Teaching methodologies in remote teaching in the pandemic contexto 2020-2021

Authors

DOI:

https://doi.org/10.33448/rsd-v12i2.40120

Keywords:

Pandemic; Teaching; Internet.

Abstract

This work describes the experience of an observation of a refletive nature carried out at the Álvaro Maia state school, presents a clipping of the reality of the research that is being developed in the Graduate Program in Science and Humanities Teaching (PPGECH) of the Federal University of Amazonas – Institute of Agriculture and Environment Education (UFAM - IEAA) which is also one of the  sections of the dissertation that analyzed the methodologies used during remote teaching in the context of the coronavirus (COVID-19) 2020-2021, our objective was to meke a comparison between the traditional teaching methodologies that the school used and the active teaching methodologies necessary for this teaching model. For this purpose, a participatory research approach was used since the author would be inserted within the context of the research, in his own work environment and the observation technique was chosen, which would be the appropriate data collection instrument for the research. Reviewing the literature, the overview provided the necessary foundation fore the discussion of ideas and critical analysis of the observed data and it was possible to see the great contrast between the use of methodologies during the period of remote teaching in this school.

References

Albuquerque, A., Gonçalves, T., & Bandeira, M. (2020) A formação inicial de professores: os impactos do ensino remoto em contexto de pandemia na região Amazônica. EmRede, 7(2), 102-123.

Amazonas. (2020). Decreto nº 42.061, de 16 de março de 2020; “Dispõe sobre a decretação de situação de emergência na saúde pública do Estado do Amazonas, em razão da disseminação do novo coronavírus (2019-nCOV), e institui o Comitê Intersetorial de Enfrentamento e Combate ao COVID-19”; publicado no Diário Oficial do Amazonas em 16 mar 2020, Amazonas, AM.

Amazonas. (2020). Decreto nº 43.870, de 14 de maio de 2021; “Dispõe sobre o retorno das aulas semipresenciais e presenciais nas escolas da rede pública estadual de ensino, nos municípios do interior do Estado do Amazonas, publicado no Diário Oficial do Amazonas em 14 maio 2021, Amazonas, AM.

Behrens, M. A. (2011). O paradigma emergente e a prática pedagógica. (5ª ed.) Vozes.

Braga, D. S., & Pereira, I. A. M. (2021). Tudo como dantes? Reflexos da pandemia de COVID 19 sobre graduandos da educação à distância. EmRede, 8(1), 1-25.

Kenski, V. M. (2008). Educação e Tecnologia: o novo ritmo da informação. (3a ed.) Ed. Papirus. https://books.google.com.br/books?id=ncTG4el0Sk0C&printsec=frontcover&hl=ptbr&source=gbs_vpt_read#v=onepage&q&f=false.

Libâneo. J. C. As teorias pedagógicas modernas resignificadas pelo debate contemporâneo na educação. https://www.fclar.unesp.br/Home/Graduacao/Espacodoaluno/PET-ProgramadeEducacaoTutorial/Pedagogia/capitulo-libaneo.pdf.

Ludke, M., & André, M. E. D.A. (1986) Pesquisa em educação: abordagens qualitativas. São Paulo: EPU.

Marques, S., & Oliveira, I. T. M. (2016). Educação Ensino e Docência: reflexões e perspectivas. Revista Reflexão e Ação, 24(3), 189-211.

Mendonça, Z. G. de C. (2018). Metodologias Ativas de Ensino Aprendizagem: considerações sobre Problemas, Projetos e Instrução. Revista educação, psicologia e interfaces. 2(3), 57-70.

Minayo, M. C. de S., Deslandes, S. F., Neto, O. C., & Gomes, R. (2002). Pesquisa social: teoria, método e criatividade. (21ª ed.) Vozes.

Moreira, J. A., & Schlemmer, E. (2020). Por um novo conceito e paradigma de educação digital onlife. Revista UFG, 20(26). https://revistas.ufg.br/revistaufg/article/view/63438

Nóvoa, A. (2017). Firmar a posição como professor, afirmar a profissão docente. Cadernos de Pesquisa, 47(166), 1106-1133. https://publicacoes.fcc.org.br/cp/article/view/4843

Porto, D. V. (2016). Inclusão digital de professores: Um olhar sobre a formação dos alunos do curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade de Educação da Universidade de Brasília. [Dissertação de Mestrado, Universidade de Brasília]. f. 165. https://repositorio.unb.br/bitstream/10482/22631/1/2016_DiegoVianaPorto.pdf#:~:text=Para%20Almeida%20%282004%29%2C%20a%20inclus%C3%A3o%20digital%20de%20professores,%20relacionadas%20%20a%20%20essa%20%20pr%C3%A1tica

Santana, M. L. da S., Souza, D. D., & Chamon, E. M. Q. de O. (2022). DESAFIOS DA FORMAÇÃO DE PROFESSORES NO ENSINO REMOTO. Educação em Foco, 27(1), 27036. https://periodicos.ufjf.br/index.php/edufoco/article/view/35992

Severino, A. J. (2007) Metodologia do trabalho científico. (23ª ed.) Cortez.

Silva, Chayene C. S. C., & Teixeira, C. M. de S. (2020). O uso das tecnologias na educação: os desafios frente à pandemia da COVID -19. Brazilian Journal of Development, 6(9), 70070-70079. https://www.brazilianjournals.com/index.php/BRJD/article/view/16897/13779

Silva A. G. da. (2018). Tendências pedagógicas: perspectivas e reflexões para a educação brasileira. Unoesc & Ciência – ACHS, 9(1), 97-106. https://periodicos.unoesc.edu.br/achs/article/view/14257

Thiollent, M. (1986). Metodologia da pesquisa-ação. (2ª ed.) Cortez.

Triviños, A. N. S. (1987). Introdução à pesquisa em ciências sociais: a pesquisa qualitativa em educação. Atlas.

Verdum, P. L. (2013). Prática Pedagógica: o que é? O que envolve? Educação por Escrito, 4(1), 91-105. https://revistaseletronicas.pucrs.br/index.php/porescrito/article/view/14376

Published

05/02/2023

How to Cite

MAGALHÃES, V. A. .; OLIVEIRA, Ângela M. G. de . Teaching methodologies in remote teaching in the pandemic contexto 2020-2021. Research, Society and Development, [S. l.], v. 12, n. 2, p. e21312240120, 2023. DOI: 10.33448/rsd-v12i2.40120. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/40120. Acesso em: 29 may. 2024.

Issue

Section

Teaching and Education Sciences