Spanish language teaching-learning in the context of PTE: a possible reality with a creative and dialogic praxis

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.30273

Keywords:

Teaching; Gamification; Active Methodologies; Diagnosis.

Abstract

The way to think about education and make it happen changes over time, especially because there is a goal to keep up with the resignification of new beliefs and values. Therefore, for educational objectives to reach their intended outcome, there must also be an evolution of the way to teach, adapting strategies, methodologies, resources and didactics. The goal of this study was to diagnose the pedagogic practice of teachers of different fields in the Federal Institute of Alagoas, at the Maragogi and Piranhas campi, seeking to understand whether teachers in these locations use interdisciplinarity and active methodologies as teaching strategies in their practice. We carried out a diagnostic study to better understand how teachers develop activities that enable dialogic praxis between the different areas in the Integrated Intermediate Level Course in Agroecology. The research methodology was divided into three stages: analysis of the Integrated Technical Course Plans in Agroecology (PPCs); application of a semi-structured questionnaire with teachers in the technical area of the course; application of a semi-structured questionnaire with Spanish language teachers of the aforementioned course. The findings indicated the need to create didactic material that addresses the interdisciplinarity between the areas, since there is a scarcity of material available in the market.

References

Abralin. (2021). Nota em favor da manutenção da opção língua espanhola no novo ENEM. Retrieved from https://www.abralin.org/site/nota-em-favor-da-manutencao-da-opcao-lingua-espanhola-no-novo-enem.

Araujo, R., & Frigotto, G. (2015). Práticas pedagógicas e ensino integrado. Revista Educação em Questão. doi: 10.21680/1981-1802.2015v52n38ID7956

Barbosa, F., et al. (2020). A utilização da gamificação aliada às tecnologias digitais no ensino da matemática: um panorama de pesquisas brasileiras. Revista Prática Docente. doi: 10.23926/RPD.2526-2149.2020

Busarello, R. et al. (2014). A gamificação e a sistemática de jogo: conceitos sobre a gamificação como recurso motivacional. In. Fadel, L., et al. (Org.). São Paulo: Pimenta Cultural.

Castro, A.S., & Duarte Neto, J.H. (2021). Ensino Médio Integrado à Educação Profissional e Tecnológica: a relação entre o currículo integrado e a prática pedagógica docente. Revista Brasileira da Educação Profissional e Tecnológica. doi: https://doi.org/10.15628/rbept.2021.11088

Cavalcanti, R. J. de S., Santos, G. C. dos & Silva, M. L. da. (2022). Saberes e práticas de Línguas Adicionais na Educação Profissional e Tecnológica com vistas a uma proposta crítico-reflexiva. Research, Society and Development. doi: 10.33448/rsd-v11i7.29646

Ciavatta, M. (2005). A formação integrada a escola e o trabalho como lugares de memória e de identidade. Revista Trabalho Necessário. Retrieved from https://periodicos.uff.br/trabalhonecessario/article/view/6122/5087

Cristovão, H., & Nobre, I. (2011). Software educativo e objetivos de aprendizagem. Nobre IA, Nunes VB, Gava TBS, Fávero RP, Bazet LMB, orgs. Informática na educação: um caminho de possibilidades e desafios. Serra: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Fávero, R., & Nunes, V. (2011). Os projetos de aprendizagem e as TICs. Nobre IA, Nunes VB, Gava TBS, Fávero RP, Bazet LMB, orgs. Informática na educação: um caminho de possibilidades e desafios. Serra: Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Espírito Santo.

Fazenda, I. (2014). Interdisciplinaridade: Didática e Prática de Ensino. ENDIPE.

Leal, A. K. B. B. (2021). Ensino e aprendizagem de direito apoiados por gamificação na educação profissional e tecnológica. Salgueiro-Pe.

Lima, A. & Oliveira, G. (2022). A contação de histórias como metodologia ativa: caminhos criativos e humanizados para a formação integral. Research, Society and Development. doi: https://doi.org/10.33448/rsd-v11i7.29698

Macedo, et al. (2018). Metodologias ativas de aprendizagem: caminhos possíveis para inovação no ensino em saúde. Escola Anna Nery.

Moran, J. (2015). Educação híbrida. Um conceito-chave para a educação, hoje. In. Babich, Lilian; et al. (Org.) Ensino híbrido. Personalização e tecnologia na educação. Porto Alegre: Penso.

Neto, D. P. et al. (2017). Revisão sistemática de metodologias de avaliação de objetos de aprendizagem. VII Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação. Retrieved from https://proceeding.ciki.ufsc.br/index.php/ciki/article/view/313

Roesch, S. (1999). Projetos de estágio do curso de administração: guia para pesquisa, projetos, estágios e trabalhos de conclusão de curso. São Paulo: Atlas.

Silva, A. (2014). Metodologia de Pesquisa: Conceitos Gerais. Paraná: Unicentro.

Silva, M. de F. da .; Alves, A. D. M. . & Fiori, A. P. S. de M. (2022). A formação docente para o uso da ferramenta WebQuest na Educação Profissional e Tecnológica sob a análise da hermenêutica-dialética. Research, Society and Development. doi: http://dx.doi.org/10.33448/rsd-v11i4.27101

Tezani, T. C. R. (2017). Nativos digitais: considerações sobre os alunos contemporâneos e a possibilidade de se (re)pensar a prática pedagógica. DOXA: Revista Brasileira de Psicologia e Educação. Araraquara. doi: https://doi.org/10.30715/rbpe.v19.n2.2017.10955

Yared, I. (2008). Ivani Fazenda. (org.) O que é interdisciplinaridade? In: O que é interdisciplinaridade? São Paulo: Editora Cortez.

Published

03/06/2022

How to Cite

COIMBRA, R. P. das C. .; FIORI, A. P. S. de M. Spanish language teaching-learning in the context of PTE: a possible reality with a creative and dialogic praxis . Research, Society and Development, [S. l.], v. 11, n. 7, p. e52111730273, 2022. DOI: 10.33448/rsd-v11i7.30273. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/30273. Acesso em: 26 may. 2024.

Issue

Section

Educational Objects