood more effectively, as long as the student is oriented, as well as having prior knowledge in relation to the subject that will be explored. This time, the present study aims to illustrate how the use of information and communication technologies has contributed to the teaching-learning process of Physics contents. This is an experience report of a descriptive nature with a qualitative approach based on educational practices carried out in the subject of Physics. The participants were students from the 9th year of elementary school to the 2nd year of high school, aged between 14 and 17 years old, all belonging to private sector schools, located in the state of Sergipe. Classes took place before and during the pandemic, that is, they were held in person and remotely. The teaching of Physics with the use of technological interfaces became a positive point in the teacher's school life, given that the classes were less stressful, without parallel conversations, as well as the subjects were better understood by the students. There was greater participation, curiosity, reasoning and fewer difficulties in understanding concepts, calculations and formulas.

References

Agra, G., Formiga, N. S., Oliveira, P. S. D., Costa, M. M. L., Fernandes, M. D. G. M., & Nóbrega, M. M. L. D. (2019). Análise do conceito de Aprendizagem Significativa à luz da Teoria de Ausubel. Revista Brasileira de Enfermagem, 72, 248-255. https://www.scielo.br/j/reben/a/GDNMjLJgvzSJKtWd9fdDs3t/?lang=pt

Aguiar, C. E. (2009). Informática para o ensino de física. Fundação CECIERJ.

Aguiar, M. D., de Sá, F. D. S. C., da Silva Machado, F., & dos Santos, A. M. (2020). O mal-estar docente no ensino de física: perspectivas e desafios. Research, Society and Development, 9(6), e106963265-e106963265. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/3265

Anastacio, M. A. S., & Voelzke, M. R. (2020). O uso do aplicativo Socrative como ferramenta de engajamento no processo de aprendizagem: uma aplicação das Tecnologias Digitais de Informação e Comunicação no ensino de Física. Research, Society and Development, 9(3), 17. https://dialnet.unirioja.es/servlet/articulo?codigo=7340965

Ausubel, D. P. (1963). The psychology of meaningful verbal learning. Michigan University.

Barbeta, VB, & Yamamoto, I. (2002). e utilização de imagens para um programa de estudo de análise de mecânica clássica. Revista Brasileira de Ensino de Física, 24 (2), 158-167. https://www.scielo.br/j/rbef/a/wYYj6gVkkrPQts9PhtJsqFS/?format=pdf&lang=pt

Barbosa, A., Cunha, R. C. O. B., & Martins, V. (2019). Estado do conhecimento sobre jornada de trabalho docente no ensino fundamental e médio. Horizontes, 37, e019012-e019012. https://revistahorizontes.usf.edu.br/horizontes/article/view/578

Belloni, M. L. (2001). O que é mídia-educação. Autores Associados.

Bentes, A. R. (2019). A utilização do software Modellus como ferramenta pedagógica para o ensino da queda livre [Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Física, Universidade Federal do Pará]. https://bdm.ufpa.br:8443/jspui/bitstream/prefix/2471/1/TCC_UtilizacaoSoftwareModellus.pdf

Biassi, D. (2018). O desafio de ensinar potencial elétrico para alunos do ensino médio. [Trabalho de Conclusão de Curso de Licenciatura em Física, Universidade Federal do Rio Grande do Sul]. https://www.lume.ufrgs.br/bitstream/handle/10183/181048/001073858.pdf?sequence=1

Bicudo, M. A. V. (2012). A pesquisa em educação matemática: a prevalência da abordagem qualitativa. Revista Brasileira de Ensino de Ciência e Tecnologia, 5(2). https://www.researchgate.net/profile/Maria-Bicudo/publication/270700726_A_pesquisa_em_educacao_matematica_a_prevalencia_da_abordagem_qualitativa/links/58206f2e08ae12715afbba81/A-pesquisa-em-educacao-matematica-a-prevalencia-da-abordagem-qualitativa.pdf

Bonwell, C. C., & Eison, J. A. (1991). Active Learning: Creating Excitement in the Classroom. ERIC Digest. https://eric.ed.gov/?id=ED340272

Bulegon, A. M. (2011). Contribuições dos Objetos de Aprendizagem, no ensino de Física, para o desenvolvimento do Pensamento Crítico e da Aprendizagem Significativa (Doctoral dissertation, Universidade Federal do Rio Grande do Sul-UFRGS). https://hal.archives-ouvertes.fr/tel-03515557/

Carvalho, J. C. N., & de Sousa Mourão, O. (2020). Um protótipo usando Arduino para o estudo da lei de Hooke. Research, Society and Development, 9(9), e844997733-e844997733. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/7733

Custódio, F. L., & Barroso, M. F. (2012). Testes Conceituais em Física Básica: Apresentação e análise dos itens (Doctoral dissertation, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro). http://omnis.if.ufrj.br/~pef/producao_academica/dissertacoes/2012_Fausto_Custodio/testes_conceituais_Fausto_Custodio.pdf

Cruz, C. A., de Santana, E. J. C., Sales, G. L., & de Almeida, A. C. F. (2021). O ensino de Física e o Modelo Capitalista. Research, Society and Development, 10(10), e536101019205-e536101019205. https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/19205

Fantin, Monica. Mídia-educação: conceitos, experiências, diálogos Brasil-Itália. Florianópolis: Cidade Futura, 2006.

Ferreira, F. C., Caíres, A. R. L., SILVA, A. D., & OLIVEIRA, S. D. (2009). Diagnóstico de dificuldades conceituais em Física apresentadas por acadêmicos ingressantes em cursos da UFGD. Encontro nacional de pesquisa em educação em ciências, 7. http://axpfep1.if.usp.br/~profis/arquivos/viienpec/VII%20ENPEC%20-%202009/www.foco.fae.ufmg.br/cd/pdfs/1258.pdf

Leão, M. F., & Souto, D. L. P. (2015). Objetos educacionais digitais para o ensino de física. Revista Tecnologias na Educação, ano 7, 1-12. http://tecedu.pro.br/wp-content/uploads/2015/12/Art16-vol13-dez2015.pdf

Lima, F. R. B., Murakami, F., & Ordones, S. A. D. (2020). Tecnologias de Informação e Comunicação, metodologias ativas e os fatores de interação: um olhar sobre as contribuições de Marshall McLuhan. Biblos, 34(2).

Piekarz, A. H., Serbena, J. P. M., Rodbard, M., Souza, F., Pereira, I., & Lottis, D. (2003). Adaptação e Validação de um Teste de Diagnóstico de Concepções Espontâneas em Mecânica. XV Simpósio Nacional de Ensino de Física, Curitiba, PR, Brazil.

Pastorio, D. P., & Sauerwein, R. A. (2013). Uma revisão dos trabalhos presentes no caderno brasileiro de ensino de Física a partir do ano 2000: um olhar sobre o papel do computador. Enseñanza de las ciencias: revista de investigación y experiencias didácticas, (Extra), 2672-2677. https://raco.cat/index.php/Ensenanza/article/view/336912

Raja, R., & Nagasubramani, P. C. (2018). Impact of modern technology in education. Journal of Applied and Advanced Research, 3(1), 33-35. https://www.academia.edu/download/63887921/Impact_of_modern_technology_in_education20200710-27957-jsmaeg.pdf

Rivoltella, P. C. (2009). Mídia-educação e pesquisa educativa. Perspectiva, 27(1), 119-140. https://periodicos.ufsc.br/index.php/perspectiva/article/view/2175-795X.2009v27n1p119

Ruas, P. A. A. R. (2012). A utilização do banco internacional de objetos educacionais para a formação de professores de Física do Ensino Médio no município de Santo André [Mestrado em Ensino, História e Filosofia das Ciências e da Matemática, Universidade Federal do ABC].

Santo, S. A. C., & Moura, G. C. S. (2020). O uso da tecnologia na educação: Perspectivas e entraves. Revista Científica Multidisciplinar Núcleo do Conhecimento, 4(1), 31-45.

Santos, R. (2006). TIC’s: uma tendência no ensino da matemática. Brasil Escola.

Silvério, A. D. A. (2013). As dificuldades no ensino/aprendizagem da Física [Trabalho de Conclusão de Especialização em Ensino de Física, Universidade Federal de Santa Catarina]. https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/105360

Published

22/04/2022

How to Cite

JESUS, G. J. R. de .; SANTOS, R. N. .; VASCONCELOS, C. A. .; MEZZAROBA, C. . The use of information and communication technologies as an interface for teaching physics contents. Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 6, p. e10711628832, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i6.28832. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/28832. Acesso em: 28 may. 2022.

Issue

Section

Education Sciences